+ Responder ao Tópico



  1. #1
    Avatar de shuttner
    Ingresso
    Aug 2008
    Localização
    Boa Vista - Roraima
    Posts
    257
    Posts de Blog
    1

    Padrão Preço real do switch

    Saiu uma matéria sobre um furto de equipamento do Governo Estadual.
    É esse o preço real do equipamento?
    http://g1.globo.com/rr/roraima/notic...e-e-preso.html

  2. #2
    Avatar de Nilton Nakao
    Ingresso
    Sep 2013
    Localização
    Carlos Chagas, Minas Gerais
    Posts
    906

    Padrão Re: Preço real do switch

    Todo equipamento que são comercializados via licitação pública governamental além de serem mais caros são incorporados itens de segurança no software e no hardware por isso querendo é fácil de fazer o rastreio e isso já é desde os anos 90. Empresas privadas também usam esse recurso nos data centers, servidores principal ou auxiliar e até mesmo em estação de energia inclusive com norma 1000; Norma 1000 esse que há uns 20 anos atrás é o mesmo que usamos em alguns aparelhos eletro-eletrõnicos e até mecânicos de qualidade hoje.



  3. #3

    Padrão Re: Preço real do switch

    Equipamento superfaturado essa é a resposta.

  4. #4

    Padrão Re: Preço real do switch

    Não apenas superfaturado. Quando você vende pra algo do governo ( seja prefeitura, obra de escola, governo municipal, estadual, federal, tanto faz ), a incomodação é tanta em termos de documentação, e também com a demora em receber ( aqui no PR uns anos atrás o governador cortou os pagamentos para algumas terceirizadas pequenas do Detran porque achou que os contratos estavam errados.... e o salário dos funcionários quem paga ? ) que quem vai vender aumenta o preço sim.
    Basicamente, se é pra partido politico ou comitê de candidado, tem que cobrar à vista e se possível adiantado, senão provavelmente não recebe.
    Se é pro governo, tem que cobrar mais caro, porque talvez receba mas vai demorar e se incomodar, e o teu fornecedor não quer saber se está tendo CPI ou etc, ele quer que você pague no prazo correto ou perde o crédito.



  5. #5

    Padrão Re: Preço real do switch

    Quando trabalhei com sistemas de pontos, em empresas comum um equipto de plástico era usado mesmo enquanto caia pedaços, passavam uma fita durex pra segurar no lugar e todo mundo usava com todo o jeito. Mas em 4 ou 5 órgãos públicos era tudo destruído, foi encomendada uma carcaça de aço especial pra órgão público, na tela uma tampa de acrílico de 2cm de espessura pra resistir.

    Em relógios mecânicos era açucar ou superbonder jogado dentro, os modelos comuns não serviam, tinha que escolher equipamento conforme a construção interna, que resistisse ao vandalismo. E ainda assim, quando não era possível vandalizar o equipamento todo, pelo menos umas gotas de Superbonder na fechadura tinha, pra impossibilitar o funcionário de coletar os dados no dia.


    Até tem isenção de uns impostos quando você vende pra órgão público (Porque não faz sentido pagar imposto que você mesmo depois vai receber, tem NCM pra isso), em grandes licitações isso faz diferença, permite vender equipamento um pouco melhor pelo mesmo preço (A Positivo diz que faz isso, entrega outras linhas melhores nas licitações. Pro povão é que vende os produtos que dão problemas 1 semana depois de terminar a garantia).


    Fora que pela descrição "Interligação as secretarias via fibra", acho que a foto não condiz com o aparelho nem com o preço, acho que é um grid director, um switch gerenciado com todas as portas via fibra, tipo:
    http://produto.mercadolivre.com.br/M...orts-40gbs-_JM

    Por mais que faça sentido chegar a fibra e distribuir cabo ethernet dentro, se for área grande excede 100m de cabo, fora a queima de ethernet em tempestades (Aterramento e protetores de surto? Pff...), apesar de investimento inicial ser maior pelo menos dura mais ou dá menos manutenção futura.
    (Atendo uns colégios e órgãos que montam rede ethernet própria, e toda semana tem switch ou roteador que tem que tirar e colocar cabo pra funcionar, todo ano tem meia duzia de queimas em tempestades, por conta do tira e coloca de conector tem que recrimpar ponta, tem pedaço que vai segue em trecho externo e por usarem cabo comum precisa troca depois de 3 anos, são probleminhas bobos que custam algo além da visita de um "técnico": O servidor que é vagabundo usa qualquer coisa como desculpa não pra trabalhar, ou se tiver como, enrola o que der e faz hora extra muuuuuuito bem remunerada numa sábado ou domingo e o chefe tem que acatar já que de fato a rede parou por X horas durante a semana...

  6. #6
    Avatar de Nilton Nakao
    Ingresso
    Sep 2013
    Localização
    Carlos Chagas, Minas Gerais
    Posts
    906

    Padrão Re: Preço real do switch

    Eu trabalhava numa empresa, em que participava de licitação, contrato de manutenção etc. e não vou defender ninguém mas com certeza posso afirmar que prestação de serviços, produtos para fins de licitação possuiam qualidades muito superiores aos de mercado.
    Hoje com esses padrinhos políticos virou uma baderna, não existe fiscalização de quem as recebe, não tem mais setor de amostras nada. Antes, eles analizavam aleatoriamente e se um não passar no meio de 50, todo o lote ou contrato era cancelado com duras multas. Uma delas, não era minha função dirigir mas por ser um feriado prolongado precisei; para não colidir com um veículo à frente( estava a 70 km/h), ultrapassei pela direita e tempos depois tive de ir na corregedoria de transito de São Paulo explicar o fato; fui elogiado pela minha atitude mas com ressalva. elogiado por que um outro que vinha atrás na faixa da direita colidiu causando vítimas, a minha sorte que eu era um dos poucos que fazia relatório, inclusive os motivos do atraso ou adiantamento do(s) serviço(s). O pessoal queriam exonerá-lo, mas informalmente aleguei que não era motivo para isso por quem conhece a real situação naquele instante é o condutor e procurei evitar o pior.
    Hoje tirando a saúde,segurança e judiciário não existe critérios para o trabalhador num determinado setor num orgão público basta ter o segundo grau completo ou universitário; Ele vai ser fiscal do meio ambiente, formado em administração qual o trabalho produtivo que pode ter?
    Acho que muitos do produtos para licitação têm ter qualidade, robustez e códigos de segurança incorporados ao equipamento e adoção de norma mil novamente e muitas empresa privadas adotam isso, trocar equipo todo mês, ano que seja é desconfortável. Tiro por mim, comprei um roteador 3Com(HP) foi um dos melhores negócios que fiz; Hum ano, não trava mas ameaçou por excesso de temperatura ambiente e um cooler resolveu o caso enquanto que com os outros tinha comprado pelo menos mais dois nesse período. Esse aparelho para quem não conhece, é um com qualquer outro( D link, TP link, MK etc) como modelos mais básicos, mas o acabamento na montagem faz a diferença que leva em conta a circulação de ar quente em seu interior mesmo sem cooler, enquanto que no Dlink a circulação de ar é precária.