+ Responder ao Tópico



  1. Citação Postado originalmente por gabrielest Ver Post
    Prezados,
    Obrigado pelo empenho em responder, vejam:

    Finalmente estamos chengando onde acho que seja o problema:

    1º- O Amigo Rubens citou a modulação dele, vou verificar e tentar fixar, podem realmente estar se atrapalhando;

    2º- Mas o que mais acredito que seja é realmente a "falta de competencia" em lidar com o DHCP quando tem muito giro. Acho que o colega acima me entendeu mal rerere ele falou de 100/200 conexões simultaneas, não, eu me referia a diarias, tipo, acho que num dia penduram uns 100/200 aparelhos, dai o DHCP dos bixinhos (que ja são uma bosta) pira...kkkkk

    A sujestão do colega com uni-fi e 2011 é ótima, conheço, mas não é pra minha situação, seria algo para um show ou coisa do genero. Minha pergunta foi se, aproveitando as estruturas existentes nos restaurantes e pousadas (que é onde ocorrem os travamentos por conta do DHCP (acredito eu)) eu poderia colocar um 750 ou uma HapLite, que tem processamento e memoria pra lidar com esse fluxo um pouco maior e deixava os roteadores em bridge, apenas espalhando o wi-fi????????


    O UNIFI é o MINIMO que poderia atender qualquer lugar publico. Para pousada ou restaurante pode usar o modelo mais em conta (ate uns 10 ou 15 clientes em simultaneo). Tem que entender que a solicitação dos smartphones é intensa nos locais publicos e os erros de conexão são frequentes , isso obriga a processamento extras que nao teria se estivese em uma residencia conextado a notebooks e poucos smartphones.

  2. Citação Postado originalmente por gabrielest Ver Post
    A sujestão do colega com uni-fi e 2011 é ótima, conheço, mas não é pra minha situação, seria algo para um show ou coisa do genero. Minha pergunta foi se, aproveitando as estruturas existentes nos restaurantes e pousadas (que é onde ocorrem os travamentos por conta do DHCP (acredito eu)) eu poderia colocar um 750 ou uma HapLite, que tem processamento e memoria pra lidar com esse fluxo um pouco maior e deixava os roteadores em bridge, apenas espalhando o wi-fi????????
    1 - Quando voce diz ''show'', voce quer dizer show de bandas? Se foi isso: Cara 4 unifi e uma 2011 daria conta de um show com 200 pessoas e como os shows que vejo tem pelo menos mil e as vezes 20 mil pessoas, ou seja, a estrutura é totalmente diferente e muito mais parruda, coisa que nem 100 unifi desse daria conta por varios motivos.

    O problema do travamento nao é o DHCP e quanto a isso pode ficar tranquilo.

    Sobre aproveitar a estrutura já existe em pousadas, restaurantes, etc: Pode-se até pensar nisso sim, mas o cliente tem que já ter o minimo aceitavel de equipamentos. Tudo depende de quantas conexoes simultaneas voce terá e essa conta é simples:

    Se uma pousada tem 40 quartos com uma media de 2 pessoas por quarto, temos então 80 pessoas. Dessas 80 pessoas algumas podem nao se conectar, porem a maioria vai conectar o notebook, smartphones e um tablet caso ela tenha... por isso trabalhe com folga e pense que no seu horário de pico você terá 100 conexões simultâneas. Se essa pousada tiver 4 andares aconselho voce usar 1 unifi para cada andar, sempre limitando a banda em 1 ou 2b por dispositivo, se voce quizer utilizar alguma coisa que seu cliente já tenha voce pode pensar que um ''roteadorzinho'' suporte no MAXIMO 8 conexões simultâneas de 2mb com uma qualidade aceitavel e quando digo ''roteadorzinho'' estou falando de um TP-LINK de 300mbs com 3 ou 2 antenas, entao se for um roteador menor que isso a performance cai cada vez mais e quanto mais dispositivos conectados pior fica.

    Fico muito em hoteis e 90% dos hoteis que fico a conexao com a internet é ridícula, andares com 10 apartamentos o pessoal usa dlink dl-524, airlive 5460ap, entre outros aparelho que servem para uma wifi residencial, nao para um estabelecimento do tipo.

    Entao, o que eu posso falar pra voce é que cada caso é um caso, se for entrar em um projeto desse com seu cliente eu te aconselho avaliar muito bem todas as informacoes sempre se baseando na quantidade maxima de conexoes simultaneas, assim voce ganha dinheiro e seu cliente fica satisfeito com seu trabalho.



  3. Sobre HAP ou HAPLite, pode ser uma boa.

    Já coloquei RB133 com cartão emp8602 velhos e surrados em sorveteria e restaurante, substituindo TP-Link 741nd e 941nd, e o desempenho em dia cheio era normal, nada de travamento. Mérito do software, porque o hardware das RB133 (E dos cartões Engenius) é bem pobre.

    RB2011 com wifi incluso (A mais barata) coloquei em restaurante onde deve ter umas 200 pessoas por noite, nunca olhei quantos tem conectados mas com lease time no DHCP de 1h e com IP's apenas do 192.168.1.100 ao 253 nunca deu problema. Na verdade tenho a impressão que tem mais gente frequentando o lugar com RB133 e cartão veeeelhos ridículos, só não sei quantos usam wifi.

    Enfim, eu confio em RouterOS pra esse uso também, mesmo com hardware lixo e pobre (Hap e Hap lite tem mesmo hardware que muito roteador de mesa de R$ 150).

  4. Considerando que da para comprar UNIFI por R$350 ou Routerboard RB Cap 2n por R$270 , realmente acreditam que compensa discutir sobre os TP-Links?????



  5. Mas o problema é com o hardware dos TP-Link ou com o software?

    Porque o Cap 2N tem Atheros AR9331 com 64MB de Ram. Aqueles TP-Link com mini-USB tipo WR702, 703 até 710, tem AR9331 ou similar, e 32MB de Ram. O desempenho é totalmente diferente, mas quanto disso vem da Ram extra?

    Hap lite tem hardware bem igual uns TPLink 841nd versão 10, ou uns 3020 portáteis, mesmo chipset, quantidade de ram e rom. Como o desempenho é bem diferente, de novo dá pra colocar a culpa no software (RouterOS com desempenho bem superior, em hardware similar)

    Considerando que já tem os hardwares, e eles talvez vão pro lixo ou serão subutilizados, vale testar um OpenWRT da vida antes de condenar o hardware de vez.
    (Sempre que usei ele ou o DD-WRT foi em busca de alguma feature extra, nunca "medi" essa questão de desempenho, mas tem quem garanta que tem desempenho muuuuito melhor com esses firmwares. Eu na verdade nem consegui colocar nada no TPLink 720N, esses modelos mais baratos são capados demais (Rom de 2MB nuns casos), nem vale a pena tentar, mas tem uma bela diferença entre um hardware de R$ 60 (TPLink 720n) e um MK de R$ 300, um colégio que atendo tem a construção em H e tem tanta parede grossa que precisa 6 roteadores, 6x60 = R$ 360, enquanto 6x300 = R$ 1800, aí a diferença de preço pesa e o teste de firmware fica interessante).






Tópicos Similares

  1. Respostas: 1
    Último Post: 25-02-2015, 08:30
  2. Respostas: 7
    Último Post: 25-11-2010, 07:41
  3. Load Balance com varias conexões Wireless
    Por thompsondv no fórum Redes
    Respostas: 1
    Último Post: 28-05-2009, 21:03
  4. Respostas: 7
    Último Post: 06-03-2009, 22:42
  5. Respostas: 4
    Último Post: 11-06-2008, 10:03

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L