+ Responder ao Tópico

  1. Respondam rápido ...

    O que é mais rapido 1 mb por fibra ou 1 mb por radio???? ou 1mb por sinal de fumaça ou por laser ou outro meio qualquer???

    O que pesa mais 1 kg de algodao ou 1 kg de chumbo 1 kg de ouro???


    Galera , como ja postei anteriormente nao tenho problema algum com rádio temos uma base de 4500 clientes muitos satisfeitos, planos de 1 a 10 megas com latência baixas, e praticamente com 0 % de reclamação, Netflix e YouTube rodando liso e disputamos com 2 outros provedores que investirão mundos e fundos em fibra achando tava resolvido o problema e agora tao correndo atrás das contas apavorados para fechar o balanço no fim do mes, falo com propriedade, o rádio ainda vai estar por muito tempo no mercado, como dizia o mestre Gilvam "Interferência nao existe e apenas um conceito abstrato para materializar esse fenômeno chamado sobreposição de ondas elas podem ser positivas ou negativas " e dizia mais "aquilo que chega na antena somente cabe a vc determinar o que vai chegr ao radio"era um monstro mesmo esse Gilvam pena que somente poucos conseguiram "captar vossa mensagem amado mestre" felizmente tive o prazer de conhece-lo pessoalmente. Este topico ainda vai muito pano pra manga. kkkkkk


  2.    Publicidade


  3. Citação Postado originalmente por jodrix Ver Post
    O problema que uma coisa inviabiliza outra, ou seja, por quanto vc vai entregar 50 mb??? hoje a media por mega fica em torno de R$50,00/ mega para entregar 50 Mb seria R$ 2500,00, se o cara usa 24/7 como fechar esta conta??? vai vender por quanto??? , entao pessoal nao bem assim, de que adianta ter fibra se na vamos conseguir entregar??? ate mesmo as operadoras ja estao apavoradas e por isso partiram para franquia e nao temos cafe no bule para competir com elas. Por isso volto afirmar nao e a fibra que vai determinar o sucesso do provedor, vamos ter que agregar serviços e tratar bem os clientes, oferecendo outros serviços como bônus.
    Assim.. temos condições de competir sim.. tem muitas "ferramentas" que viabiliza o custo menor.. uma delas por exemplo o OpenConnect do Netflix..

    entre outras.. Google.. akamai... e assim vai..

  4. Citação Postado originalmente por jodrix Ver Post
    Respondam rápido ...

    O que é mais rapido 1 mb por fibra ou 1 mb por radio???? ou 1mb por sinal de fumaça ou por laser ou outro meio qualquer???
    Teoria: considerando que "mais rápido" equivale a "com maior velocidade" e velocidade é razão entre o tempo a distância e sabendo que em fibra óptica é possível manter um tempo [de resposta] (latência) próximo a 1ms, mesmo com maior quantidade de CPEs conectadas e trafegando e tráfego total e distância maiores, então 1Mbps na fibra é mais rápido que 1Mbps no rádio. A banda comercializada é um quantitativo de vazão, não de velocidade.

    Mas se fala da percepção de rapidez pelo usuário, se conseguir garantir o 1Mbps no rádio igual ao 1Mbps na fibra (o que é bem difícil, conexão no rádio varia bastante dependendo de alterações em terceiros compartilhando o espectro e até pelas condições do clima/ar), ela seria igual sim em ambos meios.

    Mas isso não tem nada a ver com a discussão aqui. Em resumo: demandas crescentes por maiores bandas; rádio não é escalável em banda, fibra/cabo é.

    Além disso, outro problema: download não é mais apenas o único sentido do fluxo de dados a considerar. A geração de conteúdo (texto, imagens e vídeos de alta resolução) e envio para a Internet (upload) é cada vez maior.

    Os rádios de brinquedo que provedores usam (MikroTik, UBNT, Intelbras, etc.) já têm muita dificuldade em lidar com uma banda total de download mais alta no ponto de acesso. Aumentar o tráfego de upload vai degradar o download devido a sua natureza (TDMA/CSMA) de compartilhamento de capacidade para ambos sentidos. É de onde vem o termo "agregado", usado ao medir a capacidade. Acho que o @Rubens pode esclarecer isso.

    Acho que nem Cambium ePMP escapa disso, apenas muda que a quantidade de capacidade agregada para compartilhar é maior (mas com oferta de bandas de download maior, falta recursos para o upload também). @Zucchi, poderia dizer se Cambium ePMP teria comportamento diferente em relação a isso, que possibilitaria ofertar altas bandas de upload (talvez até planos simétricos), sem reduzir a capacidade para download?


    Citação Postado originalmente por jodrix Ver Post
    Galera , como ja postei anteriormente nao tenho problema algum com rádio temos uma base de 4500 clientes muitos satisfeitos, planos de 1 a 10 megas com latência baixas, e praticamente com 0 % de reclamação, Netflix e YouTube rodando liso e disputamos com 2 outros provedores que investirão mundos e fundos em fibra achando tava resolvido o problema e agora tao correndo atrás das contas apavorados para fechar o balanço no fim do mes, falo com propriedade, o rádio ainda vai estar por muito tempo no mercado, como dizia o mestre Gilvam "Interferência nao existe e apenas um conceito abstrato para materializar esse fenômeno chamado sobreposição de ondas elas podem ser positivas ou negativas " e dizia mais "aquilo que chega na antena somente cabe a vc determinar o que vai chegr ao radio"era um monstro mesmo esse Gilvam pena que somente poucos conseguiram "captar vossa mensagem amado mestre" felizmente tive o prazer de conhece-lo pessoalmente. Este topico ainda vai muito pano pra manga. kkkkkk
    Curiosidade: o que você usa para entregar esses planos de 10Mbps? Cambium ePMP ou rádios mais simples mesmo (MikroTik, UBNT, etc.)?

    De qualquer forma, seus clientes estão satisfeitos agora, no presente, mas o título do tópico já diz que estamos falando aqui do futuro. Se usar esses rádios mais simples, certamente não vai conseguir ofertar mais que 10Mbps (até quando isso será suficiente?) e ainda com upload baixo, já Cambium ePMP pode dar uma folga para até uns 20Mbps mas aparentemente não resolve a questão da demanda crescente de upload (ou talvez sim, depende do que o Zucchi dizer).

    Sobreposição de ondas ou interferência, tanto faz o nome, a questão é que tanto você pode gerar isso (caso a rede seja mal planejada/administrada) ou um terceiro a qualquer momento te pega de surpresa usando o mesmo canal que o seu em um AP próximo ou com EIRP suficiente para incomodar os seus.

    Tudo que chega na antena chega no rádio, a não ser que use algum tipo de filtro passivo de frequências diferentes da usada (não sei se existe esse filtro, mas seria inflexível ter que trocá-lo sempre que resolver mudar o canal do AP). Já dentro do rádio é que todas as ondas captadas pela antena passam por alguns processos de filtragem, para tentar remover o ruído.

  5. #TsouzaR você com certeza começou a passar fibra e não consegue admitir que a aplicabilidade do rádio é hoje o suficiente, mas também no futuro pode ser com a evolução da tecnologia.
    Fibra é pra gente que tem muito dinheiro, pra que pode arcar com uma rua de 400m e ter só um cliente. Rádio é escalável, você pode crescer conforme a demanda. A estabilidade da fibra é indiscutível, não sofre de interferência(até quando?), Digo isso pois a interferência vão ser outros provedores, operadoras, terceirizados, gato net e etc... Que vão começar a usar poste pra puxar cabo pra todo lado e arrebentando (mesmo sem querer) cabos.... Na verdade já está assim em grandes cidades. Mobilizar um equipe a pronta emprego pra isso é necessário. Futuro? Como já falei, se vc mora no interior lá onde o vento faz a curva, legal, muito difícil as operadoras que mandam no mercado chegar, mas em algumas outras cidades, elas(as grandes) chegam e ditam o mercado. Mas se vc tem banda e dinheiro sobrando e na cabeça achando q a fibra é o futuro e pronto, ta certo é melhor mandar bala e cabear. Em questão de velocidade saiu essa semana a média de velocidades do minha conexão, me parece que a média em SP é de 22M, eu aqui já consigo entregar 8M no rádio, queria entregar mais, mas não tenho link pra isso, nessa capacidade o rádio me atende e e sei meu lugar no mercado. Se hoje eu conseguisse entregar mais eu começaria a puxar fibra, mas enquanto isso estou no radio. Então penso, quando eu puder entregar 15-20M será que não existirá tecnologia no radio pra isso? Essa questão de velocidade e estabilidade é o que você ver, o que o cliente vê é outra coisa, ele quer é que funcione tudo,bem e com a velocidade que ele está pagando. Cliente não fica vendo e analisando espectro. Meu ponto de vista.

    Enviado via Moto G (4) usando UnderLinux App

  6. Citação Postado originalmente por FMANDU Ver Post
    #TsouzaR você com certeza começou a passar fibra e não consegue admitir que a aplicabilidade do rádio é hoje o suficiente, mas também no futuro pode ser com a evolução da tecnologia.
    Errou feio... Não tenho coisa alguma em fibra óptica instalada.
    Rádio é o suficiente para demandas de acesso pequenas (abaixo de 10Mbps de download e uma faísca de upload).

    Além disso, você está enxergando apenas acesso à Internet. Que visão limitada, meu caro. Há tantas outras soluções de conectividade que empresas e órgãos públicos precisam e rádios nem sempre podem atender ou não interessam a eles (um preconceito formado pela imagem ruim que provedores via rádio amadores adquiriram para todos do setor).


    Citação Postado originalmente por FMANDU Ver Post
    Fibra é pra gente que tem muito dinheiro, pra que pode arcar com uma rua de 400m e ter só um cliente.
    Casos e casos. Se sua situação é essa aí, rede por cabo pode não ser interessante.
    Aqui estou em uma cidade pequena e, dependendo do bairro, em 400 metros tenho uns 20 clientes em potencial, que posso conquistar com uma rede óptica, mas não com rádio (ninguém vai sair de Oi Velox, que é muito bom aqui, para rádio com banda inferior e imagem de amadorismo).

    Citação Postado originalmente por FMANDU Ver Post
    Rádio é escalável, você pode crescer conforme a demanda.
    Quem disse que rede por cabo/fibra não é? Você não precisa cabear a cidade inteira e ficar esperando cliente aparecer.

    Não entendi onde está essa escalabilidade que rádio tem a cabo/fibra não. Gostaria que explicasse melhor.

    Citação Postado originalmente por FMANDU Ver Post
    A estabilidade da fibra é indiscutível, não sofre de interferência(até quando?), Digo isso pois a interferência vão ser outros provedores, operadoras, terceirizados, gato net e etc...
    É menos comum que alguém mudar o canal de um rádio e mais fácil de resolver que alguém colocar uma antena apontando bem em direção à sua (vai fazer o quê? Mover a torre de lugar?).

    Citação Postado originalmente por FMANDU Ver Post
    Como já falei, se vc mora no interior lá onde o vento faz a curva, legal, muito difícil as operadoras que mandam no mercado chegar, mas em algumas outras cidades, elas(as grandes) chegam e ditam o mercado.
    Então você atende demandas periféricas.
    É o caso do provedor que tenta se manter, não crescer verticalmente (expandir região de atuação é crescimento horizontal).
    Falei sobre isso em um post anterior.

    Citação Postado originalmente por FMANDU Ver Post
    Se hoje eu conseguisse entregar mais eu começaria a puxar fibra, mas enquanto isso estou no radio.
    Ué... se contrariou todo aqui.

    Citação Postado originalmente por FMANDU Ver Post
    Então penso, quando eu puder entregar 15-20M será que não existirá tecnologia no radio pra isso?
    Sim, tem Cambium ePMP, mas e o rádio no AP que custa uns R$2.500,00 e o CPE no cliente que é o custo de 2 ou 3 instalações no cabo/fibra?

    Rádio sempre foi e imagino que sempre será mais caro para entregar a mesma coisa (e até menos) que tecnologias por meios confinados (a.k.a. cabos, fibra).

    Citação Postado originalmente por FMANDU Ver Post
    Essa questão de velocidade e estabilidade é o que você ver, o que o cliente vê é outra coisa, ele quer é que funcione tudo,bem e com a velocidade que ele está pagando. Cliente não fica vendo e analisando espectro. Meu ponto de vista.
    Eu não disse que o cliente se importa com o espectro. Quem tem que se importar com isso é o provedor, e ver que o espectro eletromagnético em frequência aberta não é confiável e nem favorece o provedor em seu crescimento junto às demandas do mercado.




Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L