+ Responder ao Tópico



  1. #1
    alexandresamorim
    Visitante

    Padrão Curso de Ciências da Computação pesa no curriculo?

    Curso de Ciências da Computação pesa no currículo

    Bom dia a todos, queria uma opinião de todos, estou querendo fazer Ciências da computação e gostaria de saber se é a melhor decisão a tomar sendo que será uma faculdade paga. Devo entrar de cara ou compensa investir em outras coisas e cursos?

    Atenciosamente,
    Alexandre S Amorim

  2. #2

    Padrão Curso de Ciências da Computação pesa no curriculo?

    Segundo uns amigos que fazem ou fizeram faculdade, compensa muito mais investir em certificações do que em faculdade.

    Por enquanto estou parado.
    Mas pretendo fazer um curso ano que vem.



  3. #3
    fabricio_
    Visitante

    Padrão Curso de Ciências da Computação pesa no curriculo?

    eu faço Ciências da computação na FEI ...
    comecei este ano , atualmente estou no segundo ciclo , logo de cara no primeiro ciclo eu arrumei um estagio muito bom , ganho bem , mexo um pouco com linux , já aprendi mta coisa
    Pelo menos pra mim esta valendo a pena !

  4. #4
    cag
    Visitante

    Padrão Curso de Ciências da Computação pesa no curriculo?

    Sempre é bom uma faculdade, mas o investimento realmente é alto.
    Aprender, se tiver vontade aprende em qualquer universidade (Particular, estadual etc...).



  5. #5
    alexandresamorim
    Visitante

    Padrão Curso de Ciências da Computação pesa no curriculo?

    Então sabe, estou meio com medo de investir muito dinheiro pra pouca coisa. Então por que não quero só dizer, a eu fiz Ciências da Computação, as sim ser um ótimo profissional no que gosto.

  6. #6
    fabricio_
    Visitante

    Padrão Curso de Ciências da Computação pesa no curriculo?

    Citação Postado originalmente por alexandresamorim
    Então sabe, estou meio com medo de investir muito dinheiro pra pouca coisa. Então por que não quero só dizer, a eu fiz Ciências da Computação, as sim ser um ótimo profissional no que gosto.
    Um exemplo , não é só pq eu fiz ciencias da computação na FEI que eu vou ser um bom profissional , isso depende mto mais doq da facudade ... depende de vc !
    Mas , por outro lado , tem coisa que pesa no curriculo , e uma boa facudade pesa , MTO ... , e tambem vc nao precisa fazer so facudade e pronto cabo , eu pelo menos faço facu e to tentando tira minha lpi ... !! Estudar nunca é demais



  7. #7

    Padrão Re: Curso de Ciências da Computação pesa no curriculo?

    Citação Postado originalmente por alexandresamorim
    Curso de Ciências da Computação pesa no currículo

    Bom dia a todos, queria uma opinião de todos, estou querendo fazer Ciências da computação e gostaria de saber se é a melhor decisão a tomar sendo que será uma faculdade paga. Devo entrar de cara ou compensa investir em outras coisas e cursos?

    Atenciosamente,
    Alexandre S Amorim
    Bem o curso de Ciencias da computação no meu caso pesa mas no meu bolso hehehehe estou concluindo ele aprendi muito mes só pelo meu empenho mesmo eu que fui atraz se é esperar pela faculdade vc não vai longe não, é vc quem faz o curso vc não pode esperar pela faculdade mas entre sistemas de informação e outros cursos de tecnologia sempre de preferencia para Ciencias da computação ou Engenharia da computação são os melhores os que lhe dão mais base de conhecimento esqueça do curriculo ... pense em vc mesmo pois uma vez que nossa profissão não é regulamentada o curriculo não vale muito não .....


    qualquer duvida posso ajudar

  8. #8

    Padrão Curso de Ciências da Computação pesa no curriculo?

    Quando eu entrei na faculdade eu já trabalhava com informática, por isso achei que não valeria a pena fazer algo relacionado a computação, então fiz matemática, o que me diferencia grandemente de outras pessoas com o mesmo nível técnico... Isso sem contar a experiência, é claro.
    O diploma de faculdade ainda é muito valorizado quando você é CLT e a empresa tem plano de carreira, então mestrado e doutorado fazem toda a diferença. Como sou prestador de serviços, o diploma já não pesa tanto quanto cursos especializados, mas ainda tem certo peso sim...
    Você faz muito bem em escolher direito o que vai fazer da vida...



  9. #9

    Padrão Curso de Ciências da Computação pesa no curriculo?

    fftopic2: fftopic2:

  10. #10
    alexandresamorim
    Visitante

    Padrão Curso de Ciências da Computação pesa no curriculo?

    É acho que vou fazer e espero que possa suprir todas minhas expectativa profissionais, bem alem disso tenho amigos muito bons em informática e ainda melhor são muito interessados em ajudar independente o assunto esse fazem parte de uma comunidade underlinux.

    Obrigado a toda espero sempre estar contando e ajudando a todos de nossa comunidade.

    Atenciosamente,
    Alexandre S. Amorim



  11. #11

    Padrão Curso de Ciências da Computação pesa no curriculo?

    Citação Postado originalmente por Bios
    fftopic2: fftopic2:
    Noooosa que moderadora mau ....... :tiro: :crazy:

  12. #12
    alexandresamorim
    Visitante

    Padrão Curso de Ciências da Computação pesa no curriculo?

    ok.... :cry:



  13. #13

    Padrão Curso de Ciências da Computação pesa no curriculo?

    Pensar q vale mais a pena investir em fazer alguma certificação do que fazer faculdade eh pensar somente no dinheiro que o cara pode ganhar futuramente. Fazendo a faculdade vc vai aprender muito mais coisas(num universo muito mais amplo) do q fazendo uma certificção
    Claro que uma certificação no curriculo nao faz mal a ninguem, mas depende do que vc quer para seu futuro.
    :P :P :P :P :P

  14. #14

    Padrão Curso de Ciências da Computação pesa no curriculo?

    Citação Postado originalmente por smvda
    Citação Postado originalmente por Bios
    fftopic2: fftopic2:
    Noooosa que moderadora mau ....... :tiro: :crazy:
    Desculpa ai gente eheheh

    Não sou má

    Mas tenho que colocar os topicos nos seus devidos lugares :-)

    Preciso arrumar emoticons de Off Topic com carinha mais feliz :P

    ehehehe



  15. #15
    alexandresamorim
    Visitante

    Padrão Curso de Ciências da Computação pesa no curriculo?

    De minha parte esta desculpada....mas só por que l) rsrsrs não iria perder essa oportunidade de fazer uma brincadeia com vc BIOS.

  16. #16

    Padrão Curso de Ciências da Computação pesa no curriculo?

    eh oolha aki oh:
    https://under-linux.org/modules.php?...profile&u=2862

    a cara do namorado dela p vc oh...
    kkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Citação Postado originalmente por alexandresamorim
    De minha parte esta desculpada....mas só por que l) rsrsrs não iria perder essa oportunidade de fazer uma brincadeia com vc BIOS.
    :P :P :P



  17. #17
    alexandresamorim
    Visitante

    Padrão Curso de Ciências da Computação pesa no curriculo?

    Pode ficar sossegado que falei de uma forma respeitosa assim como admiro o demiurgo também, mas não vou mandar coração pra ele pega mal... :clap:

  18. #18

    Padrão Curso de Ciências da Computação pesa no curriculo?

    Meninos!

    :P :P

    Vamos voltar ao tema do topico????

    Acho que sou uma das poucas aki que naum estuda nem trabalha nessa área...

    :good:



  19. #19

    Padrão ...

    Citação Postado originalmente por Bios
    fftopic2

    Preciso arrumar emoticons de Off Topic com carinha mais feliz :P

    ehehehe
    hehehehhehe

    Concordo que os emoticons de Off topic poderiam ser mais felizes...hehehe
    :P

  20. #20

    Padrão Grafiteiros ou hackers? Não é a única opção

    Em artigo especial para o Universia Brasil, reitor da Fecap fala sobre a necessidade de ampliação do mercado de desenvolvimento de software no Brasil

    Publicado em 08/09/2005 - 00:01

    Grafiteiros ou hackers? Não é a única opção

    Por Alfredo Behrens *

    Adolescente desocupado vira grafiteiro quando não sabe programação de software. Quando sabe, vira hacker. O Brasil é campeão em exportação de serviços de hacking. No Brasil, como na Turquia, longínquo segundo lugar no ranking, há jovens talentosos e desocupados. Como estes jovens são muitos, o mercado interno não absorveria todos, mesmo que a nossa indústria de software crescesse para atender o mercado local.

    Para ocupar estes jovens, precisamos exportar serviços de software. A EDS já exporta o equivalente a 10% de sua receita e, para isso, emprega mil universitários. No setor manufatureiro, precisaríamos de uma empresa com cerca de 15 mil funcionários para que pudesse empregar uma quantia semelhante de universitários.

    Os jornais dedicam muito espaço para o setor automotivo porque este representa 10% do PIB; mas o emprego no setor caiu pela metade na última década. Mesmo assim, assistimos a guerras fiscais entre municípios do Rio Grande do Sul e da Bahia para sediar neles investimentos dessa indústria. A disputa é, no mínimo, curiosa porque, para gerar empregos, bastaria apostar no potencial desses jovens para desenvolver softwares para exportação.

    O que poderíamos fazer para que as empresas empreguem mais jovens programadores? Em primeiro lugar, acredito que deveríamos desonerar a exportação. Se os serviços de software exportados forem caros por conta da alta tributação, apenas os serviços sofisticados serão exportados.

    A EDS nos oferece um exemplo claro: daqui do Brasil e com rotinas desenvolvidas aqui, a empresa administra sistemas de saúde norte-americanos. O sistema da ADS é altamente complexo, cujo desenvolvimento envolveu talentos sofisticados. Este exemplo é uma comprovação de que, apesar dos altos impostos, ainda conseguimos ainda ser competitivos. Mas o conseguimos, principalmente, em produtos de alto valor adicionado.

    Ninguém tenha dúvida: para empregar jovens com menos formação, o Brasil precisará reduzir os impostos. Sem isso, seremos competitivos apenas nos nichos nos quais desenvolvemos talentos específicos, como é o exemplo da automação industrial.

    Uma medida relativamente simples seria isentar de impostos a quem exporta, pelo menos na proporção da receita exportada. Se exporta 20% do seu faturamento poderá pagar impostos sobre apenas 20% dos custos dos serviços.

    No entanto, a tal da "MP do Bem" só isentará a quem se estabeleça no Brasil para exportar 80% da produção. A EDS, a Siemens e tantas outras que aqui já estão e que poderiam ajudar, ficariam de fora. Mas são empresas como essas (EDS, Siemens...), as que vêm trabalhar aqui principalmente pelo tamanho do nosso mercado. No entanto, ao estarem aqui se convertem nos nossos canais de exportação do que por aqui encontram de bom.

    Se não prestigiarmos a quem já está aqui, se não prestigiarmos quem conosco trabalha, a MP do Bem se transformará "MP do Mal", porque só beneficiará a quem vier aqui a despeito de achar os brasileiros desinteressantes, como na época de Cabral.

    O minério de hoje é o pau-brasil de ontem, só que nossos jovens agora estão nas cidades, muito mais qualificados e precisam de emprego.

    * Alfredo Behrens é reitor da Fecap (Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado)

    Ninguém tenha dúvida: para empregar jovens com menos formação, o Brasil precisará reduzir os impostos. Sem isso, seremos competitivos apenas nos nichos nos quais desenvolvemos talentos específicos, como é o exemplo da automação industrial.
    Essa parte foi que me chamou atenção, recentemente houve uma discussão aqui no Under se o Curso de Computação pesa no currículo: https://under-linux.org/modules.php?...wtopic&t=35695
    Na minha opiniao realmente pesa, pois "informatas" bem talentosos mas com pouca "formaçao" tem que batalhar mais na hora de disputar o emprego e boa facu pesa na hora da escolha , claro lembrando o uqe todo mundo já falou quem faz um bom profissional é o próprio aluno.
    Se o que ele fala realmente se concretizar, jovens talentosos com pouca formação terão uma boa oportunidade de entrar no mercado de trabalho.