Página 2 de 4 PrimeiroPrimeiro 1234 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. facil falar.... se fosse o problema soh do boot remoto eu montava uma maquina separada...
    nessa maquina eu tenho rodando:
    samba
    squid
    dhcp
    mysql
    apache
    etc,etc,etc....
    e num vou perder o desempenho dela colocando conectiva....

  2. #7
    cantisan
    Eu até entendo que o Slackware é todo feito "a mão", toda a sua historia e etc... Mas dai você dizer que a performance será bem diferente eu duvido... Eu uso o RedHat, não porque ame a empresa e sim, porque a maioria dos aplicativos free ou comerciais são homologados para esta distribuição e meus clientes querem soluções e não ideologias se é que me entende... Resumindo, larga este slackware de mão e vai para o RedHat, mas fica de olho no UnitedLinux que promete... Se quiser maiores detalhes do LSTP pergunte!



  3. #8
    NickName
    Você então pode usar o LTSP.

    O primeiro passo é ir no http://www.ltsp.org e baixar o LTSP, o software que iremos utilizar no servidor. Existem vários pacotes, com alguns aplicativos e vários drivers de vídeo, mas os pacotes básicos são:

    ltsp_core-3.0.0-1.i386.rpm
    ltsp_kernel-3.0.1-1.i386.rpm
    ltsp_x_core-3.0.1-1.i386.rpm
    ltsp_x_fonts-3.0.0-0.i386.rpm

    Depois de baixar e instalar os quatro pacotes (através do comando rpm -ivh nome_do_pacote, ou simplesmente clicando sobre o arquivo através do gerenciador de arquivos) você ainda precisará configurar os parâmetros referentes aos terminais editando os arquivos:

    /etc/dhcpd.conf
    /etc/hosts
    /opt/ltsp/i386/etc/lts.conf

    No site http://www.ltsp.org/documentation/ltsp-3.0.0/ltsp-3.0.html , você pode encontrar informações sobre a configuração de cada arquivo.

    Existem algumas limitações no uso do LTSP. O servidor deve ser o único servidor DHCP disponível na rede. Você não pode por exemplo manter uma estação Windows com o ICS ativado na mesma rede. Apesar da configuração ser centralizada no servidor, você precisará configurar cada estação de forma independente no /opt/ltsp/i386/etc/lts.conf, sem direito a qualquer mecanismo de detecção automática. E, o mais limitante, o servidor deverá ter uma única placa de rede para acesso das estações (você pode usar uma segunda placa de rede para conexão com a Internet ou outro uso qualquer, mas não distribuir os clientes entre várias placas de rede) o que impede o uso de todo o projeto de rede para otimizar o desempenho das estações que havia mostrado anteriormente. O melhor projeto de rede neste caso seria usar uma placa Gigabit Ethernet no servidor e um switch para permitir que as placas das estações trabalhem a 10 ou 100, sem limitar o desempenho da placa do servidor. Mas, este projeto é mais caro e menos eficiente.

    Outra excelente opção é utilizar o K12LTSP, uma distribuição baseada no Red Hat desenvolvida especialmente para permitir a criação de um servidor LTSP com um mínimo de dificuldade. Boa parte das configurações que citei aqui são feitas de forma semi-automática no K12LTSP e existe uma grande quantidade de documentação disponível, inclusive vários exemplos do seu uso em escolas e outras organizações. A página oficial é:

    http://k12ltsp.org/

    Mais um projeto, que ainda está no início mas que parece ser promissor é o pxes, que pode ser encontrado no:

    http://pxes.sourceforge.net

    Ele oferece basicamente a mesma estrutura do LTSP, com um módulo que deve ser instalado no servidor e outro para os clientes. A principal vantagem do pxes é que o módulo cliente pode ser utilizado para acessar também servidores Windows NT (Terminal Server). Como o foco da distribuição é a facilidade de uso, é possível que em breve ele torne-se uma opção mais fácil de utilizar que o LTSP.

    Mais a frente ainda você pode usar uma conbinação do LTSP com o OpenMOsix que permite que o servidor utilize os recursos de processamento das estações quando elas tiverem ociosas.

    Estas informações todas você vai encontrar no site do Morimoto.

    www.guiadohardware.info ou no http://www.ltsp.org

  4. vc leu todas as mensagens??
    para meu desgosto acabei de descobrir que o LTSP não suporta o Slackware,.....
    alguem tem alguma alternativa???????



  5. #10
    NickName
    E o pxes, quem sabe dá certo, Slackware é para 486 meu, Instala o RedHat ou até mesco o Conectiva que tem um programa bem simples para este tipo de rede.






Tópicos Similares

  1. DIskless
    Por Duca no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 8
    Último Post: 11-05-2006, 16:36
  2. Estação diskless gravando eeprom de placas rtl8139
    Por no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 4
    Último Post: 05-02-2005, 18:03
  3. kernel diskless
    Por blue no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 6
    Último Post: 31-10-2004, 20:40
  4. DiskLess - Material
    Por marcosmhs no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 2
    Último Post: 03-08-2004, 16:41
  5. Bootremoto=>Terminal diskless + Conectiva8
    Por no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 0
    Último Post: 06-02-2003, 17:31

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L