Página 2 de 2 PrimeiroPrimeiro 12
+ Responder ao Tópico

  1. O consumo daquele sistema é 44w ligados à 24 v. A alimentação do sistema São duas placas solares fotovoltaicas de 150w com capacidade de gerar 20 v cada uma. Usando esse sistema de alimentação, sabendo que as placas são ligadas às baterias e as baterias ligadas ao sistema, seria possível fornecer energia para o sistema em Quanto carrega as baterias? Usando esse sistema as baterias conseguiriam está completamente carregadas antes do anoitecer?

    Enviado via SM-J500M usando UnderLinux App


  2.    Publicidade


  3. Sobre o consumo:

    Rocket M5: Uns 7W de média. Pico de 8W. Sendo 2, coloca 14W de média.

    Groove A52HPN: 4 a 5W, coloca 5W de média porque esse costuma operar mais no talo que o Rocket.

    RB2011 sem wifi: 7 a 9W, coloca uns 9W de média porque elas só reduzem o consumo com praticamente zero uso.

    Patch panel gerenciavel... aí não sei, os da Furukawa mal chegam a 1W ao todo (É só led e componentes passivos), a Volt parece que tem um mas nunca vi, não sei como é.

    14W + 5W + 9W = 28W
    Digamos que dá pra falar em 30W com um patch panel gerenciável muito gastador.

    Vou usar 30W na conta.

    30W/24V = 1,25A por hora.
    Como o dia tem 24h, 24 * 1,25 = 30Ah.dia.

    Uma bateria de 105Ah duraria então mais de 3 dias.


    2 painéis solares de 150W em séria dá pra chamar nominalmente de 300W 24V. Vou me referir assim.

    Eles só captam quando o sol está num angulo reto com a frente deles, dá uma média de 2 a 3 horas captando 100% do que prometem. Mais umas 2h antes e depois disso captando mal e mal 50% do prometido, de modo que se diz que a captação ocorre em 5h na média. Não é que só pega sol por 5h, é que a soma da captação equivale a uns 500% da capacidade nominal. 5 * 300W = 1500Wh captados.

    1500W / 24V = 62,5A que o sistema capta por dia na maior parte do Brasil.

    Como seu consumo é de 30Ah por dia, e seu sistema solar capta 62Ah.dia, não existe essa necessidade de "carregar as baterias em 1 dia". Nenhum sistema solar deve ser feito pra descarregar as baterias todo dia, bateria de chumbo-ácido suporta poucos ciclos, geralmente com 200 ciclos de descarga completa (Descarregando totalmente a bateria) a bateria já fica inútil.

    E de dia o controlador solar manda carga pra bateria. Em paralelo às baterias está a saída pro equipamento, ligando a carga e consumo em paralelo já há o "carregar enquanto alimento o equipamento". O controlador solar não manda um pouco pra cada saída, ele manda a carga pra bateria, e a bateria está ligada também na saída do controlador, está tudo em paralelo, e não tem problema nisso, tem painel captando o dobro do que precisa, o sistema está dimensionado com uma ótima sobra.

    (Porque em dias nublados esses painéis não vão captar uns 1500Wh, mas sim uns 150 a 250Wh, não é que vai ficar sem captação, é que ela será menor. Na prática isso talvez aguente 1 semana nublada antes de descarregar as baterias, porque a captação em dias nublados é baixa mas ainda existe. Só que teria que ter 7 dias nublados seguidos. Se der 1h de sol mais forte quando o sol estiver num ângulo bom só essa 1h vai captar 300Wh a mais)

    Se o sistema está descarregando as baterias toda noite, tem algo errado, ou tem algo consumindo demais (Se você mediu 44W de consumo num amperímetro, reveja o que tem ligado aí, se não tem alguma lâmpada ou algo assim, porque são 4 equipamentos que consomem bem menos de 10W cada, e o patch panel gerenciável não pode consumir quase nada (Se consumir absurdo tipo 20W ele deve estar com defeito).

    Outro motivo pra um eventual problema de descarga a noite é usar bateria automotiva. Elas são pra... uso automotivo, que tem alta corrente por poucos segundos, e carga em alta corrente (Alternador chegando a 100A), a carga em alta corrente e os chacoalhões do uso do carro nas ruas solta as bolhas de ar que se criam nas placas da bateria, nesse uso elas não sulfatam muito. Mas quando coloca essas baterias paradas, com carga em corrente mais baixa, sem uma carga de equalização a cada 3 meses, elas desequalizam, ao invés de cada célula de 2V (São 6 em série numa bateria de 12V) ficar carregada a 2,4V, ocorre de 2 irem até 2,5V e 4 ficarem em 2,3V, essas 2 com tensão mais alta vão morrer mais cedo, porque vão aquecer mais por ter tensão mais alta, aquecimento que gera mais sulfatação nas placas, apodrece as placas. Bateria estacionária não aguenta dar partida em carro mas resiste muito melhor ao uso... estacionário. Tem menos problema de sulfatação com carga em corrente baixa (Tem menos não significa que não tem, bateria estacionária também pode ter problema de desequalização nas células com meio ano de uso também, é raro mas pode ter).

  4. Obg pela resposta, Vai me ajudar Muito, desde já agradeço.

    Enviado via SM-J500M usando UnderLinux App




Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L