Página 5 de 5 PrimeiroPrimeiro 12345
+ Responder ao Tópico



  1. #21
    Luzumba
    Como é o seu ponto de montagem do samba ?

    vamos imaginar o seguinte ok ?

    mount -t smbfs -o username=luzumba,password=bonitao //linux/dados /mnt/Dados

    meu ponto de montagem seria /mnt/Dados

    dentro do dosemu eu usaria assim

    lredir g: linux\fs/mnt/Dados

    To no msn qqr. coisa

  2. #22
    lavalle
    Boa Noite Galera, tudo bem?

    Bom, e com grata satisfação que eu digo a vocês da comunidade que eu consegui fazer funcionar o dosemu e o xdosemu no Kurumin.
    Eu consegui abri o sistema em clipper so que ele me apresenta o seguinte erro.: NÃO FOI POSSIVEL CRIAR O ARQUIVO TEMPORARIO DOS ERROR 3.
    Bom e o seguinte, o sistema e em clipper, e esse erro esta dando problema, pois indica justamente o arquivo do sistema + a numeração da estação de trabalho por exemplo.: BRMEN100.MEM que esta dando pra mim o erro. Esse numero 100 significa a linha de comando set estacao=100 onde o sistema pega esse numero e cria o arquivo, so que, ele nao esta conseguindo criar o arquivo, e eu coloquei esse set estacao=100 no autoexec.bat do dosemu.
    Eu liguei para a empresa que fez o sistema, e eles estao estudando o caso, pois nunca ocorreram com eles esse problema de dar o erro na criação do arquivo temporario referente a estação de trabalho.

    Por favor, se alguem tiver alguma solução ou ate mesmo alguma configuração minima que é pra colocar no autoexec.bat e ate mesmo no config.sys, estou aqui na espera.

    obrigado a todos da comunidade

    La Valle



  3. #23
    Newbrazuca
    Olá caro iniciante.
    Tenho estas dicas abaixo, que são de colegas de trabalho.
    Coloquei aqui abaixo, acho que eles não se importarão de dividir suas observações com a comunidade

    Comigo ainda não funcionou, mas acho que é culpa de alguma configuração de minhas permissões de usuário na máquina.

    Se funcionar com você, coloque aqui para a gente as dicas.
    Eles conseguiram funcionar diversos programas clipper que geram arquivos temporários.

    NO DOSBOX não consegui fazer o programa escrever na pasta. Roda redondinho, mas não escreve na pasta. Não achei nas FAQ do DOSBOX alguma configuração relativa a este bug, se é que é um. Talvez com a versão 0,65 funcione melhor, visto que a escrita foi melhorada, mas o meu sistema é Debian, e só tem os sources, ainda não tem pacote .deb...




    ++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++
    Caro Aida,

    Fico sempre feliz quando vejo seu nome no forum, sempre traz coisas
    uteis. Só pra acrescentar, nós aqui tambem tivemos problemas do mesmo
    tipo, os files, no dosemu, quando se tenta editar o
    autoexec e o config, ele nao aceita, podemos editar via linux mesmo na
    propria pasta do freedos: usr/lib/freedos, contudo continua aparecendo o
    velho erro que teoricamente seria devido aos files, mas não é.

    O dosemu possui a seguinte linha no dosemu.conf:

    $_hdimage = freedos:ro"

    esta linha torna o ambiente emulado somente leitura, embora se abra até
    mesmo com 777 a pasta freedos remissivamente, a emulação ficará somente
    leitura, ro, read only. A solução é remover o ":ro" deixando a linha da
    seguinte forma: $_hdimage = "freedos".

    Gostaria de acrescentar que sou fan dos clippeiros.

    Silvério

    ++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++
    Senhores

    Atendendo solicitações de companheiros criei este mini para compartilhar
    meu tempo dedicado a migração de programas DOS feitos em clipper.
    Atenção especial ao set clipper=F:X no autoexec.bat e files=x no
    config.sys. O freeDOS não respeita este parametro. Testei o DRDOS 7.03 e
    tb funciona, salvo configuração de teclado, mas é um DOS livre.

    ++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

    PARTE I - instalação e configuração do DOSEmu

    Execute como root (prompt #) :
    =============================
    apt-get install dosemu dosemu-freedos
    mv /usr/lib/freedos /usr/lib/freedos.old
    mkdir /usr/lib/freedos
    mkdir /usr/lib/freedos/bin
    mkdir /usr/lib/freedos/dosemu
    mkdir /usr/lib/freedos/gnu
    mkdir /usr/lib/freedos/help
    cp /usr/lib/freedos.old/bin/* /usr/lib/freedos/bin
    cp /usr/lib/freedos.old/dosemu/* /usr/lib/freedos/dosemu
    cp /usr/lib/freedos.old/gnu/* /usr/lib/freedos/gnu
    cp /usr/lib/freedos.old/help/* /usr/lib/freedos/help
    =============================
    Crie como root um usuario, por exemplo, dos.***
    Agora edite como root o arquivo /etc/dosemu/dosemu.conf
    e procure as linhas
    # $_term_char_set = ""
    e deixe assim
    $_term_char_set = "ibm"

    # $_external_char_set = ""
    e deixe assim
    $_external_char_set = "cp850"

    # $_internal_char_set = ""
    e deixe assim
    $_internal_char_set = "cp850"

    # $_printer_command = ""
    e deixe assim
    $_printer_command = "kprinter"

    Obs.:
    Crie na raiz da pasta do usuario que vai usar um sistema clipper as
    pastas /home/dos/tmp/ e /home/dos/temp/.
    Programas clipper costumam criar arquivos temporarios. So para prevenir.
    A estação já deve estar com uma impressora funcionando via CUPS para a
    impressão.

    PARTE II - o pulo do gato - Instalação e configuração do MS-DOS 6.22
    (tem que ser esta versão)

    Crie um disco de boot numa estação que tenha o dito cujo já instalado no
    HD ou consiga na internet uma imagem.
    Achei os arquivos Dos6.22.exe, 622c.zip e boot622.exe(este mais facil de
    fazer o disquete).
    Agora insira no drive da estação linux o disquete bootavel que contenha
    o MS-DOS 6.22
    e execute como root (prompt #) :
    =============================
    mount /dev/fd0 /mnt/floppy
    cp /mnt/floppy/* /usr/lib/freedos/
    cp /usr/lib/freedos.old/autoexec.bat /usr/lib/freedos/autoexec.bat
    umount /dev/fd0
    =============================
    Retire o disquete
    Edite o arquivo de /usr/lib/freedos/autoexec.bat
    (Sugestão: copie o autoexec.bat para o home do usuario e abra pelo edit
    do proprio MS-DOS.
    Assim #cp /usr/lib/freedos/autoexec.bat /home/dos/autoexec.bat. Chame o
    dosemu. O drive D: é o home).
    O meu ficou assim:
    ------------------
    @echo off
    set clipper=f:199 -> abro uma imensidão de arquivos
    path c:;c:\bin;c:\gnu;c:\dosemu
    prompt $P$G
    unix -s DOSTMP
    unix -s DOSDRIVE_D
    if "%DOSDRIVE_D%" == "" goto nodrived
    lredir d: linux\fs%DOSDRIVE_D%
    if "%DOSTMP%" == "" goto dosver
    lredir e: linux\fs%DOSTMP%
    set TEMP=e:\ -------------------->PODE SER set TEMP=D:\, POIS e:\
    PODE ESTAR CHEIO e ai...
    goto dosver
    :nodrived
    if "%DOSTMP%" == "" goto dosver
    lredir d: linux\fs%DOSTMP%
    set TEMP=D:\
    :dosver
    rem unix -e
    D:
    cd nfs\dos (pode ser outro lugar!)
    dos
    exitemu
    ------------------
    Copie para o seu lugar original
    #cp /home/dos/autoexec.bat /usr/lib/freedos/autoexec.bat confirme
    sobreescrever!
    Apague o arquivo autoexec.bat na pasta do usuario.
    Edite o arquivo de /usr/lib/freedos/config.sys, similarmente ao
    autoexec.bat com o seguinte conteudo:
    ------------------
    FILES=199 -------------->para muitos arquivos abertos,ou menos para
    poucos arquivos abertos.
    BUFFERS=20
    LASTDRIVE=Z
    DOS=UMB,HIGH
    devicehigh=c:\dosemu\ems.sys
    shell=c:\command.com /e:1024 /p
    ------------------
    Obs.:
    a)Como usuario dos crie a pasta /home/dos/nfs/dos/ e copie nela o
    programa clipper.(pode ser outro lugar!)
    b)Na penultima linha do autoexec.bat substitua dos pelo nome do seu
    programa clipper (Ex.: programa.exe)

    PARTE III - Configurando uma aplicação no seu servidor e no cliente (Via
    NFS > confiavel)

    No servidor, como root crie um usuario, por exemplo dos, e anote o UID
    e o GID.
    O USUARIO DEVE SER O MESMO TANTO NO SERVIDOR COMO NO CLIENTE, E COM O
    MESMO UID/GID senão dá bug.***
    O root pode ver o arquivo /etc/passwd e lá estão as informações(São os
    dois nº entre os dois pontos).
    Fazer o login com o usuario criado acima e criar a estrutura de pasta
    /home/dos/nfs/dos/ e copiar
    a aplicação nesta pasta(o executável, os bancos de dados e arquivos de
    indices).
    Ainda no servidor agora como root, edite o arquivo /etc/exports e
    adicione a linha abaixo:
    -------------
    /home/dos/nfs 10.10.0.*(rw,async)
    -------------
    O endereco 10.10.0.* é a abrangencia da rede que pode ter acesso a este
    compartilhamento
    Ver detalhes no www.guiadohardware.net.

    Na máquina cliente, edite como root o arquivo /etc/fstab e adicione a
    sequinte linha:
    -------------
    10.10.0.***:/home/dos/nfs /home/dos/nfs nfs users,exec,soft 0 0
    -------------
    O endereco 10.10.0.*** é o endereço do SERVIDOR de aplicações
    Ver detalhes no www.guiadohardware.net.

    Obs.:
    Para rodar a aplicação do servidor, não execute a letra a) da observação
    da Parte II.
    Mas crie a estrutura de pasta /home/dos/nfs/ no cliente.
    Para rodar um programa clipper na propria estação execute as partes I e II.


    CONCLUSÃO


    Foi testado o dosemu com o freedos, mas este não funciona bem com
    sistemas que abrem centenas de arquivos,
    por isto foi substituido pelo MS-DOS 6.22. No caso do programa.exe pode ser
    o freedos mesmo. Mesclei o freedos
    ao MS-DOS para poder usar as ferramentas criadas especificamente para o
    dosemu.

    O sistema de impressão testado foi o CUPS com impressoras remotas e
    locais que funcionam no Kurumin.

    O dosemu roda tambem com pastas compartilhadas via samba no servidor e
    montadas localmente via smbmount
    e SMB4K, mas a aplicação mostrou-se muito instavel no cliente, por isto
    a opção pelo NFS, o que demanda
    alguns cuidados com a segurança do servidor. Bem esta parte deixo com
    voces...

    Para finalizar, crie um icone via botao direito no desktop, Criar novo,
    Arquivo, Link de aplicativo, digite
    o nome da sessão, clique na aba aplicativo, na caixa Comando preencha
    com a palavra xdosemu. Clique Ok.
    Vai comportar-se igualzinho ao Windows!

    Cuidado com a duplicação de arquivos em /usr/lib/freedos, pois
    autoexec.bat é diferente de AUTOEXEC.BAT
    no linux e ai da bug no carregamento do DOS.

    Se algum comando cp não funcionar, veja se o nome do arquivo não esta em
    caixa alta.

    Há procedimentos realizados neste mini-tutorial que não são explicados,
    mas são fruto de minhas pesquisas na
    internet, por não ter marcado os links onde lia as informações, mas
    estão por ai.

    Esta configuração só funciona para um só usuario, visto que os caminhos
    das pastas são caminhos absolutos e
    não relativos. Alguem pode me ajudar a transforma-los em caminhos
    relativos ao usuario logado?



    A.Aida

  4. #24
    geofesteiro
    cara tive este problema e acho que posso ti ajuda bastante pois ate hoje na empresa que eu trabalho funciona deste mesmo modo so que é o seguinte se vc ja conseguiu fazer funcionar o dosemu tranquilo o maior problema que vc vai ter é o seguinte de uma olhada no CONFIG.SYS e no AUTOEXEC.BAT das maquinas windows pois os programas em dos usao variaveis depentendo da plataforma do sistema desenvolvido ex foxpro clipper cobol
    certo ate ai blz
    depois de vc verificar as linha de PATH FILES BUFFERS das maquinas windows coloca no AUTOEXEC e CONFIG do DOSEMU que eu acho que vai funciona blzinha

    flow boa sorte
    qualquer coisa entre em contato pelo email se prefeir
    geldomar@uol.com.br






Tópicos Similares

  1. Problemas com dosemu
    Por mmacoli no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 09-09-2004, 21:42
  2. Problemas com telnet rodando dosemu
    Por GlaucoSC no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 0
    Último Post: 24-05-2004, 11:13
  3. Problemas com emulador Wine e Emudos
    Por aspenbr no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 0
    Último Post: 04-06-2003, 15:33
  4. problemas com DOSEMU!
    Por no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 26-11-2002, 14:55
  5. problemas com o IMP
    Por marlonfuchs no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 0
    Último Post: 27-06-2002, 08:13

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L