Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Rádio com perda de Potência

    Pessoal quando a CPE tem Perda de Potência só afeta o TX (Transmissão) ou o RX (Recpcao) também??
    Quero saber se o Sinal que ta chegando pela antena também diminuem??

  2. #2

    Padrão Re: Rádio com perda de Potência

    Em redes, praticamente todo protocolo tem um hand shake para confirmar a recepção. Então se a transmissão for deteriorada a ponto de impactar essa confirmação, sim, haverá impacto na recepção.



  3. #3

    Padrão Re: Rádio com perda de Potência

    Citação Postado originalmente por fhayashi Ver Post
    Em redes, praticamente todo protocolo tem um hand shake para confirmar a recepção. Então se a transmissão for deteriorada a ponto de impactar essa confirmação, sim, haverá impacto na recepção.
    Eu estou falando em niveis de sinais

  4. #4

    Padrão Re: Rádio com perda de Potência

    Se queimou só o amplificador, o CI, só cai o sinal no outro lado.

    Mas o normal é esse CI ficar com alto consumo, em curto interno, e esse consumo alto gerar alimentação com ripple, de modo que mesmo usando um par desses bem pertinho um do outro terá CCQ bem lixo.

    E as vezes queima o amplificador e o CI que chaveia entre RX e TX, é a situação onde ou escaneia mas não conecta em nada (Porque não transmite) ou nem escaneia nem envia SSID porque o CI chaveador torrou.

    Todo semicondutor pode "abrir" contato entre um lado e outro, ou "dar curto" entre terminais, apesar de tudo ser CI queimado os detalhes de funcionamento mudam em cada caso, amplificador geralmente dá curto, é só abrir e colocar o dedo sobre ele, se queimar o dedo (Ou quase) é porque o CI queimou, por mais que as vezes ainda opere meia-boca ele vai estar com alta distorção, é bem igual CI de audio com curto, as vezes dá curto só nuns semicondutores internos e ainda tem som saindo, mas totalmente distorcido, e em telecom pacote distorcido gera reenvio de pacotes aos montes, basicamente a rede vira uma porcaria mesmo que seja só 1 cliente com esse problema, porque nem é questão do tempo perdido por ele, mas pelo uso de espectro que ele vai exigir, reenviando bits distorcidos que a contraparte e as outras estações vão ter trabalho pra decifrar que não é pra elas e descartar (Não se descarta pacote sem antes analisar destino! Essa analise exige processamento do chipset de RF).

    Enfim, seja lá qual for a situação, usar amplificador queimado ou com baixa potência dá um prejuízo em qualidade de rede, mesmo que seja uma mísera estação (Se for um PTP nem se fala!).



  5. #5
    Avatar de Nilton Nakao
    Ingresso
    Sep 2013
    Localização
    Carlos Chagas, Minas Gerais
    Posts
    1.181

    Padrão Re: Rádio com perda de Potência

    Alguns aparelhos principalmente os mais baratos tem basicamente dois CIs; um para entrada 10,5 volts até 35 volts conforme a especificação do chaveador/regulador de tensão mas saindo 3,3 volts em muito 3,45 volts e até 2,5 A/H; e o outro faz processamento da WAN, LAN, Wlan e até mesmo RF seja em Tx ou Rx, alguns contam com um amplificador de RF para TX e disponibilidade para até 4 antenas.
    Mesmo aqueles modelos que utilizam fontes de 5 volts, a saída é basicamente o mesmo, 3,3 volts. Os mais modernos podem funcionar até com 1,8 até 3 volts mas a corrente é maior e sempre na ordem de 3 watts em repouso.

    No caso da CPE, ou qualquer outro equipamento out door, qualquer mau contacto na alimentação, faz com que queime o estágio de RF; vento e ar seco ou úmido pode fazer com que aumente a energia estática, pronto não precisa de raio ou falha a rede elétrica para a queima do equipamento.
    Qualquer instalação aérea precisaria fazer cálculo com ventos de pelo menos 120 km/h, temperaturas de 50°C e -5°C, umidade de 95% entre outras. Certos casos precisa de autorização das forças armadas.
    Muitos instalam como funcionou, tá bom; sempre falo que a coisa não é bem assim, é muito além disso. Trabalho com tele desde 1985, problema no cabo aéreo, ou antena e queima por conta disso só tive uma vez e foi meu equipamento. Por isso que ainda sou pobre rsrsrs.

  6. #6

    Padrão Re: Rádio com perda de Potência

    Citação Postado originalmente por rubem Ver Post
    Se queimou só o amplificador, o CI, só cai o sinal no outro lado.

    Mas o normal é esse CI ficar com alto consumo, em curto interno, e esse consumo alto gerar alimentação com ripple, de modo que mesmo usando um par desses bem pertinho um do outro terá CCQ bem lixo.

    E as vezes queima o amplificador e o CI que chaveia entre RX e TX, é a situação onde ou escaneia mas não conecta em nada (Porque não transmite) ou nem escaneia nem envia SSID porque o CI chaveador torrou.

    Todo semicondutor pode "abrir" contato entre um lado e outro, ou "dar curto" entre terminais, apesar de tudo ser CI queimado os detalhes de funcionamento mudam em cada caso, amplificador geralmente dá curto, é só abrir e colocar o dedo sobre ele, se queimar o dedo (Ou quase) é porque o CI queimou, por mais que as vezes ainda opere meia-boca ele vai estar com alta distorção, é bem igual CI de audio com curto, as vezes dá curto só nuns semicondutores internos e ainda tem som saindo, mas totalmente distorcido, e em telecom pacote distorcido gera reenvio de pacotes aos montes, basicamente a rede vira uma porcaria mesmo que seja só 1 cliente com esse problema, porque nem é questão do tempo perdido por ele, mas pelo uso de espectro que ele vai exigir, reenviando bits distorcidos que a contraparte e as outras estações vão ter trabalho pra decifrar que não é pra elas e descartar (Não se descarta pacote sem antes analisar destino! Essa analise exige processamento do chipset de RF).

    Enfim, seja lá qual for a situação, usar amplificador queimado ou com baixa potência dá um prejuízo em qualidade de rede, mesmo que seja uma mísera estação (Se for um PTP nem se fala!).
    Entendi, é que tenho uma Airgrid 23 Dbi ha 1km com perda de potência o sinal chega -65 na Airgrid. Só se esse amplificadores também amplifica o sinal que ta recebendo