Página 2 de 2 PrimeiroPrimeiro 12
+ Responder ao Tópico



  1. #7

    Padrão Re: VSolution em 24v?

    Citação Postado originalmente por lllpato Ver Post
    Então é mais viável um step power bom e descer de 24v para 12v substituindo a fonte original do que um inversor e subir 24v para 110v?
    Pra baixar de 24 pra 12V com conversor DC-DC comum (Um CI LM2596 controlando uns mosfets, isso nos modelos acima de 30-50W) o rendimento é da casa dos 95-96%, reduzir tensão com esse sistema desperdiça pouca coisa, quando muito 5% de desperdício.

    Já pra inverter pra 115V e AC, vai uns 75 a 80% de rendimento. E depois a fonte original que vai passar de 115VAC pra 12VDC vai ter rendimento de uns 90%. Ou seja, se a OLT consome 40W, a fonte AC vai consumir 44W da tomada, e o inversor passando de 12VDC pra 115VAC vai consumir em 12V uns 55 a 60W. Desperdício total de uns 15 a 20W, ou seja, desperdício total de uns 66 a 72%! Ou seja, se tiver inversor ruim (No-break AC comum tende a ser um lixo em matéria de rendimento de inversor, desperdiça energia pra cacete das baterias!) vai 1/3 em perdas, 66% de rendimento total implica gastar 2/3 com a OLT e 1/ com inversor lixo e a fonte, aumentar pra 115V e depois diminuir é uma péssima ideia.

    Fora que conversor dc-dc está na casa dos R$ 60-80 (Lembra, se a OLT consome 40W você precisa conversor que PROMETA aguentar PELO MENOS uns 80W!), mais uns R$ 8 pra um fan de 80mm (Ou pega usado de fonte ATX pifada da sucata). Já o inversor vai passar dos R$ 200 se for um lixinho com rendimento de 75W ou menos, e coisa boa que rende 80 a talvez 85% vai pra casa dos R$ 400! Conversor dc-dc tem o mesmo risco de queima que inversor, a maioria de quem queima é leigo besta que faz essas 2 cagadas: Consumir o que o conversor DIZ suportar, e não adaptar um fan. Mosfet nenhum aguenta viver com calor, tem que ventilar e usar no máximo metade da capacidade se quiser durabilidade e confiabilidade, uma coisa é suportar pico de 80W por X minutos sem fan, mas pra ficar em uso 24x7 não pode ser noob e achar que um CI de R$ 7 (O LM2596 e similares) dá conta de 40W, mete um conversor dc-dc mais parudo, e mete fan SEM FALTA (Mesmo se estiver na Antártida, componente quente cria ilha de calor ao redor dele, precisa vento circulando, nada de acreditar nessa porcaria de ventilação passiva (Conveccção), isso é que queima conversor na mão de leigo.

  2. #8
    Avatar de Nilton Nakao
    Ingresso
    Sep 2013
    Localização
    Carlos Chagas, Minas Gerais
    Posts
    1.179

    Padrão Re: VSolution em 24v?

    Modifiquei um inversor de uma sucata( ACS) que entrava 12 V, saía 60 V, 12 V -12 V e 5 V e potência total de 60 watts, alimentados diretamente da bateria e conectado a um carregador/flutuador de 12V por 50 A/H, um tamanho exagero para um rádio de 10 W.
    Alterei para que funcione somente com range de 18 a 30 volts, mas admirei pela potência que ela suportou por 12 horas 70 W em 24 volts na saída apenas com ventilação natural e temperatura ambiente de 30°C.
    Deve ter uns inversores que são usados em caminhões, ônibus ou tratores para alimentar os transceptores, GPS de rastreamento, TV de LED etc. Antes se usavam tirando a derivação do circuito série da bateria, mas uso indevido danificava o circuito eletrônico do veículo, melhor opção uma única bateria de 24 volts, ou não permitir que se faça uma derivação. Nos anos 80 e 90 fabricantes cogitaram para que todos os veículos automotores tenham sistema elétrico em 24 volts por conta dos faróis e fios, atualmente com tecnologia atual os LEDs são uma boa alternativa mas só aprovada como farol auxiliar por conta da luz azul e seus efeitos que nos causam. Fiz teste usando lanternas de LED e filamento, em condições adversas os de LED pode ser perigoso.

    Tem um inversor a STEIN que tem range de -24 a -48 volts na entrada, e saída de 12 volts e 40 watts de potência contínua na saída. De acordo para fins de licitação governamental precisa suportar temperaturas de até 60°C e -12°C sem comprometer o funcionamento no caso brasileiro e sem auxílio de ventilação mecânica ou aquecimento resistivo se for o caso. Alguns casos a range de temperatura é maior ainda mesmo para uso civil. Com novas tecnologias e circuitos em SMD fabricantes conseguem produzir sistemas cada vez mais eficientes e ecológicos e menos material passivo.
    Outro dia consertei um amplificador Philips, enquanto outros se preocuparam em ventilar ou fazer exaustão na potência de áudio, ela simplesmente fez com que o próprio calor circule em seu interior e parte dele seja exaurida, que tem um desktop para jogo sabe do que estou dizendo rsrs, a primeira vista estranhei demais; o que acontece se ligarmos um ventilador em uma casa fechada, ou se tirar somente o calor ou ainda que entre somente o ar externo



  3. #9

    Padrão Re: VSolution em 24v?

    E aí, alguém fez algum teste ou implantou alguma solução para alimentar a OLT V-Solution em 24V?

    A fonte dela é especificada para 90~264VAC de entrada. Alimentar com 24VDC nessa fonte, igual já vi falarem de fazer com 48V em fonte de CCR, funciona?

  4. #10

    Padrão Re: VSolution em 24v?

    Pelas fotos (Ruins) da OLT dá pra ver que o VRM tem capacitores de 35V, não tem como suportar 48V. O limite exato, se é igual UBNT/MK indo de uns 10 a 27V, ou só 21-26V igual muito rádio, só olhando em detalhes o circuito.