Página 2 de 2 PrimeiroPrimeiro 12
+ Responder ao Tópico



  1. #21

    Padrão Re: Ajuda para interligar cidades por fibra

    Respeito de passar fibra em locais isolados, saiba que precissa de contrato de servidão de passagens por cada propriedade vai passar a FO.

    Se tratando de rodovias , grande maiorias delas ja foram leiloadas e com os licenciatarios esta o direito das passagens.

    Aquelas rodovias vecinais que nao foi licitado, nao vai conceguir a autorização, pois vai precissar seja feita a chamada publica.Nesse caso o melhor é uso de postes de alguma concessionaria.

    Qualquer dos meios utilizados para passar FO precissa pagar para usufruir, seja , rodovias, ferrovias, estradas, postes, etc.

    Neste mundo ñao ha nada de graça, unicamente o espectro em 900MHz, 2.4 e 5.4GHz, por esse motivo , muito bem aproveitado pelos miles de pequenos provedores.

  2. #22

    Padrão Re: Ajuda para interligar cidades por fibra

    Bom dia rafaelmata!

    Me add no skype que se quiser batemos um papo a respeito.

    Att

    Rafael Themístocles
    [Consultor em Redes e Telecomunicações/NGN Network Project Engineer]
    http://www.telmetrics.com.br
    E-mail: [email protected]
    [email protected]
    Skype: rafaelthemistocles

    Citação Postado originalmente por rafaelmata Ver Post
    Sou novo no fórum, mas sempre adimirei o empenho de vocês!

    Estou pensando num projeto de um provedor aqui na minha região, a história é essa:

    Aqui só tem fornecedoras de link caras (Embratel, Oi e Vogel, não tenho certeza da última). Eu queria uma banda bem expressiva para repassar links dedicados e internet GPON (já tenhoaté uns clientes certos e a viabilidade é total) e estou pensando ir buscar link em outra cidade (uns 300km distante) e aproveitar para também c omercializar numas que estão no meio. O projeto de rede dentro das cidades está ok, mas não sei como interligá-las!!!!!!

    São todas em sequência e em linha reta ligadas por uma BR só. Mas, como eu passo a fiação? Quem faz isso? Com que agências eu vejo a autorização para passar p or lá? Tenho que usar WDM ou outro sistema? Como e onde os compro? Preço???

    Na parte física de backbone eu sou meio leigo. Sou mais da parte de last mile.



  3. #23

    Padrão Re: Ajuda para interligar cidades por fibra

    Citação Postado originalmente por TsouzaR Ver Post
    Não precisa mais pagar coisa alguma ao DNIT pelo direito de passagem.
    Consulte a Lei das Antenas.

    Inclusive houve semana passada uma discussão sobre isso na lista da ANID (http://lista.anid.com.br/pipermail/i...12/035839.html).

    Não é tão assim!!!! todo passagem em vias publicas devera ser autorizado pelo orgão a quem compete o meio, no caso da estrada ao DNIT e devera preveer a infraestrutura necessaria para compartilhar o passagem !!! isso tem custo e tambem manutenção que devera ser arcada pelo prestador .

    Enterrar FO significa realizar todo o mapeamento da obra , projeto correspondente e submeter ele ao DNIT que devera publicar para que futuros interessados saibam o que pode ser compratilhado.

    Não é nem será possivel sair cavando e enterrando fibra em espaço publico , sem seguir a norma da agencia reguladora !!!

  4. #24

    Padrão

    Citação Postado originalmente por TsouzaR Ver Post
    Não precisa mais pagar coisa alguma ao DNIT pelo direito de passagem.
    Consulte a Lei das Antenas.

    Inclusive houve semana passada uma discussão sobre isso na lista da ANID (http://lista.anid.com.br/pipermail/i...12/035839.html).
    Beleza, é porque fui ler os Docs postados aqui e não dei uma pesquisada em alterações recentes.



  5. #25

    Padrão Re: Ajuda para interligar cidades por fibra

    Citação Postado originalmente por emilidani Ver Post
    Não é tão assim!!!! todo passagem em vias publicas devera ser autorizado pelo orgão a quem compete o meio, no caso da estrada ao DNIT e devera preveer a infraestrutura necessaria para compartilhar o passagem !!! isso tem custo e tambem manutenção que devera ser arcada pelo prestador .

    Enterrar FO significa realizar todo o mapeamento da obra , projeto correspondente e submeter ele ao DNIT que devera publicar para que futuros interessados saibam o que pode ser compratilhado.

    Não é nem será possivel sair cavando e enterrando fibra em espaço publico , sem seguir a norma da agencia reguladora !!!
    Sim, sei que tem essa burocracia toda, custos com projetos e tal, mas o que quis dizer é que o DNIT ou qualquer outro órgão não pode mais cobrar mensalidade/anualidade pelo direito de uso de espaço em rodovia, locais públicos, etc. após realizada a autorização.

  6. #26

    Padrão Re: Ajuda para interligar cidades por fibra

    Vai cobrar sim!!! em conceito de amortização da obra realizada e manutençao. O que nao pode mais fazer e sair licitando veira de estrada para que uma unica empresa se instale e seja dona da servidão de passagem.

    E a mesma coisa que o uso de postes que sao da companhia eletrica. Eles nao cobram o direito de passagem, cobram a amortização e manutençao da infraestrutura.Dessa forma tiram dinheiro de uma infraestrutura que ja foi paga pela população como sao os postes!!!



  7. #27

    Padrão Re: Ajuda para interligar cidades por fibra

    Citação Postado originalmente por emilidani Ver Post
    Vai cobrar sim!!! em conceito de amortização da obra realizada e manutençao. O que nao pode mais fazer e sair licitando veira de estrada para que uma unica empresa se instale e seja dona da servidão de passagem.

    E a mesma coisa que o uso de postes que sao da companhia eletrica. Eles nao cobram o direito de passagem, cobram a amortização e manutençao da infraestrutura.Dessa forma tiram dinheiro de uma infraestrutura que ja foi paga pela população como sao os postes!!!
    Ok, então aquelas tabelas divulgadas pelo DNIT são das amortizações? Acho que faz sentido, já que na fórmula deles há uma variável (PRC) que equivale a 12% do capital empregado na faixa de domínio. É uma cobrança sem lógica alguma, mas infelizmente está aí. Em 9 anos uma única empresa paga todos os custos da construção da faixa, mas continua sendo cobrada após isso...

    Bem que estava achando boa de mais minha interpretação, sai mais barato construir uma rede toda dentro de propriedades privadas (ao menos dá para negociar o preço).

    Mas uma empresa se instalar e ser dona da servidão de passagem, como você disse, não é exatamente o que ocorre com as concessionárias de energia nos postes?

  8. #28

    Padrão Re: Ajuda para interligar cidades por fibra

    Ah não, um custo tipo R$ 1.600 por ano não faz nem cócegas no custo de uma rodovia!

    Só de brita e piche, o asfalto em sí, vai uns R$ 20 por metro quadrado, se for uma pista comum de 7m de largura são 7000m² por Km de asfalto, com esse preço dá R$ 140 mil só pra colocar a última cada!
    Na prática cai um pouco porque o acostamento geralmente tem menos material, mas ainda que considere só 6m de largura (6000m²) ainda são R$ 120 mil por Km.

    Mas você precisa movimentar terra em baixo, erguer pista, dependendo do solo precisa tirar a argila e colocar uns 3m de terra mais firme (Mais cascalho), precisa compactar tudo, o custa pra essa parte varia mais, o piche e brita tem custo fixo mas a base varia conforme o terreno, algo tipo R$ 50 mil (Se já houver uma estrada de terra prévia erguida num solo com muito cascalho) até uns R$ 160 mil. Ou seja, dificil ter custo abaixo de uns R$ 200 mil por Km!

    E no todo, numa estrada longa, terá áreas com aterro mais alto ou mais baixo, tem tubulação pra rio, esses aterros altos perto de rios e corte de morros custa caro tipo R$ 100 mil só pra um aterro de 100m de comprimento com 10m de altura (Ou seja, é um ponto onde o custo sobe pra R$ 1 milhão por Km!).

    Isso sem falar em áreas perto de metrópoles onde tem estacionamento mais largo, pista mais larga, centenas de entradas e saídas, nesses lugares é normal ter custo acima dos R$ 1 milhão por Km!

    E se for fazer uma rodovia nova do zero, abrir mato, aterrar, e etc, mesmo aqui nos planaltos do centro-oeste, sem morros ou grandes aterros em rios, as licitações pra isso passam dos R$ 350 mil por Km.
    (E "passam" muito as vezes, R$ 1 milhão por Km anda comum, R$ 4 milhões foi o mais alto que já ví, mas falo os custos mínimos que vejo aqui perto (Região plana, solo com cascalho, sem necessidade de aterros complexos) pra ter idéia que mesmo o MÍNIMO ainda é extremamente caro, algo tipo 150 a 700 vezes o preço que o Dnit cobraria pelo uso por ano)

    Não conheço bem o custo humano dessas obras, mas o que conheço de engenheiro da área ganha bem, e precisa vários, aí entra os peões, que seja pagando salário mínimo, isso não dá um custo tão gigantesco, o maior custo é em maquinário mesmo, o frete de brita e piche é muito maior que o custo desses materiais, e pro aterro o gasto de diesel pra trazer ou mover terra e compactar é gigante, R$ 30 por hora, e cada Km precisa algo tipo no MÍNIMO 1500h por Km!
    (Já fiz represa, um aterro de 50m, com 4m de altura, sem compactação, só empurrar terra, levou quase 50h, na progressão eu levaria 500h por Km, R$ 15 mil só em diesel! Fora que falamos de maquinário que custa R$ 150 mil a 600 mil cada, que precisa ser levado por prancha pra todo lado, que tem manutenção bem cara (Essa parte conheço bem), como não se trabalha o ano todo (Chuvas!) tem equipto de R$ 600 mil que ao longo da vida trabalhou na construção de menos de 1000Km de asfalto)

    As empreiteiras do ramo não ficam ricas porque é um trabalho muito rentável, é que os custos são tão altos que o cálculo exato é difícil, as licitações sempre dão brechas pra aqueles aumentos de custos posteriores, daí é que vem muito lucro, mas os custos por Km de rodovia são gigantes mesmo.

    E a manutenção posterior também não sai barata, aquele recapeamento posterior cobrindo a pista toda custa mais de R$ 20 por m², aquilo tem mais gente, menos maquinário pesado, mas precisa organizar direitinho, o custo vai pra uns R$ 30 por m² ou até mais, ou seja, pelo menos R$ 180 mil por Km pra recapear! Como tem o custo de levar esses equiptos até o lugar, manter acampamento e veículos de apoio, é fácil ter licitação na casa dos R$ 300 mil por Km pra recapear! Pode ser superfaturamentos nuns casos, mas o custo mínimo se economizasse pra caramba dificilmente seria menor que uns R$ 180 mil por Km, por isso sempre se faz muito tapa-buracos antes de fazer um recapeamento enorme.

    (Um tapa-buracos custa... R$ 30 por m²? Não dá pra calcular assim, porque vai um caminhão com o material, uns peões ajeitando superficialmente, e um rolo pequeno de uns 65cv, é só peão de salário baixo, equipto barato (Caminhão de R$ 180 mil, rolo de R$ 100 mil), buracos esparsos, é fácil ter tapa-buracos de R$ 3 mil por Km (Mas o normal é licitar 3x mais caro, por conta de acampamento e transporte de pessoas e maquinário).

    Se tiver um tapa-buraco barato desse todo ano seu aluguel da fibra pagaria a metade disso, mas... isso funciona só 2 ou 3 vezes, depois já tem que recapear, difícil hoje algo passar 8 anos sem recapeamento, e esse vai pros R$ 300 mil por Km fácil, e 8 anos de R$ 4000 por ano pro DNIT soma R$ 32 mil, mal e mal passa de 10% do custo disso, imagina pagar uma rodovia completa (A média brasileira por Km deve estar nuns R$ 600 ou 700 mil, perto de metropole ou área com muito aterro (Pista alta tipo 10m) vai pros R$ 1,5 milhão!))



  9. #29

    Padrão Re: Ajuda para interligar cidades por fibra

    Sim, é o que acontece com os postes porem as concessionarias tem obrigação de ceder porem cobram um absurdo em conceito manutençao e amaortização, alem de impor toda uma pratica construtiva que obriga ao recem chegado fazer adequações com as empresas cadastradas por eles, é ai vem a grande mordida.

    Tentar servidao com os proprietarios de lotes, um a um , é quase impossivel. Por esse motivo as Telcos preferem acertar com as rodovias, postes, ferrovias, dutos combustivel, etc.

  10. #30

    Padrão Re: Ajuda para interligar cidades por fibra

    afinal qual seria o valor de uma fibra aérea??? eu tenho postes de graça, quanto custaria levar fibra 60 km ????



  11. #31

    Padrão Re: Ajuda para interligar cidades por fibra

    Citação Postado originalmente por emilidani Ver Post
    Tentar servidao com os proprietarios de lotes, um a um , é quase impossivel. Por esse motivo as Telcos preferem acertar com as rodovias, postes, ferrovias, dutos combustivel, etc.
    Eu estranho isso, várias prefeituras aqui perto vivem oferecendo estradas municipais e redes de postes pra Oi, Embratel ou GVT pra levar fibra em cidade onde não tem, e elas não topam.

    Não tô exagerando, meu município tem uns 2000Km de estradas municipais, na conta não entram trechos estaduais ou federais, e menos ainda as de fazenda, posso ir pra umas 6 ou 7 cidades vizinhas, a uns 400-500Km, sem sair de estrada municipal, muda de município mas as estradas continuam, por aqui os prefeitos e vereadores são DOIDOS por internet mais rápida, fariam qualquer coisa pra locar uso de estrada municipal sem custos ou com custo simbólico se esse fosse o problema.

    O problema da Oi, GVT, Vivo ou Embratel confiar nisso é que prefeitos mudam, se um decide cobrar caro pelo uso a operadora perde. Já pra empresa local, ou que atende bem o município, duvido que alguma gestão futura meta a pata nisso e tire internet rápida da cidade.



    Citação Postado originalmente por alexsuarezferreira Ver Post
    afinal qual seria o valor de uma fibra aérea??? eu tenho postes de graça, quanto custaria levar fibra 60 km ????
    Pouco mais de R$ 120 mil só em fibra mesmo (O cabo), 60 mil metros a uns de R$ 2 por metro.

    E o tamanho da equipe instalando varia conforme o lugar, se for área rural 4 pessoas resolvem, um carro com escadas e outro com o rolo, e o serviço demoooooora, deve dar algo tipo 2Km por dia, seriam 30 dias úteis, a R$ 150 por diária seriam uns R$ 18 mil. Vai gastar uns R$ 15 mil num equipto de fusão e mais alguns salários em treinamento pra operar o equipto mas isso não é custo DESSE trecho.

    Em amarrações e cia, caixas, bota uns R$ 200 a 300 por Km, dá R$ 12 a 18 mil em diversos.

    Se os postes tem acesso minimamente mais difícil reduz o trabalho pra pouco mais de 1Km por dia, dobra o custo com mão-de-obra.

    Em área urbana precisa mais gente, uns detalhes extras tipo colocar cones, ficar de olho em carros nas esquinas e etc, fora que costuma ter mais arvores do lados dos postes impedindo de avançar 2Km por dia, também já ví equipe fazendo só 1Km num dia todo de trabalho! Bota aí umas 6 pessoas por 60 dias então, 6x150 = 900 * 60 = R$ 54 mil.

    E... como são as regras de uso dos postes? A Energisa parece que exige estaio, não consegui confirmar mas parece que não costumam aceitar projeto com cabo autoportante, isso significa passar estaio, tracionar, voltar/descer e pegar cabo, isso toma muito tempo, talvez 1Km por dia num cenário muito favorável, e 2/3 disso num ambiente ruim.

    Fora que vai ter que investir em estrutura pra colocar o rolo de fibra numa pickup ou algo assim (Caminhão cabine-dupla velho pode ser barato mas é concorrido, empresas de eletrificação rural disputam eles no tapa, se tiver guincho então, é capaz de alguém matar por uma maravilha dessa!), escadas e EPI's, treinamento (NR-10 e cia) prévio, se for trabalhador temporário tem o que recolher sobre o contrato, eu estimaria mais uns R$ 20 mil em detalhes.

    (Fora acidentes, um fibra riscando carro, funcionário caindo de escada, caminhão enroscando em fibra solta enquanto ela é passada, e o tempo gasto nas fusões (Tem rolo de 1Km, 2Km, 3Km e etc a venda, se for grande o frete exige caminhão especial, e a instalação também exige algo maior que uma pickup de brinquedo tipo Saveiro ou Strada com o rolo na carroceria, bota aí 3 horas por fusão por precaução, isso nem sempre atrapalha tudo, mas dependendo da equipe o cara que sabe lidar com a fusora é o único que manda e se ele para todo mundo para, não dá pra estimar direito quanto uma equipe colocar por dia porque os cenários são diferentes, 1Km por dia é impossível nalguns lugares (Arvore atrapalha, carro estacionado atrapalha, poste com medidores de luz incorporados atrapalha, etc)

    Se for área rural com postes longe da estrada, vai ter que arranjar caminhão, aí é melhor já local um com guincho e ir fazendo isso com o guincho, o tempo é menor onde tem capoeira/pasto, mas o consumo de diesel vai pras alturas, separa mais uns R$ 10 mil pra isso na conta, fora tempos de deslocamento, ao todo não deve dar 1Km por dia em cenário ruim assim.

    (Dependendo do solo nessa época do ano tem que ir com um trator 4x4 junto, pra ajudar nos trechos ruim, e dar uma amassada no mato nuns trechos. Empresa de eletrificação rural aqui além de caminhão 6x4 precisa trator 4x4 grande, só pra ajeitar valeta criada por erosão pra trator passar, derrubar um pouco da juquira (Mato que cresce onde já foi derrubado antes), e puxar/empurrar o caminhão as vezes, o trabalho é pesado antes mesmo de chegar nos postes, nem sempre rede elétrica segue estrada, aqui na verdade é bem raro ela ficar a 5m da estrada, geralmente está longe e precisa entrar em pasto ou lavoura dos outros, topa com muita porteira com cadeado e etc)

    Acredite, o menor custo é comprar o equipto de 2ª mão, usar equipe pequena e fazer em partes e sem pressa, equipe de funcionário fixo (Que depois vai atuar na empresa) com treinamento e equipamentos próprios, o problema disso é que precisa investir no equipto e bancar meses e meses de funcionário (Alias, nessa diária de R$ 150 não entra transporte ou acomodação, ir 40Km pra roça todo dia de caminhão demora, arranja um carro menor pra essa parte, mais custo em combustível, gente, e carros. Fora uns R$ 15 por cabeça em marmita todo dia, nada que pese tanto no custo geral (Que já é grande)), pra só depois de todo esse tempo começar a lucrar com a rede.

    Eu chuto que seu custo vai variar de uns R$ 250 mil a 500 mil dependendo do ambiente ao redor dos postes.
    E olha que desses 250 mil tô falando em R$ 130 mil pra todo o resto, porque só a fibra ficaria nos R$ 120 mil! Esse "resto" é que varia, distancia de postes, necessidade ou não de amarrar postes, dificuldade de passagem de cabo por lateral de estrada ser cheia de valetas ou não, ou por ter postes longe da estrada, nos pequenos trechos urbanos vai ter o problema com arvores, carros, fora deslocamento até o local de trabalho todo dia, parar quando chove, essas bobeiras, por isso dá pra falar em R$ 500 mil nuns casos (Aqui tem rede de postes das prefeituras no meio do mato, fácil locar, mas... trabalhoso pra instalar a fibra).

  12. #32

    Padrão Re: Ajuda para interligar cidades por fibra

    estrada reta, postes de cimento, estáveis, sem atravessarem a rodovia, fácil acesso. essa fibra qual seria de 2 reais o metro???



  13. #33

    Padrão Re: Ajuda para interligar cidades por fibra

    Citação Postado originalmente por alexsuarezferreira Ver Post
    estrada reta, postes de cimento, estáveis, sem atravessarem a rodovia, fácil acesso. essa fibra qual seria de 2 reais o metro???
    Drop flat autosustentado barato de 2FO.

    2FO é pouco, eu sei, problema é que subir pra 4 geralmente faz o preço do metro saltar pra R$ 5.
    (E nem é o fim do mundo, os protegidos/blindados que suportam serem enterrados vão pros R$ 6 ou 7 por metro)

    Gpon deve dar até mais de 1Gbps em 60Km, digamos 1Gbps por limitação de equipamento comum e você teria 2Gbps pra uso.

    Lindo seria passar um 12FO, mas... a R$ 12 por metro vai pra casa dos R$ 720 mil nesse trecho só em cabo.
    (Ou que seja 8 ou 10FO, já que várias maquinas de fusão são pra só até 10 fibras)

    Drop flat tem uma construção diferente dos cabos de 4FO pra cima, por isso tem uma diferença enorme no preço de 1 ou 2 FO comparado a 4, e de 4 pra 8 ou 12FO o preço não muda tanto. Não é uma boa conta, mas varia pouco de algo tipo R$ 1 por fibra, são R$ 60 mil a mais por fibra nessa distância, tem que ter muita demanda pra precisar disso.

    Drop flat de 2FO na verdade estava menos de R$ 2 na última cotação, chuto R$ 2 pela alta do dolar.