+ Responder ao Tópico



  1. Citação Postado originalmente por Skorpyon
    Para não ter que executar o comando loadkeys toda vez que iniciar a maquina, coloque o comando no /etc/rc.d/rc.local
    Mas o teclado que eu estou usando lá é US.
    Sabe o que não tem o "Ç".
    Qual o nome que eu coloco em loadkeys!?

  2. Caro amigo ........
    Dê um find / -name br-abnt2*
    Vai aparecer o diretório onde se encontra esse arquivo.
    Vá nesse diretório e lá tem todos os tipo de teclados possíveis.
    Eu precisei fazer a mesma coisa que você hoje.
    Estou em casa, e não me lembro agora qual o diretório. Acho que é /usr/share/alguma coisa.
    Lá no final do diretório tem um teclado us alguma coisa.map.gz
    Mude no /etc/rc.d/rc.rcmap se não não me engano e carregue na linha /usr/bin/loadkeys br-abnt2.map para o teclado us....map . Isso passa a valer para o sistema como um todo.
    Alterei exatamente para o teclado que você deseja. Isso no modo texto. Funcionou perfeito.
    Ou então loadkeys o teclado que deseja. Não teve nem graça. Funcionou de primeiríssima. Legal no Linux é não receber a mensagem clássica de "Você precisa reiniciar o computador para a alteração fazer efeito. Deseja fazer agora ? Sim ou Não ? ". Sabes do que estou falando né ??? Já funciona no mesmo momento.
    E no KDE também você pode fazer isso.
    Só que no KDE você tem que estar como root para valer para o sistema inteiro. No KDE quando você altera o teclado e entra no kconsole já está funcionando.
    Mas faça no modo texto. Você vai gostar. Tem trocentas opções de teclados nesse diretório. Isso no Slackware. Não sei como é nas outras distros.
    Um grande abraço ........



  3. Melhor ainda ......
    Vá no site www.slackware-brasil.com.br
    Entre na seção Literatura.
    Lá tem um manual em pdf do Slackware. Os caras fizeram um manual que é simplesmente sensacional. Todo em português. Dividido por capítulos.
    Imprimi o manual todo. Dá mais ou menos umas 800 páginas se não engano. Tive que montar em dois manuais.
    Os autores foram felicíssimos ao publicar o manual.
    Ele é mais voltado para o Slackware desktop. Mas o que tem de dicas de muitas configurações, não está no gibi. Leio esse manual todos os dias. É tipo o Slackware a Bíblia. Muito bom mesmo. Depois amigo, vá pegando os tutoriais, artigos e publicações que existem nos mais diversos fóruns na internet sobre os serviços para Linux rodarem no Slackware. Sinceramente está sendo muito gostoso aprender Slackware.
    Perfeito o manual.
    Um grande abraço ......... :good: :good: :good:

  4. Outra coisa caro amigo.
    Eu procuro aprender Linux, lendo os seguintes fóruns pela ordem :
    under-linux.org , www.vivaolinux.com.br e www.linuxit.com.br . Tem outras, claro. www.linuxdicas.com.br, www.linuxrapido.com.br . Enfim.
    Nesses fóruns os caras que são feras no Linux publicam muito material sobre instalação e configurações dos mais diversos serviços para rodar no Linux.
    E normalmente são os Demiurgos, PiTSAs, Xstefanoxs, Wrochals, Network Zones e outros, da vida que publicam. E esses autores sempre tentam fazerem publicações as mais genéricas possíveis. Para rodarem na maioria das distros Linux.
    São materiais excelentes. Podes ver que temos algumas distros que são bem cuidadas quanto ao material de publicação. O www.guiadohardware.net o Morimoto cuida e bem do Kurumin. E o legal do Morimoto é que ele não fica preso somente na distro dele. Ele também dá muitas dicas sobre outras distros. No site do Debian também tem publicação excelente sobre essa distro, e em português. O FreeBSD também no site dela um material maravilhoso. Mas se não me engano em inglês. Mas também, bom. A própria Conectiva também tem um perguntas e respostas que ajuda bastante. E espero que o Mandrake faça algo parecido com que o Conectiva tem. Afinal agora é Mandriva. Seria interessante alguém pensar nisso sobre o SuSE que é outra distro bem comentada aqui. De repente a SuSE tem, e eu desconheço. O que eu estou vendo é que cada distro está tentando cada vez mais aperfeiçoar e se aproximar das nossas dúvidas. O negócio é ler mesmo e correr atrás.
    Mas pegue essa publicação que te falei no www.slackware-brasil.com.br . Você que pelo jeito gosta do Slackware vais ver conhecer muito mais desta distro, e descobrir muita coisinha interessantíssima. O mais legal é que a empresa nos deu um Pentium 4 com 40GB de hd , 512MB de memória e brincamos com Slackware 10.1, Conectiva 10, Mandrake 10.1, SuSE 9.3, Kurumin 4, Famelix, BigLinux, Ubuntu e é gostoso a gente ver a máquina responder a tudo que a gente quer brincar. Esse mundo Linux é maravilhoso. O windows nunca vai ter esse leque de opções. Não é a filosofia do Bill Gates. Que ele fique com a encrenca dele.
    Um grande abraço e fique com Deus ....... :roll: :good: 8)



  5. Citação Postado originalmente por terra_jr
    Citação Postado originalmente por Skorpyon
    Para não ter que executar o comando loadkeys toda vez que iniciar a maquina, coloque o comando no /etc/rc.d/rc.local
    Mas o teclado que eu estou usando lá é US.
    Sabe o que não tem o "Ç".
    Qual o nome que eu coloco em loadkeys!?
    :help:
    Código :
    # loadkeys us






Tópicos Similares

  1. Instalar Slackware 10.2
    Por douglassantos no fórum Sistemas Operacionais
    Respostas: 9
    Último Post: 20-03-2006, 19:58
  2. Respostas: 2
    Último Post: 21-11-2005, 08:50
  3. Como instalar o Conectiva em um PC com XP?
    Por leanfar no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 3
    Último Post: 22-07-2004, 08:09
  4. Com faço para meu slackware rodar em um cd
    Por gilson_ctm no fórum Sistemas Operacionais
    Respostas: 4
    Último Post: 18-07-2004, 10:58
  5. Kurumin em um Pentium 133
    Por Vaza no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 17
    Último Post: 18-06-2004, 23:41

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L