Essa conta de descontar ruído de ganho não vale, ela daria uma ideia do SNR (Relação sinal ruído), mas no Brasil não tem nada emitindo ruído nas faixas próximas, nosso maior problema geralmente é ganho mesmo.

O LNBF vai dar ganho de 65dB no sinal (Se ele chegar em -90dBm, vai subir pra -25dBm), se tem filtro passa-baixa de 40dB, o ganho do ruído será de uns 25dB abaixo de X frequência, além desse ruído extra de uns 3dB. Mas... ruído em ambiente típico fica nuns -100dBm, aumentar pra -97dBm pelo ruído térmico típico, o LNBF dar ganho tipo de 25dB, eleva o ruído pra -72dB, ainda dá um SNR de mais de 40dB, SNR mais que suficiente. O problema é ter antena pequena que não entrega sinal tipo -90dBm pro LNBF. Se a antena é pequena, o problema não é ruído alto, mas sim nível de sinal baixo demais. E o nível de sinal cai fácil conforme núvens, cai 2 ou 3dBm com nuvem, ou seja, uma nuvem diminui o SNR no mesmo nível que o ruído térmico reduz. Não vale a pena se preocupar com ruído nesses casos.


A atenuação em cabo é fato, atenua sinal e atenua ruído junto. Exceto se for um cabo com digamos malha de 47%, aí vai é captar ruído da vizinhança do cabo (Uma lâmpada fluorescente, uma rádio FM no outro quarteirão, um cabo de rede AC a 5cm) porque tem pouca malha. Passar o cabo longe de fontes de EMI ou RFI é tão importante quanto ter cabo com malha suficiente, e tem que lembrar que um cabo emite EMI rumo ao outro, 2 cabos de 47% de malha se matam, um gerando ruído rumo ao outro, bem diferente de 2 de 94% de cobertura.



Se é kit carona, tem que que o LNBF tem um ângulo nominal nem tão grande, ele pega boa parte da antena mas se você girar ele 1º pra fora do foco já perde uns 5dBm de sinal.
Por isso digo que os kits que deixam os LNBF's retos são péssimos, um deles vai receber sinal "de enviesado", tipo esses:
Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         kit-carona-c-1-lnb-22-pb-d22-1-chave-diseq-4x1-quanta-141201-MLB20268347280_032015-F.jpg
Visualizações:	117
Tamanho: 	174,0 KB
ID:      	63915

Pra ficar ok cada LNBF mais pro lado precisa estar inclinado mais pro centro, ou mais pra fora, tipo:
Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         339oygh.jpg
Visualizações:	225
Tamanho: 	73,6 KB
ID:      	63916
Nesse caso cada LNBF vai ter uma área refletindo corretamente, ele deve ser o centro de uma parábola, o jeito fácil de medir é amarrar um barbante no LNBF, e onde ele tocar na antena dar um nó, e ir de um lado pro outro. A área que vai refletir pra aquele LNBF é a área que estiver na mesma distância de barbante da parte pra onde o LNBF está apontado (Um barbante, ou um compasso gigante, qualquer coisa pra verificar se forma uma parábola com o foco correto)

(Com esse método descobri que minha antena de 1,7m molenga dos anos 90 estava quase 1 palmo empenada e eu não via! Estava oval, 1 palmo mais alta do que larga, preciso usar estaio pra manter ela num formato de parábola)