Página 3 de 4 PrimeiroPrimeiro 1234 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Amigo... Não tem calculo não... Até tem mas é teórico. (Potência EIRP de saida - perda no ar + ganho da receptora=sinal final).. Eu faço no braço mesmo.... Tem que ir ajustando uma por uma e verificando o que chega na outra ponta.

    Quanto a montagem da NanoBridge, a posição do feeder é igual a Powerbeam... Com os leds na lateral de modo que o simbolo da Ubiquiti não fique de ponta cabeça. (Lado direito olhando de frente)

    Quanto a estar torto, só se estiver muito ferrado... Eu desentorto na mão e ainda assim dá sinal legal... O que nao recomendo é amassado (batida, pancada) que daí ela reflete o sinal pra fora ao invés de concentrar no feeder.

  2. Citação Postado originalmente por sphreak Ver Post
    Amigo... Não tem calculo não... Até tem mas é teórico. (Potência EIRP de saida - perda no ar + ganho da receptora=sinal final).. Eu faço no braço mesmo.... Tem que ir ajustando uma por uma e verificando o que chega na outra ponta.

    Quanto a montagem da NanoBridge, a posição do feeder é igual a Powerbeam... Com os leds na lateral de modo que o simbolo da Ubiquiti não fique de ponta cabeça. (Lado direito olhando de frente)

    Quanto a estar torto, só se estiver muito ferrado... Eu desentorto na mão e ainda assim dá sinal legal... O que nao recomendo é amassado (batida, pancada) que daí ela reflete o sinal pra fora ao invés de concentrar no feeder.
    Blz vou verificar tudo hj

    Enviado via XT1039 usando UnderLinux App



  3. Mas o cálculo (Que eu acho bem simples) vale pros 2 chains, é o mesmo pra vertical ou pra horizontal.

    Então não pode de jeito nenhum ter o chain0 com -60dBm de sinal, e o chain1 com -78dBm.

    Não dá, não tem como isso prestar, uma diferença de 3 ou 4dBm já é muito!

    Provavelmente o chain0 é a horizontal, e o chain1 é a vertical.

    Lembra que a zona de Fresnel começa a conta logo na saída, uma antena a 1m acima de laje fica tão ruim quando uma árvore 1m abaixo da linha de visada lá pelo meio do caminho.

    O sinal teórico é muito simples calcular aqui:
    http://mayo.nuvisions.net/ubnt_link/

    O primeiro fica assim:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         nbridge.jpg
Visualizações:	115
Tamanho: 	107,8 KB
ID:      	63581
    "Ah, mas é um Nanobeam M5 300". Tanto faz, o cálculo teórico é com ganho de antena, se PowerBridge 22dBi está no script do site e daria o MESMO resultado que a NBE M5 300. Se for uma Nanobridge de 25dBi refaça o cálculo. Se é de 22dBi, tem 3dBi a menos de sinal que o teórico, mas eu fiz o cálculo com potência DECENTE, não adianta nada você setar 23dBm e usar data rata que tem potência bem menos tipo 19 ou 20dBm (Olha o datasheet, ele serve pra isso, pra ver dado técnico, pode setar 500dBm no software mas o hardware só tem no data rate em uso aquela potência descrita no datasheet: https://dl.ubnt.com/datasheets/nanob...nbm_ds_web.pdf Nas páginas 9 e 10 tem a potência, pode setar o infinito no software que não importa, o que importa é o limite do hardware).

    O segundo fica:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         nb2.jpg
Visualizações:	220
Tamanho: 	124,5 KB
ID:      	63584

    Segundo a resolução 506 da Anatel, se você usar 5470 a 5725MHz você tem que usar DFS, e o limite de potência EIRP é de 27dBm. Pro rádio saber calcular isso, você precisa informar o ganho da antena. No primeiro link você informou (Mentiu) que tem só o feed, só a ponteira, e ela tem 3dBi, pra chegar no limite de 27dBm EIRP então o rádio aplicará potência de até 24dBm (24 + 3 = 27dBm EIRP), isso SE ele chegasse a 24dBm em data rates altos (Não adianta NADA ter isso só em MCS8, quem usa MCS8 em PTP?). A antena está como não-especificada mas SUSPEITO que o software trate ela como 22dBi quando não há informada (Porque não tem uma antena de 20 ou de 10dBi pra plugar essa ponteira). Enfim, se selecionou o país correto (Pra que mentir pro software? Só o que isso cria é esmerdalhar ainda mais o espectro), o software vai fazer o que todo software faz: Cumprir ordens, e a ordem é seguir a resolução da Anatel e limitar a 27dBm EIRP quando usar canal entre 5470 e 5725MHz.

    O cálculo teórico só dá errado quando o usuário não sabe o que está fazendo, quando não sabe que legislação o software segue, ou quando a zona de Fresnel não está toda limpa.

    Em 3,8km a zona de Fresnel é de 7m, calcula:
    http://www.wirelessconnections.net/c...resnelZone.asp
    Fica:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         fresnel.jpg
Visualizações:	244
Tamanho: 	87,8 KB
ID:      	63585

    Se houver algo 5m pro LADO da linha de visada, o sinal na horizontal é que vai atenuar, esse é o chain0 nos UBNT.
    Se houver algo 5m ABAIXO ou ACIMA da linha de visada, o sinal na polarização vertical é que vai atenuar. Em UBNT geralmente o chain1 é a vertical.

    Olha como é sensível, apenas 1m já mata 40% da zona de Fresnel! E ter só 60% da zona de Fresnel limpa acho que dá uns 15dBm de perda, pra mim que 20% da zona de Fresnel obstruída mata cerca de 10dBm (E só na polarização com a obstrução).

    Então esse primeiro link tem toda a cara de ter problema na zona de Fresnel da vertical. E o segundo tem sinal meio baixo porque deve estar com potência EIRP baixa, por usar configuração inadequada ou canal inadequado (5725-5850MHz tem potência liberada pra PTP porque nessa faixa só tem wifi mesmo, abaixo de 5725MHz tem radares dividindo o espectro, por isso NÃO PODE usar alta potência abaixo de 5725MHz). Testar algum canal acima de 5725 e veja se o sinal não irá subir (Informa país certinho).


    Quanto a esse ruído de -94dBm, se estiver muito perto de estrutura da torre, ou nalguns ângulos, isso é ruído do próprio rádio, digo, a CPE emite, reflete na estrutura muito próxima atrás, do lado ou em baixo, e lê isso como ruído. Em equipto UBNT barato não é comum ter coisa tipo -98dBm de ruído, MK quase sempre vai ter menos de -100dbm de ruído, mas UBNT geralmente exibe coisa tipo -98 a -96dBm mesmo lá no meio da roça, a 20km da fazenda mais próxima, poucos equiptos UBNT são bons nisso, eu não me preocuparia tanto com esses -94dBm de ruído em UBNT (Em MK sim, neles é normal -105 a -120dBm dependendo do equipto).

    E de qualquer forma um ruído alto ia diminuir CCQ, não ia diminuir sinal. Sinal é físico, a conta teórica sempre bate quando se tem todos os parâmetros correto, o único jeito de atenuar isso seria uma onda em contra-fase, o efeito multipath causa isso as vezes (Por isso a zona de Fresnel é grande, ela é justo a distância onde teria reflexo, o sinal reflete na borda do tunel imaginário ao redor da linha de visada, e o sinal refletido chega como picos segundos de atraso com relação ao sinal que veio em linha reta, numa onda que varia de alto pra baixo em pico segundos esse atraso bate certinho, faz um sinal alto de 1ns ser atenuado por um sinal baixo na mesma frequência também com 1ns de duração, se acertar EM CHEIO o sinal DESAPARECE, quando o sinal chega apenas no final ou começo da onda ele atenua só 10 ou 20dBm. Mas ruído não consegue atenuar sinal, só se fosse uma emissão 100% igual mas em contra fase, só que essa emissão seria legível e o rádio não exibiria como ruído, não exibiria como nada, é um sinal que ele descarta mas NÃO é ruído).

  4. Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Mas o cálculo (Que eu acho bem simples) vale pros 2 chains, é o mesmo pra vertical ou pra horizontal.

    Então não pode de jeito nenhum ter o chain0 com -60dBm de sinal, e o chain1 com -78dBm.

    Não dá, não tem como isso prestar, uma diferença de 3 ou 4dBm já é muito!

    Provavelmente o chain0 é a horizontal, e o chain1 é a vertical.

    Lembra que a zona de Fresnel começa a conta logo na saída, uma antena a 1m acima de laje fica tão ruim quando uma árvore 1m abaixo da linha de visada lá pelo meio do caminho.

    O sinal teórico é muito simples calcular aqui:
    http://mayo.nuvisions.net/ubnt_link/

    O primeiro fica assim:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         nbridge.jpg
Visualizações:	115
Tamanho: 	107,8 KB
ID:      	63581
    "Ah, mas é um Nanobeam M5 300". Tanto faz, o cálculo teórico é com ganho de antena, se PowerBridge 22dBi está no script do site e daria o MESMO resultado que a NBE M5 300. Se for uma Nanobridge de 25dBi refaça o cálculo. Se é de 22dBi, tem 3dBi a menos de sinal que o teórico, mas eu fiz o cálculo com potência DECENTE, não adianta nada você setar 23dBm e usar data rata que tem potência bem menos tipo 19 ou 20dBm (Olha o datasheet, ele serve pra isso, pra ver dado técnico, pode setar 500dBm no software mas o hardware só tem no data rate em uso aquela potência descrita no datasheet: https://dl.ubnt.com/datasheets/nanob...nbm_ds_web.pdf Nas páginas 9 e 10 tem a potência, pode setar o infinito no software que não importa, o que importa é o limite do hardware).

    O segundo fica:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         nb2.jpg
Visualizações:	220
Tamanho: 	124,5 KB
ID:      	63584

    Segundo a resolução 506 da Anatel, se você usar 5470 a 5725MHz você tem que usar DFS, e o limite de potência EIRP é de 27dBm. Pro rádio saber calcular isso, você precisa informar o ganho da antena. No primeiro link você informou (Mentiu) que tem só o feed, só a ponteira, e ela tem 3dBi, pra chegar no limite de 27dBm EIRP então o rádio aplicará potência de até 24dBm (24 + 3 = 27dBm EIRP), isso SE ele chegasse a 24dBm em data rates altos (Não adianta NADA ter isso só em MCS8, quem usa MCS8 em PTP?). A antena está como não-especificada mas SUSPEITO que o software trate ela como 22dBi quando não há informada (Porque não tem uma antena de 20 ou de 10dBi pra plugar essa ponteira). Enfim, se selecionou o país correto (Pra que mentir pro software? Só o que isso cria é esmerdalhar ainda mais o espectro), o software vai fazer o que todo software faz: Cumprir ordens, e a ordem é seguir a resolução da Anatel e limitar a 27dBm EIRP quando usar canal entre 5470 e 5725MHz.

    O cálculo teórico só dá errado quando o usuário não sabe o que está fazendo, quando não sabe que legislação o software segue, ou quando a zona de Fresnel não está toda limpa.

    Em 3,8km a zona de Fresnel é de 7m, calcula:
    http://www.wirelessconnections.net/c...resnelZone.asp
    Fica:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         fresnel.jpg
Visualizações:	244
Tamanho: 	87,8 KB
ID:      	63585

    Se houver algo 5m pro LADO da linha de visada, o sinal na horizontal é que vai atenuar, esse é o chain0 nos UBNT.
    Se houver algo 5m ABAIXO ou ACIMA da linha de visada, o sinal na polarização vertical é que vai atenuar. Em UBNT geralmente o chain1 é a vertical.

    Olha como é sensível, apenas 1m já mata 40% da zona de Fresnel! E ter só 60% da zona de Fresnel limpa acho que dá uns 15dBm de perda, pra mim que 20% da zona de Fresnel obstruída mata cerca de 10dBm (E só na polarização com a obstrução).

    Então esse primeiro link tem toda a cara de ter problema na zona de Fresnel da vertical. E o segundo tem sinal meio baixo porque deve estar com potência EIRP baixa, por usar configuração inadequada ou canal inadequado (5725-5850MHz tem potência liberada pra PTP porque nessa faixa só tem wifi mesmo, abaixo de 5725MHz tem radares dividindo o espectro, por isso NÃO PODE usar alta potência abaixo de 5725MHz). Testar algum canal acima de 5725 e veja se o sinal não irá subir (Informa país certinho).


    Quanto a esse ruído de -94dBm, se estiver muito perto de estrutura da torre, ou nalguns ângulos, isso é ruído do próprio rádio, digo, a CPE emite, reflete na estrutura muito próxima atrás, do lado ou em baixo, e lê isso como ruído. Em equipto UBNT barato não é comum ter coisa tipo -98dBm de ruído, MK quase sempre vai ter menos de -100dbm de ruído, mas UBNT geralmente exibe coisa tipo -98 a -96dBm mesmo lá no meio da roça, a 20km da fazenda mais próxima, poucos equiptos UBNT são bons nisso, eu não me preocuparia tanto com esses -94dBm de ruído em UBNT (Em MK sim, neles é normal -105 a -120dBm dependendo do equipto).

    E de qualquer forma um ruído alto ia diminuir CCQ, não ia diminuir sinal. Sinal é físico, a conta teórica sempre bate quando se tem todos os parâmetros correto, o único jeito de atenuar isso seria uma onda em contra-fase, o efeito multipath causa isso as vezes (Por isso a zona de Fresnel é grande, ela é justo a distância onde teria reflexo, o sinal reflete na borda do tunel imaginário ao redor da linha de visada, e o sinal refletido chega como picos segundos de atraso com relação ao sinal que veio em linha reta, numa onda que varia de alto pra baixo em pico segundos esse atraso bate certinho, faz um sinal alto de 1ns ser atenuado por um sinal baixo na mesma frequência também com 1ns de duração, se acertar EM CHEIO o sinal DESAPARECE, quando o sinal chega apenas no final ou começo da onda ele atenua só 10 ou 20dBm. Mas ruído não consegue atenuar sinal, só se fosse uma emissão 100% igual mas em contra fase, só que essa emissão seria legível e o rádio não exibiria como ruído, não exibiria como nada, é um sinal que ele descarta mas NÃO é ruído).
    Então quer dizer que a nanobridge tem potencia de saida de no maximo 18 dbm nao importe o que eu coloque ?

    E quando eu coloquei feed only -3db é como se eu tivesse usando apenas a ponta da nano bridge ? Tenho que por o que ?

    Pode me explicar a tabela da mayo nuvisions ?



  5. A Nanobridge tem a potência máxima que está no datasheet, cada MCS tem potência máxima diferente. É tão complicado assim?

    Se colocar potência abaixo do que o datasheet diz, o software limitará a potência, se colocar potência mais alta que está no datasheet, a potência de saída será o que está no datasheet.

    Você informa qual o ganho da antena porque esse é o ÚNICO jeito do software fazer o calculo de emissão total pra respeitar a legislação.

    Se você diz que está usando só o feed com 3dBi de ganho, ao setar pra digamos 5600MHz (Cujo limite legal é 27dBm EIRP), o rádio vai operar em potência máxima (As potências que estão no datasheet) caso deixe potência em auto, ou dependendo do rádio vai limitar em 24dBm (Já que 24 + 3 = 27dBm EIRP). Mas se for um rádio que diz no datasheet que em MCS15 tem 18dBm de potência, essa será a potência do rádio. Se a antena tem mesmo 3dBi, ou se tem 22dBi, não tem como o rádio saber.

    Se disse que tem só o feed de 3dBi, e o rádio em MCS15 por isso está em 18dBm, e a antena REAL é de 22dBi, 18 + 22 = 40dBm EIRP. Mas o software acha que a emissão é de 27dBm EIRP.

    Já se disser que está usando antena de 22dBi, o jeito do software limitar a saída em 27dBm EIRP, é limitando a potência do rádio, 22 + 5 = 27dBm EIRP. Se a antena tem mesmo 22dBi, a potência total irradiada será de 27dBm EIRP.

    Informar antena errada só serve pra enganar o software (Que segue a legislação, TODO PAÍS tem legislação que restringe alguma coisa, mudar de país na config. pode mudar só de uma restrição pra outra).



    Mas essa diferença de sinal entre chain0 e chain1 (-60 e -78dBm) não tem nada a ver com configuração, tem algo matando a zona de Fresnel numa polarização mas não afetando ela na outra, são 2 chains do MESMO rádio, a configuração de um vale pra outra, não tem rádio nem software que faça milagre com zona de Fresnel parcial, com só 1 chain tendo sinal de qualidade.






Tópicos Similares

  1. Duvidas Modem Speedy..?
    Por no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 04-09-2002, 18:34
  2. Dúvidas Path.
    Por no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 21-08-2002, 08:52
  3. Duvidas Ipchains / Iptables!!!
    Por no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 2
    Último Post: 20-08-2002, 14:39
  4. Limitar o logon e outra duvida ..
    Por MarcelScan no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 28-07-2002, 14:35
  5. Limitar o logon e outra duvida ..
    Por MarcelScan no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 24-07-2002, 20:45

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L