Página 5 de 5 PrimeiroPrimeiro 12345
+ Responder ao Tópico

  1. Citação Postado originalmente por alexsuarezferreira Ver Post
    ainda não é o momento, mas a energia livre vira, em breve...
    Eu também acredito nisso. Não consigo me conformar com a ideia de ter chegado ao fundo do poço no conhecimento desse campo. Afinal só utilizamos 1% do nosso cérebro segundo dizem... E a cada geração o conhecimento chega mais cedo e mais profundo.
    Algumas novas formas, mais eficientes, menos poluentes e talvez até quase próximo do moto contínuo. Veja que eu disse "quase", pois também não acredito no moto contínuo.

  2. acredito que teremos em breve uma energia tão barata que não pensaremos em motores auto suficientes ou digamos perpétuos, já estamos a caminho disto, http://hypescience.com/energia-da-fu...e-e-alcancada/



  3. É simples porque ainda não tem nada disto funcionando por aí! Nada se cria, tudo se transforma! Lei básica da física!


    Sent from my iPhone using UnderLinux

  4. Nunca vai ter isso por causa das leis básicas da física, não tem como pegar energia do nada, só o que dá pra fazer é justamente transformar.

    Transformar calor, vento, ou luz, em eletricidade. Mas a gravidade não é bem assim, você transforma calor em eletricidade desde que tenha algo frio por perto. Aproveita o vento desde que você esteja parado e não voando com o vento. Aproveita a luz mas as células fotovoltaicas mas podem ser aquecidas demais com o calor do sol. precisa um contraponto na coisa. A gravidade não tem isso, não tem contraponto, ela está sempre puxando pra baixo, só funciona com água em hidroelétrica porque quem eleva essa água que desceu é a chuva (E no caso da força maremotriz só funciona porque o oceano é uma massa de água gigantesca. Num lago de 1km a maré é completamente inaproveitável, precisa um estrutura literalmente do tamanho do mundo pra aproveitar a diferença de gravidade que a lua gera).

    Todas essas porcarias que falam em gravidade e "força" de ímãs" pelo visto só tem a função de atrair investidores trouxas, nenhum nunca funcionou nem nunca vai funcionar, mas dá muito dinheiro enganar leigo.
    No caso do motor argentino, é o projeto Torian. Não tem NADA com ele a venda, só tem vídeos rápidos dele rodando, não tem NADA de prático anida.
    O projeto Torian é igual o motor Perendev, o pilantra que vendia o Perendev angariou 60 trouxas que pagaria meio milhão de Dolares por gerador, como ele nunca entregou NADA, passou quase 5 anos na cadeira na Alemanha:
    https://www.psiram.com/en/index.php/Mike_Brady

    A Tesla Motors começou com um aporte inicial de US$ 6,3 milhões, mas como ela entrega algo que existe no mundo real, e que cumpre o que promete, e hoje vale US$ 33 bilhões. Esse pilantra do motor Perendev nunca entregou nada, deve ter surrupiado até mais que US$ 6 milhões ao todo, ao longo dos anos, então não pode ter desculpinha de "falta de investimento". Não falta investidor trouxa quando as promessas são mirabolantes, o que não temos visto é resultado prático, nem meio gerador pra alguém comprar e gerar de graça que seja 1W em casa. No caso do projeto Torian já tem gente dizendo que investiu na empresa e que ela nem existe:
    http://www.taringa.net/post/ciencia-...Argentino.html

    É incrível como esses lixos sempre angariam alguns leigos trouxas pra investir dinheiro nisso. Vender kit ou livro por US$ 50 até que vai, tem brinquedo até mais caro que isso, mas angariar milhões de Reais em dinheiro vivo é coisa de investir muuuuuuuuuuito desatento! É castigo justo pra quem não quer acreditar nas leis da termodinâmica.

    Sobre a desculpa esfarrapada de que ímãs de neodímio não aguentam calor e bla-bla-bla, tem que ver o tipo de magneto de neodímio-ferro-boro.
    O tipo N35, N42 ou N50 perde as características lá pelos 300°C. Nominalmente eles são pra operações até 80°C. E isso é uma temperatura que esses engana trouxas (Moto contínuos) NUNCA chegam!
    O poder coercivo deles cai com o tempo, mas... o valor nominal (Variação de 10%) vai ser mantido por pelo menos 20 anos, então a desculpinha que eles perder força rápido não faz sentido, esses lixinhos param depois de 30 segundos porque são inúteis mesmo, não porque os magnetos perdem algo.

    Um magneto N35 típico:
    http://www.ebay.com/itm/1-Large-Supe...5/261095864476
    Custa 3x o preço de um ímã comum de samário-cobalto:
    http://www.ebay.com/itm/Super-Magnet...-/121199514636
    Mas uns motos-contínuos pra enganar trouxa usam talvez 20 desses, o preço do sm-cb seria então uns R$ 100 em magnetos, e em neodímio comum uns R$ 280. Se a porcaria gerar 10W por hora esse custo extra não é nada.

    Mas em motor ou gerador que opere em temperatura maior tem os de neodimio-ferro-boro de temperatura alta, final H de High (Temperature), seria digamos um N35H, que é feito pra temp. nominal de 120°C.
    Tem o N35SH , de Extra High temperature, acho que 150°C.
    Tem o N35EH, de Super High temperature, acho que 180°C
    E tem o N35UH, de Ultra High temperature, nominalmente pode OPERAR até 200°C.
    Que motor ou gerador de pequeno porte passa internamente de 200°C?
    Nessa temperatura vai ter espira abrindo igual, ou o esmalte das espiras vão permitir curto, de qualquer modo pra maioria nos usos o magneto SH é suficiente, ele é no máximo o dobro do preço:
    http://www.ebay.com/itm/1-strong-pow...-/181481208756
    Mas repito, esse é o MENOR custo num aparelho! Num ventilador de teto vai magneto muuuuito mais pequeno, a diferença entre usar N35 e N35SH num ventilador de teto de 2m³/s é de uns R$ 15 em magnetos! Isso é 5% do preço dos ventiladores de alto rendimento. Como que algo que custa 5% a mais no do preço encarece o produto em 100%? (Ventilador de baixo rendimento custa menos de R$ 150, os de alto rendimento vão pros R$ 250 a 300).

    Também existe a força coerciva intrínseca, se você colocar 2 magnetos iguais lado a lado um não consegue alterar permanentemente o outro, mas num N35 com força coerciva 10% maior você consegue desmagnetizar o ímã. Se usar magnetos iguais na parte fixa e móvel do engana trouxas (Moto perpétuo) não tem como um magneto perder nada! E ainda que use magnetos de tamanho 100% diferentes, num N35EH precisa 3x mais força coerciva pra desmagnetizar permanentemente o magneto menor! Não é nada simples desmagnetizar até um magneto barato de neodímio, idem pra samário cobalto, ferrite ou alnico. Essa desculpinha de "os ímãs acabam" só teria cabimento se usar tamanhos e forças coercivas 300% diferentes, mas... aí seria um BURRICE GIGANTE dizer que há geração de eletricidade gratuita, porque pra magnetizar uma peça do link de 30x10mm é usado um eletroímã que gasta uns 2kWh! Se o engana trouxas, digo, o moto perpétuo gerar 10W por 1 hora ele gerará 10Wh, sendo que pra magnetizar os imãs se gastou 2kWh, que porcaria de energia grátis é essa? Nesses termos é bem fácil enganar os trouxas, digo, os investidores. É só ver uma ficha completa dos magnetos usados, esses do Ebay não são confiáveis, é só comprar sabendo que força coercia intrínseca o produto tem e combinar de modo a não desmagnetizar nada, é só usar magnetos de valores técnicos conhecidos:
    http://catalogo.brasilmagnets.com.br...ems/imas/ndfeb

    Montar algo que aplique uma força coerciva maior que a intrínseca que o magneto suporta é de uma burrice galopante, aí realmente acontece do magneto perder campo e fluxo magnético em segundos. E "aproveitar" essa perda pra gerar eletricidade é que na verdade eu devia classificar como burrice galopante, porque pra alinhas os fluxos durante o processo de fabricação se usa MUITA eletricidade, chutei 2kWh por peça de 3cm³ e chutei baixo, acho que o valor é maior. Magneto de samário-cobalto é apenas prensado, as terras usadas são despejadas e nesse processo elas se acomodam seguindo o fluxo natural da terra, você usa uma prensa de 40 toneladas (Que deve gastar até mais de 2kWh pra prensar 3cm³) e o magneto está pronto, só gastou a eletricidade da prensa, não teve que usar um eletroímã pra magnetizar a peça, mas "gastar" um magneto desse pra produzir 10Wh ninguém ainda fez (Acender led que gasta 0,1Wh até um ramster acende!) mas fazer isso seria uma grande burrice, bateria desperdiça 20 a 40% no processo de carga e todo mundo já diz que é um lixo, gastar 2kWh pra depois consumir só 1,6kWh já seria desperdício, mas esses motos-contínuos não conseguem NEM 10Wh, ou seja, desperdiçam 99,99% da energia que foi usada no processo de fabricação. Isso está muuuuuito longe de energia livre, quem chama isso de energia grátis está precisando descer do mundo da lua, o processo de fabricação de um magneto consome MUITA eletricidade e o único uso inteligente deles é onde o campo coercivo nunca é vencido, nessas condições ele dura 100 anos fácil. Motores de rendimento tipo 80% operam assim, ficam sempre longe da temperatura que afeta o fluxo magnético nominal (Medido em Tesla), não perde rendimento quando esquente (Porque operar com 90% de rendimento quando o ambiente está frio é fácil, mas isso não é o mundo real, o mundo real é quente pra caramba).

    E a oferta de terras raras pra magnetos (Samário cobalto é oficialmente um magneto de terra rara, aguentam 250 a 300°C fácil) está mesmo aumentando, está longe de diminuir. HOJE em 2016 o preço do minério de ferro está praticamente 1/4 do que estava em 2012 (No auge a tonelada de minério de ferro chegou a US$ 180, hoje se não me engano mal chega nos US$ 40. 2012 foi o pico do boom das commodities (Que o Brasil não aproveitou! Teve pico no preço do petróleo e no minério de ferro mas o país enfiou esse dinheiro na bunda, agora o petróleo e o minério de ferro vão ficar baratos por pelo menos mais 10 anos), é uma diferença de preço que gera uma diferença de US$ 5 bilhões por mês na balança do comércio exterior), a Vale está lucrando menos com o minério de ferro, as grandes siderúrgicas, a CSN e a Usiminas estão em disputas internas de investidores (Perdendo valor de mercado a cada dia por problemas internos), as áreas de exploração que tiravam minério de ferro a US$ 180 por tonelada vão ficar meio paradas agora (Com a tonelada a US$ 38), tem terra aberta que vai ficar sem uso, a porta pra extração de terras raras está aberta. A China está toda animada com seu mercado de aço (Ela que fez o preço do minério cair tanto) e o minério que ela importa da Austrália, ela está meio desatenta com as terras raras, nesse estado da siderurgia deles eles não vão ligar se o Brasil migrar parte da sua mineração pras terras raras. E tendo um player novo no mercado o normal é o preço cair, então a única possibilidade futura é de esses magnetos ficarem mais baratos, EU acredito que chegarão no preço dos de samario-cobalto. Mas... NADA DISSO implica que o processo no futuro gastará menos energia! Só deve cair o custo da matéria prima mineral, o gasto de praticamente 1kWh na prensa ou magnetização de 1cm³ de imã deve continuar, então o SUPOSTO moto perpétuo que usa 20 magnetos desse deve gerar PELO MENOS 20kWh pra dizer que é rentável fazer isso. Usar 20 magnetos desse pra gerar 10Wh (100W por 6 minutos, tempo que leva pra um engana-trouxas, digo, moto perpétuo parar) é um rendimento pra lá de inútil, é um desperdício gigante (Pra fazer uma célula fotovoltaica de gasta 150Wh, mas essa célula captará isso em 6 meses, se ela durar 20 anos ele dará 19,5 anos de lucro energético!



    E já que citaram Da Vinci, quem quiser confiar em tudo que ele faz que use aquele helicóptero com uma espiral helicoidal pra fugir de um barco pegando fogo:
    https://upload.wikimedia.org/wikiped...helicopter.jpg
    Não é porque ele teve 20 idéias a frente do seu tempo que ele não teve 20 idéias completamente sem fundamento!
    Pros conhecimentos da aerodinâmica de 1500 isso fazia sentido, hoje sabemos que não faz. Ele achava que o moto perpétuo seria viável, pros conhecimento de física de 1500 era razoável supor isso. Quem quiser viver em 1500 pode acreditar em moto perpétuos, os vendedores de quinquilharias adoram quem investe nas idéias que não fazem sentido nenhum, arrancar dinheiro dos crédulos é fácil porque se você convenceu 1 vez que a porcaria funciona, vai conseguir convencer de novo no futuro quando for preso, é só alegar que a industria do petróleo está te perseguindo...

    (Industria do petróleo que, alias, investe em energias renováveis: http://g1.globo.com/economia/negocio...ial-no-rn.html , não sei quem são os birutas que inventam que há alguma perseguição por parte de uma indústria inteira. Há uma perseguição contra caloteiros, seja quem vende gerador que não funciona, quem vende marketing multinível que desmorona em 2 a 4 anos, enfim, qualquer fabricante de maracutaia sempre será chamado de pilantra, independente do ramo de atividade, e no ramo dos motores perpétuos só o que tem a venda é maracutaia, e nunca terá algo funcional, efetivamente perpétuo, independente do preço dos magnetos, não é o preço nem a qualidade de nada que impede, é aquela coisa básica das leis da termodinâmica, se você aplicar X joules de força, conseguirá capturar depois X joules de força, se botar algo pra girar no espaço essa coisa continuará na MESMA velocidade mas até um ímã de 1cm² vai fazer isso desacelerar, não tem como uma bobina sendo induzida por um ímã não desacelerar esse ímã, por mais que algo gire no espaço ele não é capaz de produzir energia maior que a que o colocou pra girar)



    Alias, o custo da força maremotriz que a lua nos dá é que ela se afasta 3cm por ano da terra! Sim, a LUA está se friccionando na terra, e perdendo velocidade! E fazendo a terra perder velocidade, a cada 50 anos a terra leva 1ms a mais pra dar um giro (O dia fica 1ms mais longo a cada 50 anos). Se 2 objetos enormes tem essa desaceleração, imagina uma traquitana ridícula que um pilantra vende por US$ 200 que promete girar sozinha. No máximo vai estender a força inicial por alguns minutos ou horas, mas colocar uma bobina pra captar essa variação no campo magnético geraria uma fricção ainda maior! Vai apenas parar essa traquitana ainda mais cedo, sem gerar nada relevante em eletricidade.


    (O que a força maremotriz nos entrega não é nem 0,000000000000000000000000000001% da energia gasta pra formar a terra e a lua e as colocar nesse giro desbalanceado! Um moto "perpétuo" desses a venda faz isso, você aplica alguns joules de força pra girar ele, mas suas bobinas minúsculas captam 0,1 joule no pouco tempo que ele fica girando)

  5. O MAIOR GÊNIO DA HUMANIDADE pai da energia livre....

    Deixem que o futuro diga a verdade e avalie cada um de acordo com o seu trabalho e realizações. O presente pertence a eles, mas o futuro pelo qual eu sempre trabalhei pertence a mim.
    Nikola Tesla






Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L