+ Responder ao Tópico



  1. Citação Postado originalmente por jorgilson Ver Post
    Amigo Rubem, teria como bloquear o sinal elétrico e enviar só dados pelo cabo?
    Pra separar a parte de alimentação interna, da derivação de dados que vai pro chipset e amplificador, teria que modificar o circuito, num adaptador que abri a uns anos era bem visível a derivação na lateral por um bobina, bem simples alterar, mas... cada modelo de adaptador é diferente, aqui um TP-Link 200M que tem no ML a venda:
    https://www.insidegadgets.com/2014/1...ir-dated-2012/
    Nessa foto no canto inferior esquerdo está a fonte de uns 5V:
    https://www.insidegadgets.com/wp-con...0/IMG_3657.jpg
    Também dá pra ver a bobina no canto superior esquerdo, por ela que passam os dados, seria com ela que teria que mexer pra fazer essa "adaptação".

    O problema desse tipo de adaptação é que cada modelo muda esse circuito, talvez seria mais fácil nessas fontes adaptar um plug P4 externo pra plugar uma fonte 5V 2A externa, plug alimentando a SAÍDA da fonte chaveada, assim não precisaria mexer na parte quente do circuito, e poderia usar a fiação só com dados, assim como ADSL ou XDSL pode fazer (Pode desligar os 20Hz da linha telefônica e usar só dados, 100% funcional e estável)


    Citação Postado originalmente por jorgilson Ver Post
    O propósito é não trafegar energia pelo cabo tipo adsl, outra ouvi dizer que se ligar um liquidificador ou furadeira na mesma rede acaba com a conexão.
    Nas primeiras gerações, tipo 14M (PLC) ou 85M (Já era oficialmente Homeplug), isso afetava bem mais, mas a partir dos 200M a filtragem é bem eficiente, filtra-se digamos 40dB a 2MHz, mas a 50KHz a filtragem está na casa dos 80dB, ou seja, precisa um p*ta spike vindo de motor próximo pra atrapalhar. Mas precisa algo que atrapalhe tv de led, monitor de pc, e etc, possibilidade de ruído existe, mas tem que ser ruído muito acima do que equiptos domesticos ou profissionais comuns (Furadeira comum, por exemplo) geram.

    Tem o problema que comentei de cabinho flexível, são 10 a 30 fios finos num cabinho comum que infelizmente usam em redes elétricas (Ao invés de usarem fio rígido), talvez eles atenuem alta frequência e não atenuem baixa frequência (Ruído de motores de escovas por perto), aí é mais problema de fiação porca do que dos equiptos homeplug, fiação indevida é tipo tentar usar cabo PP de 4 vias pra rede ethernet, em curta distancia até funciona mas é uma gambiarra ridícula, casa com fiação ridícula infelizmente tem muito no brasil.


    Citação Postado originalmente por teresopolis Ver Post
    Rubem obrigado pela explicação, agora você fala em até 128 clientes atendidos por um master, será que na prática isso funciona mesmo é estável? Achei muito legal essa ideia do idealizador do post, porém não consigo visualizar isso na prática. Será que tem alguém com isso em produção que pudesse nos mostrar e alimentar com informações além de suposições? Todos aqui agradeceriam...
    O numero de "pareamentos" que os adaptadores podem fazer varia de 20 a 128, acho que nenhum aceita mais de 128. Não sei sobre o desempenho, com 4 slaves no mesmo máster já usei e não tinha problema de desempenho, acima disso não tenho experiência, mas a capacidade desses chipsets é muito boa hoje, alto trafego tipo 20 pessoas consumindo 10Mbps cada duvido que suporte, mas 20 pessoas conectadas, com só meia duzia trafegando navegação comum, aí deve ser tranquilo.




    Citação Postado originalmente por TsouzaR Ver Post
    Será que o PLC funciona quando o sentido do fluxo de energia é contrário ao de dados?
    Imagino que sim, senão teria apenas download (que não existe sem upload das requisições), ou apenas upload, mas acho que deve ter alguma degradação de performance nisso...

    Pergunto isso pois, se for possível fazer retroalimentação com energia em baixa tensão (no máximo uns 48VDC) vindo dos clientes pelo cabo FE, elimina-se a necessidade de ter algo como 110/220VAC ou 165VDC alimentando todos equipamentos de uma vez, e melhora um pouco as chances da concessionária aprovar um projeto assim.

    E é interessante por que dá para fazer uma rede 100% com cabos FE, tanto entre os postes (um PLC slave e outro máster na caixa) quanto para os clientes.

    Para quem trabalha na ilegalidade, (ou até não, pode ser que consiga autorização se fizer retroalimentação) ou atende cidades muito pequenas por cabo, deve sair muito barato fazer uma rede assim.
    Homeplug/PLC é mais parecido com ADSL, apesar da modulação ser OFDM tipo wifi.
    Com ADSL você não precisa sinal de linha (Tom AC de 20Hz que alimenta o telefone), se fala no telefone ou não, se tem tom de linha, se os 20Hz que alimentam o telefone não estão presentes, ADSL funciona igual.

    A "origem" da rede AC dos adaptadores tanto faz, pode estar no lado master ou no lado slave, pode ser AC ou DC, pelos CI's usados pra chaveamento, no link que passei acima, do InsideGadgets, tem link pro datasheet do CI LNK623DG, é um CI pra fonte chaveada que trabalha de 85 a 265VAC, e... toda fonte chaveada opera na verdade com DC (Pode ver na foto que tem uma ponte retificadora PJ1DC/s, no datasheet desse CI no circuito sugerido há 4 diodos fazendo essa retificação) então ele operará na verdade com 120 a 370V DC.

    A existencia ou não de tensão no cabo, ou a origem dela, não tem nada a ver com o sinal de 2 a 250MHz, que é a parte que nos interessa.
    Não sei de nenhum "filtro" eficiente que barrasse os 60Hz da rede mas que passasse o sinal em frequência mais alta, pra que cada cliente pudesse alimentar o seu adaptador homeplug, teria que fazer uma gambiarra feia pra isso porque homeplug não nasceu pro nosso uso.

  2. Olá, idéia bacana.. Já pensei nisso algumas vezes. E como já tem gente fazendo, então o negócio é bom, ou seja, funciona. Mas tenho uma pergunta/idéia e acho que o @rubem pode ajudar. E se ao invés de usarmos cabo FE (que achei a idéia bacana tb) utilizássemos cabos coaxiais, de 75 homs com 95% de malha, a vantagem que poderíamos ter emendas mais profissionais, outra idéia seria usar os cabos RGC 58 de 50 homs com 95% de malha. Esses cabos também podem trafegar energia. É uma ideia, mas resolvi colocar aqui para passar pelo crivo da galera.



  3. muito interessante o tópico ta evoluindo.

  4. Citação Postado originalmente por WALLED Ver Post
    Olá, idéia bacana.. Já pensei nisso algumas vezes. E como já tem gente fazendo, então o negócio é bom, ou seja, funciona. Mas tenho uma pergunta/idéia e acho que o @rubem pode ajudar. E se ao invés de usarmos cabo FE (que achei a idéia bacana tb) utilizássemos cabos coaxiais, de 75 homs com 95% de malha, a vantagem que poderíamos ter emendas mais profissionais, outra idéia seria usar os cabos RGC 58 de 50 homs com 95% de malha. Esses cabos também podem trafegar energia. É uma ideia, mas resolvi colocar aqui para passar pelo crivo da galera.
    Acho que tem que pesar o PREÇO e a SEGURANÇA do cabo.

    Cabos coaxiais baratos são fáceis de rachar e levar choque (Talvez não você, mas mesmo condomínio fechado tem mais uso pros postes, sempre tem eletricista subindo e pisando em fiação pra se apoiar, não é maldade, é que as OUTRAS fiações (Telefonia, por exemplo) suportam pisões por décadas sem problemas), o terminal central fica isolado da malha por um plastico mole e fino, só tem material bom em cabo mais caro (R$ 1,5 o metro).

    Acho que o FE-80 é o mais barato mesmo, mesmo em quantidade meio pequena está uns R$ 0,30 por metro, enquanto um coaxial nessa faixa de preço é de malha ruim (Aço, não aceita solda), capa ruim (Racha no sol) e isolamento do condutor interno ainda pior, um bom coaxial deve ir pra casa dos R$ 0,7 ou 0,8 por metro.
    (Numa instalação de 1000m de cabo isso significa R$ 400 ou 500 de diferença)

    O tipo de dado que trafega em cabos coaxiais não é mais sensível, é que onde vai ter cabo coaxial o projetista/fabricante simplesmente não coloca filtragens (Pra reduzir custo, e se vai ter cabo coaxial então não terá ruído demais), no caso dos equiptos homeplug já tem esses filtros, a coisa já é feita pra não PRECISAR algo bem isolador de RFI/EMI tipo cabos coaxiais, por isso você não terá nenhuma grande vantagem em usar ele.

    HPNA ficou "travada" em cabos coaxiais porque a intenção era vender internet + TV (Que usa os canais normais de TV, no brasil não teve tanto uso mas no mundo se usava VHF e UHF mesmo a cabo, do canal 2 pra cima, de 54MHz pra cima), HPNA ficou abaixo dos 54MHz (E bem longe pra baixo) por isso, o jeito de ter banda grande em frequência baixa era sinal mais alto, potencia maior, aí o equipto fica mais caro, mas HPNA poderia ter evoluído pra algo estupendo se ignorasse a TV, HPNA 3.1 está na casa dos 250Mbps (E sinceramente não sei se precisa mais que isso, acima disso a fibra já está interessante, porque onde tem tanta banda a disposição é onde tem muito cliente por Km², aí compensa o uso de fibra).

    O problema de HPNA é que só operadora de TV usa isso, não existe conversor desse tipo em toda esquina pra usuário domestico, por isso é caro. Wifi tem uso doméstico, Homeplug/PLC idem, os usuários domésticos comprando duzias por dia é que baixam o preço disso pra que fique interessante pros pequenos provedores usarem, mas são tecnologias feitas já esperando o ruído e problemas nas casas, colocar um cabo caro e blindado não necessariamente vai permitir mais qualidade.

    Talvez seria bom testar cabo FE-100 (1mm, enquanto o FE-80 tem 0,8mm), não sei se teria um pouco mais de banda, mas teria que ver como faz as emendas, fio torcido como emenda é a pior coisa pra RF, seria bom uma emenda "reta", algum encaixe tipo os conectores FE x FE, mesmo o modelo com gel que não sobre com agua não é tão caro: http://produto.mercadolivre.com.br/M...0-unidades-_JM

    Não gosto da idéia de levar AC nesses cabos, mas colocando um trafo isolador, e um fusivel de baixo valor que queimar em caso de fuçador dar curto (Em cada remificação seria bom, mas precisaria um método de verificar isso sem preicsar subir em cada poste), o risco é mínimo.

    Problema sério e chato pra caramba:
    Pra ligar novos clientes sem risco de choque precisa desligar a rede.

    Se você acostumar a mexer nisso pode fazer tudo com a rede ligada, é tipo eletricista fazendo instalação eletrica com tudo ligado, o risco é relativo (Eu nunca levei choque trocando tomada ou interruptor, que dirá com coisa boba tipo trocar lampada), o problema é com funcionário, sempre tem alguém que vai fazer besteira (Talvez até morrer eletrocutado... já tive funcionário que quase cortou o dedo fora só pra descascar cabo de rede com estilete (Como se não tivesse alicate decapador), tem muito ninja no mundo).

    Nessa hora mais um ponto pro cabo FE:
    Você abre os 2, separa um pro lado (Como ele não é mole ele dobra e fica), decapa a ponta de um, depois a ponto do outro, encaixa os 2 num lado do conector FE x FE, e pronto.

    Se precisar uma derivação idem, você passa o estilete no meio e abre os 2, afasta uns 20cm, descasca um e emenda, isola, depois descasca o outro e emenda. Ou então corta no meio (Um por vez pra não criar curto pela lamina) e coloca um borne de emenda (Não conheço conector FE x FE tipo T), dá pra colocar um dum lado e 3 ou 4 do outro: http://oficinadecasa.com.br/wp-conte...onectores1.jpg



  5. Hummm, me chamou a atenção o fato de ser economicamente viavel. Mais que em conta que HPNA? Tem como postar os custos envolvidos?






Tópicos Similares

  1. Aparelhos Power Line
    Por Mr_Dom no fórum Redes
    Respostas: 5
    Último Post: 24-12-2006, 08:45
  2. Respostas: 8
    Último Post: 12-10-2006, 22:50
  3. Fazer rede usando PLC (Power Line)
    Por rcfweb no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 5
    Último Post: 02-09-2006, 08:12
  4. PLC - Power Line Communication
    Por ederamboni no fórum Assuntos não relacionados
    Respostas: 0
    Último Post: 23-05-2006, 20:03
  5. Provedor com WAP54G WDS
    Por foxibr no fórum Redes
    Respostas: 0
    Último Post: 27-08-2004, 22:43

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L