+ Responder ao Tópico



  1. #21
    PolacoCWB
    Citação Postado originalmente por nod3vic3
    Bom não sei qual a opinião de vocês ou mesmo se já não foi feito o que vou propor, mas minha idéia é que deveriamos nos unir, fazer algum tipo de protesto ou abaixo assinado.

    Temos que fazer barulho, alguma coisa que caia na mídia e que dê repercussão. Se a gente ficar se lamentando que o fulano cobra pouco, faz o serviço mal e não sei mais o que, não vai adiantar. O cara que faz isso não tá nem aí se a gente colocar uma tabela de preços(claro que para nós é importante isso), ele vai cobrar o preço dele e dar risada da gente que tá preocupada com ele.

    Aqui onde more tem uns quantos desses, que nunca tinha visto um micro na frente, fez um cursinho de manutenção de hardware, aqueles de 4hrs por semana durante um mês e já botou uma loja de informática, o pior disso tudo é que o cara ganha dinheiro. Tu vai reclamar com o cara, não adianta, ele continua ali porque tem os clientes que acham que ele sabe tudo e continuam comprando dele.

    Eu apoio a idéia de ter que se fazer uma prova, tipo OAB, para provar que o cara entende de informática, só que claro tem que ser uma coisa bem elaborada, pois talvez o cara na parte escrita não se dê muito bem mas na prática ele seja um ferra, temos que levar isso em consideração.

    Comconcordo vamos fazer um baicho assinado

    Pena que nao da pra faze uma greve :twisted:

  2. Poxa achei interessante essa seção de debate. Parabéns para o criador da idéia. :good:

    Bom, tipo... meu ponto de vista é que como a informática tem evoluido bastante e antigamente quase ninguém mexia com ela.

    Hoje ( desculpem o termo ), qualquer gato pingado faz um cursinho de programação e talz e infelizmente acha que sabe tudo também... e talz. E como tem muito profissional, mesmo que incompetente, as empresas podem explorar a gente e oferecer um salário miserável.

    É triste, mas é a verdade. Anos atrás, quase ninguém sabia mexer nisso. Hoje, é o que mais tem. E isso está acontecendo com Software Livre também. Quem souber bem isso, tá feito, quem não souber...

    Desculpem talvez o desabafo, alguns podem ficar meio chateados. >.<



  3. #23
    fe_feu
    * ACHEI EXCELENTE!!!

    * VAMOS CRIAR UM SITE COM UMA TABELA DE PREÇOS MÍNIMA DA CATEGORIA.

    Turma,

    Já estava passando muito tempo pra alguém tomar essa atitude.

    Moro em Vitória/ES e há muito tempo venho reclamando da atitude de certos “profissionais” da nossa área que não se dão o valor.

    Como se não bastasse o fato de os empresários daqui serem adeptos ao coronelismo e de serem habituados a contratar mão de obra de parentes e conhecidos (falta total de profissionalismo).

    Vamos aproveitar a discussão e fazer alguma coisa de verdade, da qual possamos tirar proveito imediatamente. Um médico, um advogado ou um farmacêutico não são profissionais melhores que nós, eles simplesmente atuam em áreas diferentes da nossa, nem por isso somos a escória da classe trabalhista, sem falar que esses profissionais não vão na casa da gente prestar seus serviços. Vamos nos dar o devido valor.

    Proponho que seja feita uma página de divulgação para esses valores, onde os clientes/empresas que estariam contratando esses serviços poderiam encontrar informações tais como:

    - Desrição do Serviço
    - Tempo médio gasto para sua execução (até 2 estações/de 3 a 10 estações.....)
    - Capacitação do profissional a ser contratado (certificação mínima em......)
    - Valor minimo da categoria: R$ ...

    Isso agente pode fazer já e começar a divulgar e tirar proveito.

    Se vc informa seu preço em uma proposta de prestação de serviços e o cliente reclama que o valor está alto, que o Zé Mané das Couves está cobrando a metade do seu preço, então vc pode dizer ao seu cliente pra ir consultar os valores desse site.

    Dessa forma vc tem embasamento pra convencer o cliente a optar pelo mais adequado e justo.

    Então vc vai dizer a ele que seu concorrente está cobrando menos porque ele não deve ter a certificação para exercer tal serviço, só que agora, vc pode dizer tendo o respaldo desse site.

    Acho que isso pode ser feito desde já!!!

    Na hora em que isso estiver funcionando, certamente aparecerá alguma entidade interessada em cuidar da nossa causa.

    Não vamos deixar essa discussão parar aqui...

    Grande abraço a todos.

    Fernando Chagas

  4. #24
    meraki
    A ideia de criar uma associação, ou alguma coisa deste tipo, talvez seja interessante. Conter uma base de dados do pessoal, formação, tempo de profissão, essas coisas.
    E dentro dela criar uma estrutura que possa orientar os associados sobre o valor a ser cobrado, procedimentos legais, dicas etc.
    Isso também serviria como ponto de referencia para os profissionais da area, e também agregaria um status a mais a esse profissional.
    A questão é: Se isso for adiante, precisaremos nos organizar, comecando por algum lugar, e mais que isso, não desistir por qualquer coisinha. Tudo dentro da Lei é claro.



  5. #25
    fe_feu
    É disso mesmo que estou falando.

    Um ponto de referência.

    A OAB e o CRM tem tabela de preços...






Tópicos Similares

  1. Respostas: 76
    Último Post: 18-08-2014, 06:56
  2. Cursos de informática e lugares recomendáveis pra fazer?
    Por Bit no fórum Assuntos não relacionados
    Respostas: 1
    Último Post: 21-11-2005, 08:06
  3. feira de informatica no canada
    Por rsrsuporte no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 0
    Último Post: 26-08-2005, 07:29
  4. Politica de utilizacao dos recuros de informática
    Por FA no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 1
    Último Post: 25-05-2005, 08:31
  5. Programa para Loja de informática (Linux)
    Por Perdigao no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 7
    Último Post: 05-05-2005, 11:07

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L