+ Responder ao Tópico



  1. #7

    Padrão

    Também pensei nessa questão da latência alta.

    a Sky tenta até hoje vender banda larga e não vejo muito sucesso por parte deles.

  2. #8

    Padrão

    Nossa pode crer agora será o fim dos provedores em cidades pequenas imagina ae a transmissão do sat é em Banda KA!, o ruim é que os prefeitos vão procurar logo aquelas empresas que você sabe, né? que vai devolver uma pontinha!
    Última edição por delegato; 13-03-2018 às 22:22.



  3. #9

    Padrão Re: Projeto internet para todos aprovado - Bom ou Ruim?

    O analfabetismo funcional reina no Brasil 🤦🏻‍♂️

  4. #10

    Padrão Re: Projeto internet para todos aprovado - Bom ou Ruim?

    Citação Postado originalmente por ShadowRed Ver Post
    O analfabetismo funcional reina no Brasil 🤦🏻‍♂️
    Concordo, nem sabem do que se trata e já estão por aí espalhando merda.



  5. #11

    Padrão

    É a segunda vez que eu percebo esse comportamento hostil ( pra não falar mal - educado) proveniente de alguns desse forum.
    foi um topico para opinião apenas , se não concordam é só pedir á algum adm apagar o tópico.

  6. #12

    Padrão

    É só se basear no PNBL.

    Custou alguns milhões, meia centena de provedores já grandes/médios foram beneficiados de fato, o tempo passou e aqueles links que eram ok em 2014 hoje são minúsculos, e pessoal que conseguiu crescer graças ao PNBL a uns anos hoje está estagnado.

    A não ser que isso tenha investimento alto continuado, constantemente alto, aposto várias mariolas que será só um PNBL 2.0, atingindo 0,1% da população e criando benefícios concretos por 1 ou 2 anos apenas.

    As ideias são sempre boas, mas a prática é complicada, não adianta a prefeitura ter grana se os provedores locais não tem de onde tirar conexão, e fazer empréstimo em 48 meses pra um upgrade de 200% no link é quase nada nuns interiores, a demanda vai crescer muito mais que isso e em menos de 48 meses já vai faltar link de novo, então precisa linha de crédito constante e ALTA, e estabilidade política pra uma troca de prefeito não falir provedor que perde contrato (Tecnicamente tem os TCE's e o TCU pra verificar esses contratos. Prefeito é um zé-ninguém a nível nacional, o TCU não dificuldade nenhuma em multar pesado eles!). Só que provavelmente esses R$ 2 bi não serão repetidos ano que vem ou em 2020 (Seja lá qual for o governo eleito fim do ano) e vai virar um PNBL 2.0 mesmo.