Página 1 de 14 123456 ... ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Sistema de prevenção contra raios.

    Pessoal, procurei uma "sala" melhor aqui pra postar, mas não achei, to postando nesse Redes mesmo.

    É o seguinte, cansado de ter problemas todo ano com raios, ano passado foram duas vezes, comecei a pesquisar no google se existia algo que "afasta" o raio de estruturas como torres, aqui tivemos duas descargas diretas no para-raios. Isso pode parecer impossível, mas achei algumas empresas prometendo isso. Uma americana chamada LPS e outra da Turquia, MTO com um produto chamado EVODis. Vou focar aqui nessa da Turquia.

    As chuvas de verão estão chegando e esse assunto me veio denovo à tona. Aqui temos proteções em todos cabos de rede, DPS aterrados em cada cabo que já nos livrou de prejuizos maiores. Teve DPS que arrancou as trilhas da placa interna dele, mas protegeu tudo depois dele. Temos DPS em todas entradas elétricas AC em três níveis, CLASSE A, B e C. A unica coisa que não conseguimos proteger são os rádios em cima da torre, sempre queima alguns.

    Enfim... achei essas soluções que parecem meio malucas, mas prometem deixar as estruturas metalicas "invisíveis" aos raios, não sei se isso é possível entretanto. Não sei explicar direito a teoria do funcionamento desse tipo de proteção, mas o que entendi é que ela aumenta a velocidade ou torna mais propícia a dissipação de cargas elétricas em direção ao ar, as centenas de pontas metalicas finas nesses produtos em teoria dissipariam essas cargas que segundo eles tornam essas estruturas mais vulneráveis aos raios.

    O site de uma delas é esse:

    https://www.mto.com.tr/

    Lá eles explicam essa teoria:

    https://www.mto.com.tr/single-post/L...Telecom-Towers

    No Youtube tem alguns vídeos la no canal deles, eles tem facebook, instagram, tem várias fotos mostrando mostrando o produto instalado, inclusive em torres de transmissão de alta tensão de operadoras de energia elétrica, guindaste, barcos...

    Vídeo apresentação do produto:

    https://youtu.be/YYOrUh0q8xw

    Porque então não comprar pra testar? Eu pensei nisso... mas após entrar em contato com a equipe deles, eles pedem uma foto ou projeto da estrutura a ser protegida, assim o fiz, quando retornaram com o valor, desisti. O valor em dolar é razoavel pra quem compra em dolar la fora. Pra uma torre aqui, ficou 1800 dólares 3 unidades do modelo com 2 anos de garantia e mais de 2500 pro modelo Inox com 10 anos de garantia, isso só pra uma torre! 2500 dolares x 4 reais, 10.000, se a receita federal tarifar, o que tem muita chance de acontecer, bota mais 60% em cima, 16.000 reais! E ainda nem incluí o frete que não era barato quando entrei em contato com eles ou seja, gastar 16.000 só se houvesse um artigo científico comprovando a eficácia, mas só achei "supostos" testes laboratoriais, alguns vídeos e "supostos" relatos no site. Lá no site deles eles divulgam quem são seus clientes, tem emissoras de TVs da Turquia, operadoras de celular de la tb, etc... Tem alguns supostos documentos de alguns órgãos e laboratórios que não conheço, aprovando o produto e sua eficácia, mas nada que te dá 100% de confiança. Aos entendidos, esse produto funciona ao menos teoricamente?

    Obrigado!

  2. #2

    Padrão Re: Sistema de prevenção contra raios.

    Eu acho que valeria a pena comprar um e depois fazer os outros aqui no Brasil mesmo.



  3. #3
    Avatar de Nilton Nakao
    Ingresso
    Sep 2013
    Localização
    Carlos Chagas, Minas Gerais
    Posts
    1.173

    Padrão Re: Sistema de prevenção contra raios.

    Inicialmente os para-raios não possui a finalidade de proteger os equipamentos e salvaguardar vidas ou até mesmo incêndios.
    Raio direto na torre, raramente queima algum equipamento( arco eletrostático) fora dele isso sim causa danos.
    Três anos atrás caiu um raio na torre da igreja, lá nada queimou mas meu LNBF, TV LCD( até hoje não consertei), receptores de antena, um dos roteadores, enfim os que estavam desligados da tomada elétrica. Estavam ligados 2 receptores, duas TVs, internet, wi-fi, alarme e nada aconteceram. TV na realidade pifou uma semana depois, e como raramente estava ligando ela e hoje menos ainda que é de tubo.

    Alguns anos atrás, minimizei o caso usando um transformador de isolação ( 1 : 1) ou seja entrada 127 e saída 127 totalmente isolados, a saída não pode ser aterrado. Nas propriedades rurais uso F + F ou 230 volts, linha energizada nada tem a ver com o Neutro da distribuidora.
    As teles usam uma fonte normalmente em 230 volts ou trifásico em sua entrada, com um banco de retificadores e reguladores alimentando um banco de baterias. Baterias é que alimentam todos os equipamentos, qualquer falha ou um simples mau contacto dispara o alarme mesmo no AC, achei incrível.

    No caso de importação, não havendo produto similar no país basta entrar com pedido na RFB que será submetido para análise, caso aprovado pode ser que fique isento de impostos e o vendedor costuma ter menos impostos por conta da exportação, barateando ainda mais. Válido somente para PJ, segue todas as regras de licitação; existe despachantes alfandegários para isso, em alguns casos pode-se montar um consórcio de 2 ou mais empresas, não pode ser comercializado e nem ser cedido a terceiros e o fabricante/vendedor precisa estar apto a exportar em seu país de origem.
    Escolher o porto ou aeroporto pode fazer uma diferença significativa no frete.

  4. #4

    Padrão

    Nossos problemas com raios em torres diminuiram muito com práticas simples.
    Isolar cabeamento da estrutura da torre, subir cabo por roldana e cabo com capa mais grossa.



  5. #5

    Padrão Re: Sistema de prevenção contra raios.

    Citação Postado originalmente por jlima2001 Ver Post
    Eu acho que valeria a pena comprar um e depois fazer os outros aqui no Brasil mesmo.
    Problema é jogar fora uns 3000,00 reais em uma unidade apenas caso esse sistema seja charlatanisse. Quem será que conseguiria fabricar algo similar? Alguma serralheria...?

    Citação Postado originalmente por Nilton Nakao Ver Post
    Inicialmente os para-raios não possui a finalidade de proteger os equipamentos e salvaguardar vidas ou até mesmo incêndios.
    Raio direto na torre, raramente queima algum equipamento( arco eletrostático) fora dele isso sim causa danos.
    Três anos atrás caiu um raio na torre da igreja, lá nada queimou mas meu LNBF, TV LCD( até hoje não consertei), receptores de antena, um dos roteadores, enfim os que estavam desligados da tomada elétrica. Estavam ligados 2 receptores, duas TVs, internet, wi-fi, alarme e nada aconteceram. TV na realidade pifou uma semana depois, e como raramente estava ligando ela e hoje menos ainda que é de tubo.

    Alguns anos atrás, minimizei o caso usando um transformador de isolação ( 1 : 1) ou seja entrada 127 e saída 127 totalmente isolados, a saída não pode ser aterrado. Nas propriedades rurais uso F + F ou 230 volts, linha energizada nada tem a ver com o Neutro da distribuidora.
    As teles usam uma fonte normalmente em 230 volts ou trifásico em sua entrada, com um banco de retificadores e reguladores alimentando um banco de baterias. Baterias é que alimentam todos os equipamentos, qualquer falha ou um simples mau contacto dispara o alarme mesmo no AC, achei incrível.

    No caso de importação, não havendo produto similar no país basta entrar com pedido na RFB que será submetido para análise, caso aprovado pode ser que fique isento de impostos e o vendedor costuma ter menos impostos por conta da exportação, barateando ainda mais. Válido somente para PJ, segue todas as regras de licitação; existe despachantes alfandegários para isso, em alguns casos pode-se montar um consórcio de 2 ou mais empresas, não pode ser comercializado e nem ser cedido a terceiros e o fabricante/vendedor precisa estar apto a exportar em seu país de origem.
    Escolher o porto ou aeroporto pode fazer uma diferença significativa no frete.
    Rapaz, eu não acreditaria nessa de raio queimar só se cair em outro local que não seja a torre, se é que foi isso que você falou, mas foi o que entendi. Acho que depende de mais fatores aí, nessa igreja talvez não tinha nenhum equipamento mais sensível, porque aqui vários rádios nas torres queimaram já mais de duas vezes. Aqui as entradas AC ou seja, tomadas, não temos nenhum dano por conta dos DPS's, o problema são os radios do lado de fora, na torre. Queriamos investir nesses radios PRISM Gen2 da Ubiquiti, mas pelo valor e medo de raio queimar, fica dificil...

    Esse modo de importação que você mencionou, vou analisar.


    Citação Postado originalmente por cleuzo Ver Post
    Nossos problemas com raios em torres diminuiram muito com práticas simples.
    Isolar cabeamento da estrutura da torre, subir cabo por roldana e cabo com capa mais grossa.
    Cara, todos nossos cabos são grossos, Hercules, com conectores blindados e aterrados num aterramento TN-S e mesmo assim não resolve 100%.

  6. #6

    Padrão Re: Sistema de prevenção contra raios.

    Citação Postado originalmente por raumaster Ver Post
    Problema é jogar fora uns 3000,00 reais em uma unidade apenas caso esse sistema seja charlatanisse. Quem será que conseguiria fabricar algo similar? Alguma serralheria...?



    Rapaz, eu não acreditaria nessa de raio queimar só se cair em outro local que não seja a torre, se é que foi isso que você falou, mas foi o que entendi. Acho que depende de mais fatores aí, nessa igreja talvez não tinha nenhum equipamento mais sensível, porque aqui vários rádios nas torres queimaram já mais de duas vezes. Aqui as entradas AC ou seja, tomadas, não temos nenhum dano por conta dos DPS's, o problema são os radios do lado de fora, na torre. Queriamos investir nesses radios PRISM Gen2 da Ubiquiti, mas pelo valor e medo de raio queimar, fica dificil...

    Esse modo de importação que você mencionou, vou analisar.




    Cara, todos nossos cabos são grossos, Hercules, com conectores blindados e aterrados num aterramento TN-S e mesmo assim não resolve 100%.
    Pode ate ser tolice minha, mas pensso que conector blindado leva energia pra dentro da lan, eu aterro a malha do cabo e nao uso conector blindado, espero nem descobrir na pratica se o q pensso e valido...(teclado nao e ABNT) por isso a falta de acentos)