Página 3 de 3 PrimeiroPrimeiro 123
+ Responder ao Tópico

  1. @1929 "E daí tenho uma outra dúvida relacionado... Se "teoricamente" é 11mbps com 5.5 para up e idem para down, caso o up não seja utilizado na plenitude há a possibilidade de atingir mais tráfego de download?"


    estava comentando no modo b only. agora quanto a sua duvida acho q nao , imagino up e down como duas canalizações independentes, se e de 11 ou de 5 só passa no maximo teorico isso.posso estar errado mais e assim q penso

  2. Pode usar data rate diferente em RX e TX, mas se usar o mesmo data rate, e o rádio for bom, é o mesmo UP e DOWN.

    11Mbps é o data rate com todos os dados de preambulo e cabeçalhos de pacotes, passam de fato 11Mbps, mas... a parte desses dados que envolve o pacote do cliente (Payload, ou "carga útil") é de uns 4 a 4,5Mbps nesse caso.

    O throughput (Tráfego real) geralmente fica em cerca de metade do data rate.

    Não que o data rate minta, é que ao redor de CADA pacote tem MUITA coisa, tem bit redundante, tem o cabeçalho extra, tem a criptografia, tem as trocas de chaves de criptografia, enfim, é tipo um motoboy levando uma carta de 1 folha, essa folha de 2 gramas de peso vai andar 20km com um livro de gasolina, mas esse gasto não é pela folha, é pelo resto do conjunto de transporte de dados (Se vai levar uma folha de 2g ou uma sogra de 100kg nada muda, vai andar quase do mesmo jeito).

    Até chegar no momento de enviar os dados do cliente tem muita coisa antes, o "data" está lá no final de uma série de cabeçalhos:
    Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         mixed_mode1.gif
Visualizações:	30
Tamanho: 	12,0 KB
ID:      	64933
    Mas antes de enviar isso, e depois, tem outras trocas de dados que não levam dados de ethernet, tipo perguntar se está pronto pra receber, receber o checksum (Confirmação) do pacote enviado antes, são várias atividades que o tráfego chamado "data rate" engloba, enquanto o tráfego chamado "throughput" é só os dados do cliente (Só o pacote TCP/IP).

    Usando modo G, se usar o data rate de 12Mbps, ele é um pouco mais eficiente, chega mais fácil em 6Mbps de thoughput, 18Mbps de data rate pra mim dá até 10Mbps de throughput. Mas o data rate de 54Mbps nunca vi passar de 23-24Mbps, mas o normal é ficar nuns 20Mbps.

    O modo N também varia, MCS2 de 19Mbps transporta 10Mbps de throughput, mas MCS3 de 26Mbps não vi passar de 14Mbps de throughput, então não tem uma relação exata de percentual, e varia porque CADA data rate tem uma quantidade de pontos na quadratura do esquema de modulação (2, 4, 8, 16, 64) e tem percentuais de dados redundantes diferente, cada data rate serve pra um sinal diferente, um data rate mais baixo funciona com sinais mais baixos, mas transporta menos bits por MHz ocupado (Digamos que um carro que aceita gasolina batizada ocupa 2 faixas de uma pista, anda a 40km/h, mas nunca falha. Já a moto que vai a 180km/h e ocupa só meia faixa exige gasolina pra lá de limpa. Se você não tem gasolina limpa (Se não tem sinal alto o suficiente) não dá pra usar o mesmo mais rápido, tem que usar o que funciona naquele meio, por mais que desperdice espaço)

    Por experiência digo: Onde o modo B funciona bem, também funciona o modo G no data rate de 18Mbps (Que lega uns 10Mbps), e também funciona o modo N no data rate de 26Mbps (Que leva uns 14Mbps de throughput). Ou seja, dá pra multiplicar por 3 o throughput que se consegue com o mesmo nível de sinal (Comparando B com N). Também, 802.11B é padrão desenvolvido lá por 1999, naquela época mal e mal tínhamos modens 56Kbps pra usar (A regra ainda era modem ISA de 33,6Kbps), o data rate de 1Mbps levando seu 256Kbps de throughput já seria 4x mais rápido que 90% dos modens no mercado, na época era um avanço gigante, era lento comparado às placas 10M (Que de fato trafego quase 10Mbps de throughput, já que não precisam encriptação porque não tem como capturar os dados no ar) mas em 1999 ainda tinha muita placa com cabo coaxial ou ethernet a 1Mbps. Cada protocolo vem pra uma era, o padrão N que com 2 antenas e canal de 40MHz só concorre com rede cabeada 100M, e o protocolo AC precisa 3 ou 4 antenas e canal pra lá de largo com 80MHz, pra ser chamado de "wifi gigabit", com só 20MHz de largura e só 1 antena não tem muito como passar de uns 25-30Mbps de throughput.

    E na maioria dos hardwares se você faz muito upload o download cai, se você compra um roteador por menos de R$ 300 você está comprando um produto básico, e não um bom. Um ótimo roteador vai dar upload e download iguais, mas um roteador básico não, isso é culpa da falta de poder de processamento dos hardwares baratos, não é "defeito" do padrão wifi. Tem roteador cujo processador é uma coisinha dessa de US$ 5:
    http://www.ebay.com/itm/1-x-New-ATHE...-/231601699964
    Compara com o preço de um processador i5. É uma diferença enorme no preço e no poder de processamento, não tem nem como comparar, roteador tem poder de processamento baixo pra caramba pro tipo de tráfego que levam (Ou: "Parece pouco, mas eles fazem milagre pelos US$ 5 em processador").




  3. A minha dúvida é com relação ao que o pessoal chama de agregado...
    A soma de tudo, up + down;

    Se não aproveitar todo o up disponível na banda, o down pode ser maior que a metade da banda? Logicamente que levando em consideração uma conexão única nunca vai ter up e down juntos. Frações de segundos irão separar uma da outra.
    Mas o AP atende diversos clientes e daí uns com up e outros com down.
    Se o up chegar a 4mega por exemplo com alguns fazendo upload de arquivos, vai sobrar pouco para o down, ou o up vai ficar limitado a 50% do agregado?

    Não sei se consegui explicar a minha dúvida, mas leio seguidamente explicações conflitantes neste quesito.

  4. O agregado parece ter mais relação com a capacidade de processamento do hardware.

    Digo, você faz um teste no sentido A>B (Upload pro A, download pro B) e passa digamos 50Mbps. No teste B>A dá o mesmo tráfego. Mas se for um rádio meio comum, a troca combinada de dados (A>B e B>A simultaneamente) dá 60, 70 ou 80Mbps. Dá digamos 30 a 40Mbps em cada sentido.

    Num rádio muito bom (Numa RB912 com sinal suficiente um tráfego de 50Mbps é tranquilo. Pra um Rocket antigo XM isso é pesado), se tiver sinal suficiente vai ter quase 50Mbps em ambos os sentidos simultaneamente.

    Quando você envia um tráfego X no sentido A>B, os checksum's do protocolo OFDM e a resposta de cada pacote TCP/IP volta no sentido B>A, isso come mal e mal 5% do tráfego de upload mas já é algo. Se o link A>B está operando por um fio, usando MCS7 e seus 83% de bits novos (Code rate de 5/6), ao acrescentar um tráfego maior no sentido B>A esse tráfego vai exigir os checksum's e respostas TCP/IP extras no sentino A>B, se a primeira conexão já estava por um fio, ao aumentar em 5% esse tráfego começa a ter uma perda percentual de dados maior que 17%, é a situação onde o throughput cai por bobeira.

    Todo pacote tem resposta, na conexão wifi ele não conta como upload necessariamente. O pacote que sai do PC do cliente é um pacote TCP/IP, ele entra dentro de um pacote OFDM, esse pacote OFDM é que vai ter as respostas extras na parte de wifi. E a resposta do pacote TCP/IP ser colocado dentro de um pacote OFDM, e na sua passagem pelas placas wifi vai gerar um envio e um checksum verificando o recebimento, ou seja, cada pacote TCP/IP saindo gera 4 (QUATRO!) transações OFDM na prática, então as vezes o throughput chegando numa porta ethernet muda 1Mbps num sentido mas cai 2Mbps no outro sentido, é o tempo sendo gasto com respostas de pacotes (E a gente mede tráfego por SEGUNDO, não é um pacote deixa de ser enviado, é que ele fica mais tempo na fila).

    Se tiver sinal suficiente e capacidade de processamento suficiente, vai medir 50Mbps half duplex, e 100Mbps full duplex (50M de TX e 50M de RX).

    Mas o que geralmente fazemos é testar até onde dá pra ir em half duplex, tem PTP que em dia de sol dá 100Mbps half, no teste full mal dá 120Mbps, e pode parecer falta de capacidade de processamento, mas se testar num dia com chuva, onde o sinal cai 2 ou 3dBm apenas, verá coisa tipo 60Mbps. Tem teste de velocidade que fazemos que não tem utilidade real, na prática nunca existirá um tráfego half-duplex puro (Sem upload, digamos), e não adianta nada medir a capacidade numa manhã sem sol forte num PTP com a zona de Fresnel parcial, hora que o sol esquentar o solo, ou hora que a chuva atenuar o sinal, o resultado será muito diferente, o teste half duplex é meio inútil mas o teste full-duplex pra conexão doméstica ou soho também não faz sentido, já que esse tipo de usuário NUNCA usa um percentual grande de upload (Mesmo se liberar, difícil chegar a 30% do download).

    Eu só testo half-duplex porque aqui só tem conexão ADSL da Oi cujo upload al dá pra chamada de voz via VOIP, o upload é irrelevante, pra interligação pra aproveitar conexão lixo ADSL de supostos 10Mbps se der throughput half-duplex de 10Mbps já é suficiente, porque o delay nesse mini-PTP de 2 a 8ms não chega nem perto do delay até os sites, um upload de 400kbps nesse caso não é afetado (Nem afeta o download) porque na melhor das hipóteses ele se ruma a uns site a 80ms. Mas entrega de link dedicado pra provedor não pode fazer isso, precisaria medir com um tráfego de upload levemente maior que o link contratado, pra descobrir quanto de download passa (Fixa o tráfego de upload, e testa até onde o download vai antes de começar a ter ping alto demais. Feito isso, é só fixar o limite de tráfego um pouco abaixo do download medido, assim evitará que o download atrapalhe o upload (Que deve estar mais limitado no cliente).







Tópicos Similares

  1. Dúvida na Fixação de data rates.
    Por delegato no fórum Redes
    Respostas: 14
    Último Post: 17-01-2015, 14:54
  2. Duvidas sobre tx/rx rate
    Por ANDREOSOUTO no fórum Redes
    Respostas: 5
    Último Post: 14-01-2015, 14:21
  3. Duvidas sobre MHz e Max TX Rate.
    Por eduarlei no fórum Redes
    Respostas: 7
    Último Post: 13-09-2012, 11:03
  4. Dúvida com Data Rates
    Por gustavo_marcon no fórum Redes
    Respostas: 6
    Último Post: 13-05-2012, 10:06
  5. Mikrotik em 5.8 duvidas sobre o rate.
    Por fabiano2006 no fórum Redes
    Respostas: 4
    Último Post: 03-07-2007, 20:25

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L