+ Responder ao Tópico



  1. #19

    Padrão Re: Sinal Wi-Fi para Celular/Notebook

    Pra sair instalando CPE vai precisar uma equipe grande. Cada dupla de instaladores instala uns 10 por dia com sorte. Vai precisar cabo aos montes, carro ou moto pra ir levando equipto, e certamente um peão ainda vai bater um deles. Depois de uns 10 dias já vão começar os problemáticos, o pessoal que deixa roteador fora da tomada e liga pra reclamar que está sem internet, ou que fuça em cabos e depois pluga na lan ao invés da wan, ou inverte cabos da fonte POE, enfim, pra 500 clientes vai precisa uns 3 ou 4 funcionários, que vão trabalhar a maior parte do tempo (Depois de chuva vem uma chuva de chamados, desde rádios queimados por raio perto, até fiação molhada, ou vento que entortou CPE).

    Enfim, se o link custa R$ 5 mil, precisa mais uns R$ 8 mil pra manter o resto da infra, basicamente funcionários e veículos, conta de luz, eventual aluguel (Porque 500 clientes com só 1 torre só dá certo com uma topografia muito boa! Se é região pobre então tem altas chances de ser terra dobrada, com muito morro ou árvores altas matando a visada).

    Sobre concorrente cortar cabo, se tem licenciamento é fácil acabar na cadeia por fazer isso. Sem licenciamento você terá problemas com a Anatel até via rádio. E em região pobre o roubo de CPE (Que tem que ficar fora de casa, em lugar alto e visível) é grande, na existe trabalho sem riscos, e o risco de corte de cabos é o de menos se tiver licenciamento (Se trabalhar legalmente). Esse seu medo não faz muito sentido (Se o problema é crime organizado, você também pode ser organizar, arma ilegal é fácil conseguir. Miliciano em geral é cagão pra caramba (Por isso tem que andar em bando, porque são burros demais pra fazer algo sozinhos, igual assaltante pé-de-chinelo entrando em facção de imbecis tipo CV ou PCC, burros demais pra sobreviverem sem um grupo de idiotas ao redor)). Mas a via legal é bem simples, se tem dúvida com policiais envolvidos é só meter corregedoria no meio, povão vive reclamando disso mas nunca tem coragem de atuar legalmente, acaba dando espaço pra criminoso por pura preguiça.

  2. #20

    Padrão Re: Sinal Wi-Fi para Celular/Notebook

    Rubem, você foi ao extremo rsrsrs. Aqui onde moro tem umas 20 "empresas" que são pessoas que colocam internet na rede cabeada, fui um dos primeiros ganhei uma boa grana na época, tive na faixa de 260 clientes no valor de R$ 40 e só uma pessoa que me ajudava e eu pagava a essa pessoa por serviço. Aqui 90% dos provedores não tem licença, ninguém paga poste e não tem fiscalização de nada. O problema é que acredito que quando souberem que estou fazendo isso e tomando os clientes vão sabotar. Se acontecer 2 ou 3 vezes na semana os "clientes" já vão ficar chateados e provavelmente vão dizer: internet barata só vive caindo. O bairro é classe média baixa, mas civilizado. Eu vendi essa rede que tinha porque passei num concurso público e serei convocado agora em dezembro, já tenho novamente uns 500 metros de cabo na rua e cobrando ainda 40. Mas acredito que devo enfrentar no cabo mesmo, já que via rádio é altamente complicado.



  3. #21

    Padrão Re: Sinal Wi-Fi para Celular/Notebook

    Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Pra sair instalando CPE vai precisar uma equipe grande. Cada dupla de instaladores instala uns 10 por dia com sorte. Vai precisar cabo aos montes, carro ou moto pra ir levando equipto, e certamente um peão ainda vai bater um deles. Depois de uns 10 dias já vão começar os problemáticos, o pessoal que deixa roteador fora da tomada e liga pra reclamar que está sem internet, ou que fuça em cabos e depois pluga na lan ao invés da wan, ou inverte cabos da fonte POE, enfim, pra 500 clientes vai precisa uns 3 ou 4 funcionários, que vão trabalhar a maior parte do tempo (Depois de chuva vem uma chuva de chamados, desde rádios queimados por raio perto, até fiação molhada, ou vento que entortou CPE).

    Enfim, se o link custa R$ 5 mil, precisa mais uns R$ 8 mil pra manter o resto da infra, basicamente funcionários e veículos, conta de luz, eventual aluguel (Porque 500 clientes com só 1 torre só dá certo com uma topografia muito boa! Se é região pobre então tem altas chances de ser terra dobrada, com muito morro ou árvores altas matando a visada).

    Sobre concorrente cortar cabo, se tem licenciamento é fácil acabar na cadeia por fazer isso. Sem licenciamento você terá problemas com a Anatel até via rádio. E em região pobre o roubo de CPE (Que tem que ficar fora de casa, em lugar alto e visível) é grande, na existe trabalho sem riscos, e o risco de corte de cabos é o de menos se tiver licenciamento (Se trabalhar legalmente). Esse seu medo não faz muito sentido (Se o problema é crime organizado, você também pode ser organizar, arma ilegal é fácil conseguir. Miliciano em geral é cagão pra caramba (Por isso tem que andar em bando, porque são burros demais pra fazer algo sozinhos, igual assaltante pé-de-chinelo entrando em facção de imbecis tipo CV ou PCC, burros demais pra sobreviverem sem um grupo de idiotas ao redor)). Mas a via legal é bem simples, se tem dúvida com policiais envolvidos é só meter corregedoria no meio, povão vive reclamando disso mas nunca tem coragem de atuar legalmente, acaba dando espaço pra criminoso por pura preguiça.
    Tô morrendo de rir aqui, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!

  4. #22

    Padrão Re: Sinal Wi-Fi para Celular/Notebook

    Citação Postado originalmente por cassiodcp Ver Post
    Rubem, você foi ao extremo rsrsrs. Aqui onde moro tem umas 20 "empresas" que são pessoas que colocam internet na rede cabeada, fui um dos primeiros ganhei uma boa grana na época, tive na faixa de 260 clientes no valor de R$ 40 e só uma pessoa que me ajudava e eu pagava a essa pessoa por serviço. Aqui 90% dos provedores não tem licença, ninguém paga poste e não tem fiscalização de nada. O problema é que acredito que quando souberem que estou fazendo isso e tomando os clientes vão sabotar. Se acontecer 2 ou 3 vezes na semana os "clientes" já vão ficar chateados e provavelmente vão dizer: internet barata só vive caindo. O bairro é classe média baixa, mas civilizado. Eu vendi essa rede que tinha porque passei num concurso público e serei convocado agora em dezembro, já tenho novamente uns 500 metros de cabo na rua e cobrando ainda 40. Mas acredito que devo enfrentar no cabo mesmo, já que via rádio é altamente complicado.
    Você quer falir né?

    Como um amigo disse acima, busque um milagre, ou abandone essa área, você definitivamente não nasceu pra isso.



  5. #23
    Avatar de Nilton Nakao
    Ingresso
    Sep 2013
    Localização
    Carlos Chagas, Minas Gerais
    Posts
    1.020

    Padrão Re: Sinal Wi-Fi para Celular/Notebook

    Sinal 3G, no caso Moto g5 segundo a fabricante possui 20 dBm e até 32 dBm em GSM. )ontem mesmo consegui contato a 15 km com sinal da Vivo, mas a operadora me consumiu os créditos até chegar lá afffff. Segundo a fabricante bluetooph, 3G, 4G( 700 ou 2500/2600) a potência do sinal é de 20 dBm; outras marcas também conseguem se conectar com os modelos intermediários mas os TOPs de linha não mesmo que a especificação em RF seja a mesma. A maçã nenhum modelo.

    A julgar pelo consumo de corrente os Mikrotiks, Ubiquitis, Intelbrás etc ( 250 mA sem tráfego, 650 mA no máx 800 mA com alto tráfego), raramente chega a 24 dBm mas possui antena de 23 dBi até uns 65 dBi a coisa muda de figura.
    Lembrando que todo o circuito eletrônico até mesmo os roteadores comuns funcionam com 3,3 volts mas a corrente de saída desses reguladores suportam cerca de 3 A e a voltagem mínima de entrada pode variar de 5 volts até 11,5 volts e a máxima pode chegar a 65 volts; tudo depende do projeto.
    Um roteador comum com 9 volts consome cerca de 350 mA, 12 volts 250 mA mas se a fonte cair para 8,6 volts pode chegar a 1,5 A o mesmo acontece com Ubiquiti, Mikrotik, Intelbrás etc, daí a eficiência com 24 volts por que se o capacitor da fonte estourar cairá para 13 volts mas terá perda na qualidade de tráfego devido ao ruído da fonte, substitui volta ao normal; se não sabia o motivo está explicado.
    Posso afirmar que os provedores me trazem suas fontes quando acabam as reservas do estoque, cliente (eu) não quer nem saber, tem que funcionar e fim-de-papo; fonte de 12 volts já perderam seus APs e acabou mesmo com um metro de cabo por que no melhor das hipóteses é 7 volts.
    Desculpe, nada a ver com assunto em questão.

    Notebook, cansei de trocar o cartão de note A para note B e note A acessava, note B não; continuou a mesma ***** tá; testo no note C sinal bem fraco. Coloco esses cartões no note A, sinal maravilhoso. Todos os cartões são da mesma marca e mesmo modelo, cheguei a cinco fabricantes de notes ( CCE, POSITIVO, DELL, HP, SAMSUNG, LG) e CCE é o note A.
    Celulares não são diferentes, na média Motorola e LG possuem melhores alcances de sinal; Motorola mesmo que o sinal da operadora perca do visor, ainda consegue continuar se conversando por quase um minuto até mais mas se prepare no consumo da bateria no caso sempre no modo automático( 2G, 3G,4G) mas com 2G nunca foi diferente.
    Tanto celular como notebook, são modelos fabricados e homologados no país ( ANATEL e ANEEL) inclusive os APs

    Interfaces utilizadas nessas distância são da Huawei, ZTE, D-Link que possuem slot para chip e roteador incorporado fixados num único canal, no modo auto é 100 metros e olhe lá. Conexão que digo é aquela que dá para assistir uma música sem travar, jamais levo em consideração mensagens no whatsapp ou facebook.

  6. #24

    Padrão Re: Sinal Wi-Fi para Celular/Notebook

    Falir? Não estou fazendo pra ganhar dinheiro? É UM PROJETO SOCIAL.