Página 1 de 12 123456 ... ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Infestação de redes 5.8 Ghz

    Prezados amigos do fórum, não sei se esta acontecendo isso nas cidades de vocês, mas aqui já estou me mobilizando para migrar minha rede para cabo e Ptp Licenciado, pelo excesso gigantesco de redes Wireless 5.8, seja por Ptp privados, rede da gurizada compartilhando wifi com os vizinhos, roteadores ac domésticos que usam 5.8, monitoramento de rua via wifi e provedores que "se reproduzem feitos coelhos". Realmente acho que 2017-2018 será praticamente o fim de serviços com qualidade em grandes cidades utilizando essa frequência.

    Tive uma péssima experiencia em um cliente corporativo, o qual estava com Noisea -81, nenhum canal livre na região, sinal a -55 / -55, funcionava bem havia um ano, e com o crescente uso da frequência só veio degradando o link ate que tivemos que falar para o cliente que não poderíamos mais atende-lo, diga-se de passagem o melhor cliente empresarial que tínhamos.

    Como esta ai pra vocês? Creio que se a Anatel fiscalizasse com rigor, não estaríamos nessas condições.
    Em grandes metrópoles como New York o uso dessa frequência ainda é muito utilizada e funciona bem, pq há respeito e fiscalização. Aqui no Brasil acredito que para trabalhar como provedor, esta em contagem regressiva. Se nós profissionais e empresas de verdade não nos mobilizarmos, vamos ter um prejuízo enorme daqui pra frente.

  2. #2

    Padrão Re: Infestação de redes 5.8 Ghz

    Interferência? Que isso, segundo um pessoal aí, é apenas desculpa de quem não sabe trabalhar. Pergunta pro cara da Granlabor (que não aceita ser questionado e te bloqueia no Facebook), kkkkkk.

    Mas tem um detalhe nisso: equipamentos tipo Ubiquiti, MikroTik e Intelbras são radinhos de brinquedo, que parece que não mudaram em relação a interferência desde a época do 802.11a, sem melhorias significativas de hardware e protocolos wireless para superar a situação atual.

    A Cambium está mais preparada, ao menos apresenta recursos para esquivar da interferência, mas ainda não confio muito, porque parece que é tudo desenvolvido com o cenário de outros países em mente, especialmente os EUA, que como você disse, está bem melhor que aqui devido ao respeito e fiscalização. Dá para ver no fórum internacional da UBNT, como o pessoal lá vive falando de frequências permitidas e limites de EIRP. No Brasil já virou bagunça e não adianta mais que 1 dentre a maioria tente fazer tudo corretamente, pois se quer vai ter condições de operar.

    A ineficiência da Anatel é o resultado de um Estado que quer fazer de tudo e acaba não conseguindo fazer nada, embora não deixe de custar caro. Eu preferiria pagar diretamente a uma empresa privada para que ela fiscalizasse e acionasse na justiça os infratores, com certeza seria um dinheiro muito bem empregado e traria os resultados esperados. Imagine uma livre concorrência entre várias empresas do tipo, cada uma querendo ter a imagem de mais confiável, justa e eficiente para conquistar clientes interessados na fiscalização - não sobra margem nem para serem subornadas, pois o risco disso se tornar conhecido ou suspeitado (alguém poderia oferecer suborno apenas para testar), destruindo a empresa no mercado, seria bem motivador para não aceitar.



  3. #3

    Padrão Re: Infestação de redes 5.8 Ghz

    Quem tá se dando bem são os piratas que não pagam imposto, a tia Ana tá nem aí, o que importa pra ela são os impostos dos provedores "otários" legalizados.

  4. #4

    Padrão Re: Infestação de redes 5.8 Ghz

    A interferência existe isso é fato, o que acredito que não exista e caso o AP esteja ligado porém não trafegando nada, ae nesse caso não ha ocupação do expectro



  5. #5

    Padrão Re: Infestação de redes 5.8 Ghz

    hahaha eu já dizia isso em 2011.
    https://under-linux.org/showthread.php?t=147398

  6. #6

    Padrão Re: Infestação de redes 5.8 Ghz

    @FMANDU , não te entrega ainda... O Andrio realmente levantou esta questão alguns anos atrás quando quase não se falava em 5.8.

    De lá para cá pouca coisa mudou nos projetos de rádios baratos. Mas houve uma melhora significativa nos projetos de antenas...

    Você precisa encontrar um meio de melhorar este noise de -81. É um exagero. E pode ser por vários motivos. Jà experimentou trocar o equipamento? Pode ser ele que esteja se comportando de forma prejudicial.
    Você não citou o que tem instalado lá no cliente e o que tem no seu lado... Se utilizar antenas de ângulo bem estreito será que não teria como melhorar? Você disse que tem sinal de -55. Isto é muito bom... então não é problema de apontamento. Mas melhorar a blindagem pode ajudar...