+ Responder ao Tópico



  1. #1
    ozzymaia
    Visitante

    Padrão Teste do qmail

    eae, blz?
    Bom seguinte, eu instalei o qmail pra fazer alguns testes como servidor, mas não sei como faze-los, eu cooquei-o para trabalhar ocm subdominios que eu já tenho registrado no meu servidor, e usei o ./vadddomain, para adicionar todos os dominos.
    Até isso que eu fiz, nada havia dado errado, exceto por alguns problemas de versão que eu resolvi depois, mas depois de tudo instalado, os e-mails enviados não chegam, e mesmo que chegassem, eu não sei como poderia ve-los, quando no qmailadm eu adiciono um novo user, acredito que deveria ser automático eu conseuir acessa-los por meio do webmail, com as respectivas senhas, mas negativo, isso não está acontecendo, não sei se tem algum serviço que está desligado, algum protocolo que tem que ativar...ou mehor, estou um tanto quanto perdido.
    Se alguem puder me ajudar em ao menos testar pra ver se o meu servidor está funcionando.
    eu usei um tutorial que tem aqui no proprio site, o "Guia prático de instalação do Qmail", escrito por Allison.

    Obrigado,
    Diogo

    Aguardo respostas....
    Valeu!!

  2. #2
    ssk
    Visitante

    Padrão qmail

    cara,
    te aconselho a usar o Qmail-Howto (portugês), pois ele eh bem mais simplificado e vai te ensinando a testar os passos que vc faz, muito bom para a pessoa ter uma idéia boa do que precisa pra ele funcionar legal:

    https://under-linux.org/modules.php?...ticle&artid=56

    eu utilizei ele para instalar pela primeira vez o qmail, mt bom.

    Obs: só tenha cuidado com os scripts de inicialização dos daemons que ele apresenta, alguns comandos que deveriam estar apresentados em uma linha só, estão divididos em várias linhas, então não adianta só copiar e colar que não funciona... falo isso pq demorei um bom tempo para entender pq o qmail funcinava quando eu dava start no daemon via comando e não funcionava quando eu tentava usar os scripts.



  3. #3
    ozzymaia
    Visitante

    Padrão Teste do qmail

    Valeu Kra, mas como eu vou fazer agora?
    Agora que eu já instalei dessa forma, será que existe alguma forma de eu desinstalar algo que eu instalei?
    Pois eu começaria do início né!!! O que me complicaria menos e resolveria os problemas encontrados com o que eu já havia instalado...

    Alguém sabe como eu faço para desisntalar um programa que já foi compilado e configurado?

    Obrigado,
    Diogo

    Aguardo respostas.....Valeu!!!

  4. #4
    ssk
    Visitante

    Padrão Teste do qmail

    vc precisa desfazer td aquilo que fez no tutorial que usou, não eh muito difícil, mas eh interesante vc comparar os dois tutoriais para ver exatamente o que precisa desfazer, por exemplo, o ucspi-tcp e o daemontools vc vai precisar e a instalação eh a mesma, então não precisa remover para reinstalar da mesma forma de novo.

    aí depois, tipo, o qmail, é instalado na pasta /var/qmail, então é so remover esta pasta qmail que está dentro de /var que ele estará removido.
    dentro do /var/log vc tb criou uma pasta chamada qmail, terá que remover ela tb, e assim por diante. Os usuários que você criou para compilar o qmail, você não vai precisar remover, pois são exatamente os mesmos quando for compilá-lo de novo.

    O vpopmail foi instalado em /var/qmail/vpopmail, então automáticamente será removido com o que mail. e assim etc, etc, etc



  5. #5
    ozzymaia
    Visitante

    Padrão qmail

    Eae,
    Então, eu fiz o que vc falou, instalei da forma como manda o "how to", fiz os testes que ele fala, mas estou com um problema, como eu cadastro por exemplo no meu K-Mail?
    esse servidor que eu fiz, já está funcionando pra mandar e receber e-mails de fora, ou eu preciso configurar alguma coisa mais no meu servidor de DNS ou APACHE?

    Bom por enquanto essas as pequenas dúvidas que eu tenho....rs

  6. #6
    ssk
    Visitante

    Padrão Teste do qmail

    vc vai apenas configurar o cliente colocando o ip do servidor com o qmail no lugar onde pede os servidores de smtp e pop3, e o usuário e a senha, entaum passa a funcionar,

    mas se ao invés de usar o endereço ip do servidor vc quer um nome completo para seu servidor vc precisa mexer no seu dns, cadastrando ele como uma máquina do domínio e setando ela como MX (mail exchanger)
    aí vc vai poder ao invés de usar o ip do servidor, colocar assim por exemplo

    smtp= smtp.dominio.com
    pop3= pop3.dominio.com



  7. #7
    ozzymaia
    Visitante

    Padrão Teste do qmail

    Blz....
    mas ae, eu tenho o servidor de DNS configurado, e onde eu tenho as linhas correspondentes ao servidor de e-mail, acontece que qdo eu criei o servidor de DNS, eu não tinha o servidor de e-mail, portanto nunca sou be se funcionaria, mas agora que eu instalei ese servidor tive certeza de que há um problema, só num sei onde...rs
    Será q eu tenho mais alguma coisa pra configurar?
    Onde eu configuro o IP no servidor de e-mail, para que ele se torne um servidor com IP válido?
    Obrigado
    Diogo!!

  8. #8
    ssk
    Visitante

    Padrão Teste do qmail

    Preciso que vc me responda algumas perguntas para melhor auzxiliá-lo:

    Qual eh o daemon de DNS que vc está usando, BIND, DJBDNS, ou outro, qual?


    para que vai servir este servidor de e-mail, para msgs internas da sua empresa somente, ou vc que que este servidor seja o servidor de e-mail na internet mesmo?



  9. #9
    ozzymaia
    Visitante

    Padrão Teste do qmail

    Estou usando Bind e gostaria que esse servidor de e-mail funcione para a internet mesmo!!!!!!

    Obrigado!!!

  10. #10
    ozzymaia
    Visitante

    Padrão Teste do qmail

    Ae, eu tenho outra coisa.....eu dei o Nmap, e a porta 25 e nem e 110 está de pé....
    mesmo dando aqueles comandos que falam no tutorial, ele não levanta, então provavelmente isso deve ser algum erro de configuração num é!!!???
    Bom Sei lá, se alguém puder me ajudar eu agradeço muito!!!
    Valeu!!



  11. #11
    ssk
    Visitante

    Padrão Teste do qmail

    nas primeiras vezes que eu instalei tb tive problemas com isso, e provavelmente eh alguma coisa nos scripts de inicialização.
    você pode checar os logs para verificar se contém erros.