Página 7 de 97 PrimeiroPrimeiro ... 23456789101112 ... ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #37

    Padrão Re: Por que o 4G B3 no smartphone só funciona perto das torres?

    Citação Postado originalmente por chicao48 Ver Post
    Amigo, na sua lista de aparelhos que não se conecta na 4G em longa distância, tá também o Amplimax 4G da Elsys, você acabou de jogar um balde de água gelada no tão sonhado 4G dos moradores da zona rural!
    Pois é, não quis jogar um balde de água fria no Amplimax, mas nessa distância ele não se conectou, ao menos na B3, não sei em outras bandas, e não sei em outras localizações pois pode ser alguma limitação técnica da torre local e/ou uma possível interferência, ele achou a rede 4G mas não conectou, tentei em uma área rural mais próxima das torres e distante do 3G de minha cidade, mas ele acabou pegando um outro 3G Deus sabe de onde... Mas há uns 10KM da torre ele já funcionou no 4G mesmo sem achar nenhuma rede 3G...

  2. #38

    Padrão Re: Por que o 4G B3 no smartphone só funciona perto das torres?

    Citação Postado originalmente por sphreak Ver Post





    Eu ainda continuo a acreditar que com conexão direta a antena, sem repetidor e com uma antena que atinja as frequências de 1800/2100Mhz o Amplimax funcione.

    Não querendo desmerecer todo o esforço feito pelo amigo @cassianopb, mas ainda acho que o problema é tentar repetir somente o 4G sem o 3G da mesma torre presente e tendo um 3G de torre diferente com sinal melhor e mais próximo.
    Reitero que pelos meus cálculos é possível ter 4G da TIM de uma torre a cerca de 6Km com qualidade de sinal superior a esta tentativa de 19Km

    Se em WIFI 2.4Ghz temos dificuldade com plena visada em PTP, ou seja um par de rádios, imagina um PTMP lotado de users e com UP/DOWN em frequências diferentes, sem visada completa... É dar murro em ponta de faca!
    Agradeço a tentativa amigo @sphreak mas fiz isso hoje, antena telada, 15 metros de altura, de visada praticamente com as torres e o mesmo se repetiu, achou a rede 4G, se conectou, não gerou dados e caiu pra 3G, tentei uma antena telada, tentei isolar a antena telada para não pegar o 3G daqui, tentei levar para um sítio onde nem o sinal daqui pega, também não foi!
    pegou há uns 10KM da torre, e por ironia, onde ele pegou não pegou sinal 3G nenhum!
    o 4G da tim chega sim aqui amigo, mas ter 4G no smartphone com 10 megas e chip limitado, prefiro os meus 30Megas com chip sem limites no modem da ZTE e os 10 megas do 3G da vivo mesmo rsrs... ah e essa antena não é tão lotada não, as torres ficam na BR, só os carros que passam se conecta, é tão tal que a velocidade dos 30 ~ 35Mb que dá a noite, também da em qualquer hora do dia.
    Mas agradeço a ajuda, foi de grande valia.



  3. #39

    Padrão Re: Por que o 4G B3 no smartphone só funciona perto das torres?

    Eu estou vendo aqui num site sobre cálculo matemático para fazer antenas, o quanto se gasta com uma antena de fábrica, sendo que uma antena de frequências de 700,850 ou 900Mhz são tão fáceis de montar com apenas materiais de antenas VHF de tv.

    Exemplo de cálculo de uma antena de 900Mhz:
    comprimento de onda: 300/900Mhz=0,33mm
    tamanho do elemento irradiante: t=142,5/900Mhz=0,15mm (15cm)
    tamanho do refletor: 0,33mm x 0,49=0,16mm (16cm)
    tamanho do primeiro diretor: 0,33mm x 0,43=0,14mm (14cm)
    tamanho do segundo diretor: 0,33mm x 0,40=0,13mm (13cm)

    espaçamento entre o refletor e o irradiante: 0,33 x 0,25=0,082mm (8,2cm)
    espaçamento entre o irradiante e o primeiro diretor: 0,33 x 0,15=0,049mm (4,9cm) "os demais diretores acrescentados seguem o mesmo espaçamento"

    Os valores: (300), (0,49), (0,43), (0,40), (0,25), (0,15), (142,5) são sempre constantes, não mudam.

    Antenas a partir de 1800Mhz já ficam difíceis de fazer porque os elementos irão ficando cada vez mais pequenos.

  4. #40
    Avatar de Nilton Nakao
    Ingresso
    Sep 2013
    Localização
    Carlos Chagas, Minas Gerais
    Posts
    1.165

    Padrão Re: Por que o 4G B3 no smartphone só funciona perto das torres?

    chicao48, isso é um cálculo básico para antenas do tipo yagi ou direcionais; ajuda muito quem nunca construiu uma antena.
    Eu montei uma antena fazendo ensaios e ensaios a 90 km da torre via terrestre e 59 km segundo o mapa do IBGE e utilizei frequencias em 170, 250 e 450 MHz, celular nem existia ainda.
    Como são enlaces críticos, e alcançar niveis a 12dBsinad era algo complicado demais, num receptor analógico seria do tipo -110 dBm, para dados acredito que seja em torno de 15 dBdinad ( -100 dBm); meu celular ou na maioria acredito que esteja limitado a -100 dBm para 3 G, e meu wi-fi a -90dBm.

    Nesses ensaios, precisei de fazer por que a empresa tinha comprado um lote de 500 antenas em 150 MHz, e pasmem férias coletivas. Fiz todos esses cálculos, os instrumentos bateram, bancada ok mas a qualidade desejada nilll, recorri a espessura dos elementos ou diâmetro dos refletores, irradiantes e diretores. Antena em questão é com gama-match no irradiante, mas temos como dipolo aberto, dipolo fechado, 300 ohm com gama o mais utilizado na frequência de celular( formato oval) e log-periódica.



  5. #41

    Padrão Re: Por que o 4G B3 no smartphone só funciona perto das torres?

    Citação Postado originalmente por Nilton Nakao Ver Post
    chicao48, isso é um cálculo básico para antenas do tipo yagi ou direcionais; ajuda muito quem nunca construiu uma antena.
    Eu montei uma antena fazendo ensaios e ensaios a 90 km da torre via terrestre e 59 km segundo o mapa do IBGE e utilizei frequencias em 170, 250 e 450 MHz, celular nem existia ainda.
    Como são enlaces críticos, e alcançar niveis a 12dBsinad era algo complicado demais, num receptor analógico seria do tipo -110 dBm, para dados acredito que seja em torno de 15 dBdinad ( -100 dBm); meu celular ou na maioria acredito que esteja limitado a -100 dBm para 3 G, e meu wi-fi a -90dBm.

    Nesses ensaios, precisei de fazer por que a empresa tinha comprado um lote de 500 antenas em 150 MHz, e pasmem férias coletivas. Fiz todos esses cálculos, os instrumentos bateram, bancada ok mas a qualidade desejada nilll, recorri a espessura dos elementos ou diâmetro dos refletores, irradiantes e diretores. Antena em questão é com gama-match no irradiante, mas temos como dipolo aberto, dipolo fechado, 300 ohm com gama o mais utilizado na frequência de celular( formato oval) e log-periódica.
    É verdade amigo, é algo muito complexo, cálculos de antenas. Existem até aplicativos na internet para cálculos de antenas, que se comparando um ao outro, as medidas são totalmente diferentes para uma mesma frequência. O brasileiro e sua criatividade; existe na internet antenas caseiras que vão de um simples pedaço de arame em formato de uma borboleta presa numa tampa de panela, até uma yagi de 2 metros de comprimentos com 23 elementos, e mostrando ótimo resultado em longa distância, superando até as antenas de fábricas. Conheço um na internet que prefere fazer suas próprias antenas, porque mostram melhores resultados do que a de fábrica, kkkkkkk!

  6. #42
    Avatar de Nilton Nakao
    Ingresso
    Sep 2013
    Localização
    Carlos Chagas, Minas Gerais
    Posts
    1.165

    Padrão Re: Por que o 4G B3 no smartphone só funciona perto das torres?

    chicao48, quando monto uma antena algumas coisa aplico de primordial. Se você trabalha com isso, se quiser me mostre os resultados, não melhora no sinal, mas na qualidade ao longo dos dias ou tempos por isso raramente volto no cliente, ruim no meu bolso kkkkk
    1- Sempre uso o mastro como segundo refletor, então abraçadeiras ficam cerca de 9 cm da ponta do cano ( 850 MHz).
    2- sempre uso "pingadeira" no cabo coaxial na borda de descida, inclusive no cabo UTP( internet via ´radio)
    3- procuro aterrar ou o mastro estar em contato com o solo( energia estática por conta dos ventos ou ar seco).
    4- Nunca aperto demais os conectores, pode danificar ou fechar um curto; fitas isolantes na antena nem pensar. No máximo fita de alta fusão com duas voltas na parte de fixação do cabo e conector.
    5- menos de 5 metros nunca uso cabo grosso( 2 GHz) e 10 metros para 900MHz. O campo pode interferir no funcionamento do dispositivo, costuma acontecer muito quando o ar está a menos de 40% ou superior a 80%, varia conforme a região.
    6- procuro seguir as normas ABNT, CONFEA etc na instalação de rede elétrica, se o dispositivo exigir aterramento, aterro.
    Ontem discuti com uma pessoa, por não ter aterramento protestou e por isso o deixei falando sozinho( eletricista dele disse que é besteira), uma TV de 32"; toda tomada de 3 pinos, é recomendável polarizar basta buscar no google kkkkkk; pino chato também.
    Padrão brasileiro para as tomadas, considero dentre as mais seguras do mundo; onde um cego pode conectar o plug de seu notebook mesmo que esteja descalço, o rico de choque elétrico é baixo; nenhum outro padrão oferece isso por um custo baixíssimo.
    Foi levantado essa questão, inclusive existe denúncias de dumping; muitos países estão estudando em utilizar esse tipo de padrão. Na realidade é o tipo "C" melhorado, usado na maioria dos países.
    7- procuro usar sistema de pingadeira próximo ao equipamento( casa do cliente).
    8- não instalo antenas caseiras para o cliente, faço para mim; ele pode não dedurar, mas que vê a instalação sim. Esse tipo de serviço ninguém vê, será como um serviço qualquer; mas o vizinho dele sempre está com problema, e seu cliente não.
    9- zona rural acima de 50 metros, não uso FE; uso "CCE-APL 50 x 2 ou 60 x2 no caso 2 pares", tem uma propriedade rural aqui que já tem 20 anos de instalado, rede elétrica foi trocado duas vezes numa distância de 350 metros; hoje pode até desativar pois o celular de mão pega praticamente na porta, mas acha caro gastar ...
    10- Pode me chamar de chato, não será o único mas antes de vender o produto ou serviço e mão-de-obra, segurança pós instalação é importante.


    Quem quiser usar essas recomendações, estejam à vontade, não vou cobrar patente por isso; americano é quem gosta disso kkkkk. Venda,prestação de serviços é como ler e escrever como disse a jovem paquistanesa num discurso em São Paulo. é muito além disso.