Página 2 de 2 PrimeiroPrimeiro 12
+ Responder ao Tópico



  1. #21

    Padrão Re: Projeto prevê regulamentar profissiões de TI

    E para pessoas como o panther o que piora a situacao é,como já disse antes, que pela atual legislacao brasileira a sua profissão está atrelada a sua área de graduacao, de forma que mesmo fazendo pós-graduacao em informática continuamos não podendo exercer a profissão.

  2. #22

    Padrão Re: Projeto prevê regulamentar profissiões de TI

    d) Os que na data desta lei tenham exercido comprovadamente cinco
    (5) anos em atividades de informática, computação ou correlatas,
    mencionadas nas letras anteriores.

    § Único - Os mencionados na letra “d” do artigo anterior,
    registrarão no Ministério do Trabalho a documentação comprobatória
    das suas condições profissionais para continuar a exercer legalmente
    as suas atividades técnicas.
    Ufa, pelo menos não vão ferrar todos os sem canudo de uma vez...

    Uma coisa é certa, o salário não vai mudar em nada...

    E outra coisa, DÚVIDO que esse projeto de Lei saia do papel, pelo menos incompleto do jeito que está, o tal Deputado se realmente quer regulamentar a coisa, que pelo menos forme um conselho de profissionais ou acadêmicos para que lhe ajudem nisso.

    Porque para quem não "mexe" com informática Técnico em Informática é programador de PC.

    "Oh Maria, liga pro cara vim programar o computador porque ele ta aparecendo uma tal de operação ilegal"

    Flws,



  3. #23

    Padrão Re: Projeto prevê regulamentar profissiões de TI

    Transferi os comentários que estão na página de notícias para cá, afim de melhorarmos e ouvir todas as opiniões. :-)
    _________________________________________________

    Wagner
    FIM DA PROSTITUIÇÃO DO MERCADO.

    Hoje qualquer moleque com uma chave philips e um cd pirata do windows pode intitular-se meu concorrente e então, pode fazer preço baixinho por uma tarefa que nem mesmo ele sabe a dimensão.

    Com a regulamenteação da profissão vou concorrer apenas com quem está minimamente preparado para a profissão.

    Teremos uma entidade de classe que nos defende e não apenas aplica o pos-comp para entrar no mestrado da federal.
    18 de setembro de 2006

  4. #24

    Padrão Re: Projeto prevê regulamentar profissiões de TI

    Eu não canso de repetir isto, o que prostitui o mercado são profissionais mal preparados por faculdades ridiculas, e isto a regulamentação não muda. Veja engenharia, medicina (convenio paga uma ninharia ao medico). Sou engenheiro, com MBA em redes e mestrado em segurança de redes pela USP - Escola Politecnica. Então o minimo que se deve ter é respeito por profissionais que se dedicam a estudar......
    Além do mais, o que vcs utilizam hoje conhecido como ETHERNET, foi desenvolvido pelo IEEE, procurem saber o que é o IEEE, e verão que todos nós devemos muito a matematicos, fisicos e engenheiros entre outros, e por esta regulamentação ridicula estes profissionais não poderão exercer a profissão que vcs chamam de informatica.
    Briguem por coisas que realmente vão resolver o problema, que são faculdades decentes e crescimento economico. Vc já pensou que mesmo com a regulamentação existirá mais profissionais do que emprego ???? É isto que derruba a sua renda, e além do mais os péssimos profissionais que existem hoje continuarão prestando serviço clandestinamente ou até mesmo regulamentado pois ele poderá provar cinco anos de trabalho e ganhar a ENTIDADE DE CLASSE !!!!!!!!! Se duvidam disto olhem para o que decoradores ocupam de espaço dos arquitetos (profissionais regulamentados), olhem o que acontece com nutricionistas (profissionais regulamentados) !!!!!!!!

    Veja quem são os maiores desenvolvedores de uma coisa chamada fibra-optica e protocolos para compatibilizar informatica legada com as novas tecnologias, verá que não são os técnicos de informática pelos quais vocês brigam para ter regulamentação. São fisicos, engenheiros, matematicos, pessoas sem formação mas que tem um conhecimento absurdo..........

    Vamos abrir o olho e pensar realmente no que interessa.

    AUMENTAREMOS NOSSA RENDA NA MEDIDA QUE OS PROFISSIONAIS SEJAM MAIS QUALIFICADOS E O NUMERO DE EMPREGOS CRESÇA. (LEI DA OFERTA E PROCURA) !!!!!!!

    Vamos olhar para o mundo e ver o que países de primiero mundo estão fazendo, e estão se dando bem.......



  5. #25

    Padrão Re: Projeto prevê regulamentar profissiões de TI

    Transferi os comentários que estão na página de notícias para cá, afim de melhorarmos e ouvir todas as opiniões. :-)
    Respeitem e sejam respeitados :-)!
    _________________________________________________

    Filipi
    Eu simplesmente acho que é muito cedo para definir a atividade do informata. Vocês sabem como o legislativo brasileiro é lento e qualquer regulamentação neste sentido engessaria o mercado de uma forma tremenda e causaria uma dor de cabeça horrível para profissionais e empresários. As profissões relacionadas à informática têm evoluído muito rápidamente (na mesma velocidade da evolução das tecnologias), criar profissões genéricas rebaixaria uns e elevaria outros. Não acho isso certo.
    Além do mais, sou um liberal. Essa regulamentação engessaria meu poder de neogociação com meus empregadores. Infelizmente o mercado de TI não é tão autônomo quanto o da engenharia por exemplo. A maioria dos empregados trabalham em grande empresas prestadoras de serviço de TI. Um comite regulador se transformaria numa espécie de sindicato. Não vejo essa regulamentação com bons olhos. Não necessito de ninguém ditando as regras por mim (mesmo que seja a vontade da maioria, essa pode ir contra os meus interesses).
    18 de setembro de 2006
    _________________________________________________

    Filipi
    Ou talvez trabalham em pequenas empresas (não sei ao certo o perfil do mercado). Mas tenho certeza que os contratos de prestação de serviçoes TI, na maior parte dos casos, está baseado no relacionamento empresa-empresa. E não no pessoa-física - empresa. O comitê regulador protegeria quem? A empresa que me contrata? Qual a lógica disso?
    18 de setembro de 2006
    _________________________________________________

    Gustavo
    Pointless...

    A opinião do prezado panther não tem um ponto bem definido!!! Como ele pode assumir que fibra-ótica, ethernet e protocolos são criados por (... fisicos, engenheiros, matematicos, pessoas sem formação mas que tem um conhecimento absurdo.......... ) pessoas sem formação???? Os comitês do IEEE, IEC, TIA, EIA, ANSI, etc. e até mesmo o tupiniquim ABNT são constituídos por pessoas com graus não menores que DOUTORES!!! DOUTORES!!! Ou você acha que qualquer um chega e determina um novo padrão de mercado??? Putz... Você deve estar confundido com os documentos do RFC (Request For Comment) que podem OU não virarem padrão no modelo TCP/IP. Bem... "SEM FORMAÇÃO" foi ótima!!!

    Verdade seja dita. Faculadades que estão com o olho no mercado são mal vistas pelo mesmo. A faculdade deve ser tida como o "Templo do Saber" e não como um cursinho-pagou-passou que forma bons profissionais-de-cabeça-baixa-que-não-sabem-pensar... Acho que todos os profissionais de RH do país sabem distinguir entre um aluno formado por uma faculdade FEDERAL e outro formado por uma pseudo-faculdade-mercadológica.... Não coloque a culpa da prostituição mercadológica nos probres e incopentes profissionais formados por estas faculdades... Se a empresa aceitou um profissional com formação em instituição duvidosa em sua grade de funcionários, a culpa é da profissional do RH que não sabe contratar!!!

    Coitado de quem não puder se esforçar para adquirir um "diplominha" em instituição renomado ou não conseguir comprovar 5 anos de exercício de profissão. Vai ser ultrapassado pelo tempo...

    É isso!!!
    18 de setembro de 2006
    _________________________________________________

    Thiago
    Finalmente, e melhor ainda seria com a criação de um conselho de profissionais de TI.
    Chega de ver esse povo q faz People, Microcamp e afins concorrendo no mercado...

  6. #26

    Padrão Re: Projeto prevê regulamentar profissiões de TI

    Transferi os comentários que estão na página de notícias para cá, afim de melhorarmos e ouvir todas as opiniões. :wink:
    Respeitem e sejam respeitados :-)!
    _________________________________________________

    Reinaldo
    Bom, vejo alguns estigmas nas declarações dos colegas. Primeiramente, nem sempre a faculdade Federal tem cursos de informática melhores que as particulares, geralmente demoram mais para se atualizarem e são muito voltadas para a área científica. Lógico que padrões de mercado foram criados por matemáticos físicos e engenheiros, esses padrões surgiram bem antes dos cursos de informática.
    Mas quanto ao Conselho de Informática, acho importante caso ajude a tirar os amadores do mercado, mas não dá pra acreditar que isso vai acontecer, basta ver os outros conselhos para perceber que no Brasil isso não funciona perfeitamente(isso e outras coisas). O CRO não consegue obrigar os dentistas a seguirem sua tabela de preços de serviços. Os engenheiros civis costumam "vender" seu número do CREA e apenas assinam projetos de pessoas que nunca entraram numa sala de aula. Exercício ilegal da medicina é algo que todo brasileiro já presenciou e o CRM deve ficar de cabelo em pé. Acho que o Conselho de Informática vai ter que ser muito forte pra mudar o que existe hoje. Além disso, não faltam empregos para profissionais de TI, existe déficit de profissionais de TI, provavelmente devido a má qualificação, o mercado não precisa de mais técnicos, precisa de mais engenheiros de software, analistas, integradores, profissionais de telecom e esses são raros, geralmente são vagas preenchidas por talentos.

    Mas tenho uma pista sobre a motivação da lei, o deputado Bonifácio Andrada(PMDB-MG) é um dos donos da UNIPAC, uma grande rede de faculdades particulares (e com qualidade duvidosa).



  7. #27

    Padrão Re: Projeto prevê regulamentar profissiões de TI

    Caro Gustavo,

    É óbvio que membros do IEEE, ABNT e outros sáo doutores, isto náo significa dizer que a evolucao das tecnologias também nao tenha apelo em pessoas que nao possuem formacao de doutores !!!!!! (entendeu ????). Segundo, a partir do momento em que você colocar o que este deputado quer, e pelo jeito que você apoia, o que você está fazendo é jogando fora uma grande parte dos profissionais que estao nestes órgaos, pois em sua grande maioria sao fisicos, matematicos, engenheiros......
    Nao estou contra tirar amadores do mercado, mas sou contra o modo que isto está sendo feito. Em relaçao a falta de mercado, todos nós vivenciamos uma concorrencia absurda para conseguirmos um contrato ou um emprego, mas volto a dizer isto nao é culpa da nao regulamentaçao. Vejam o que acontece em engenharia, o cara se forma tem uma regulamentacao (CREA) e na hora de conseguir emprego é uma várzea.......... sofre uma concorrencia absruda e desleal, muitas vezes com amadores (amadores regulamentados por faculdades de quinta categoria), entao volto a dizer o problema nao está em regulamentar a profissao e sim em melhor nivel de educaçao.
    Eu náo estou preocupado em provar cinco anos, isto eu provo com os pés nas costas. Estou preocupado é com os beneficios que isto vai trazer, o que vocês dizem que sao beneficios na verdade é ilusao. Na pratica você como profssional terá mais custo para se manter e NAO terá maior renda.
    Para ser bem pratico veja o que ocorre com os engenheiros eletricistas. Vasculhe as obras e veja quem faz "projeto" e ëxecuçao" de eletrica. É o meste-de-obra, eletrecista com experiencia na pratica e nao um engenheiro que estudou no minimo 5 anos em uma faculdade, veja o tipo de concorrencia que ele está tendo. E para aprovaar o projeto a construtora "compra" um CREA apenas para assinar.
    Resumindo, nao consigo enxergar onde uma regulamentacao engessada pode melhorar nosso nivel de salario, nossa qualificacao, enfim nos quesitos que voces tanto brigam e que eu concordo.

    nao vejo a regulamentacao como a solucao para os problemas que enfrentamos.

  8. #28

    Padrão Re: Projeto prevê regulamentar profissiões de TI


    Virus_cg, boa noite. Você também abordou uma outra questão delicadíssima, que é esse fato de em muitas empresas, quem dirige a informática, é um gerente administrativo, ou outra qualificação diferente da nossa área. A gente acaba sendo massacrado por tarefas malucas, sem recursos para executá-las, e sem contar como mencionou, o tempo escasso que nos impõe como se isso fosse apenas apertar um botão e tudo está pronto. Eu acho que isso também é algo que deveria ser revisto e claro regulamentado. Nada pior do que sermos dirigidos por quem não tem nada a ver com a informática. Acho que é o mesmo que um hospital os médicos serem dirigidos por alguém da área de processamento de dados. Não dá certo mesmo.
    Eu também tenho as minhas dúvidas sobre essa regulamentação. Já ouço e leio a muito tempo. Mas de concreto ...... :?



  9. #29

    Padrão Re: Projeto prevê regulamentar profissiões de TI

    PSSGYN,

    Apenas uma ressalva na sua colocação quanto a sermos dirigidos por pessoas que não são da area. Você citou o exemplo de um hospital, bem não sei de onde vc é, mas em São Paulo, Capital, existe um hospital (aliás um dos maiores), chamado Benificiencia Portuguesa, possui uma administração de altissimo nível, e surpresa......o seu prinicpal gestor chama-se Antonio Ermirio de MOraes..........que não é médico.

    Mais uma vez repito, estou muito a favor de tirarmos amadores do mercado, mas para mim amadores nao significa aqueles que nao tem formacao, e sim aqueles que nao tem competencia, e isto a regulamentacao não vai fazer, pois continuará permitindo que amadores (olhando pelo lado da competencia) continuem se formando em faculdades de quinta categoria e tomem espaço dos verdadeiros profissionais.

    Outro exemplo de competência, um dos maiores grupos de marketing e comunicação do país é presidido por uma pessoa que não tem como formaçao de graduação marketing/Propaganda, e sim Administração.

    Quero deixar minha posição bem clara sou a favor de melhorarmos nossa renda, termos uma competição mais justa, tirarmos amadores do mercado, mas sinceramente nao vejo a regulamentação fazendo isto. Sou engenheiro tenho CREA e isto não ocorre na engenharia, tanto que a renda média de um engenheiro recém-formado vem despencando ano a ano.........

    Abraços

  10. #30

    Padrão Re: Projeto prevê regulamentar profissiões de TI

    Demorou demais... estou cursando Direito, e não penso em voltar atrás.
    E vejam que conheço linux a quase 10 anos.



  11. #31

    Padrão Re: Projeto prevê regulamentar profissiões de TI


    Panther, boa tarde. Me expressei mal. Desculpe-me por favor. Mas a minha colocação na verdade é que vemos muitos gerentes administrativos gerenciando informática, sem o menor conhecimento de causa. É exatamente no que você mencionou. Falta competência e principalmente interesse em aprender alguma coisa da nossa área especificamente. Eu moro atualmente em Goiânia. Vejo muito por aqui, que nas pequenas e médias empresas, muitos gerentes administrativos, invejam, olham com muita vontade, dirigirem a área de informática. Mas quando chegam ao cargo desejado, o que assistimos são verdadeiros desastres. Pessoas que sómente querem cortar a qualquer custo, os recursos para a área de informática, querendo mostrar para a diretoria que está contendo custos, que está economizando, etc, etc.
    Eu também não acredito em regulamentação da nossa profissão. Isso já vem de anos. Mas termos profissionais de outras áreas na área de informática, honestamente, conheço muitos profissionais de áreas diferentes da nossa, que são verdadeiros e dedicados profissionais. E estão aí dando conta do recado. Aqui mesmo no nosso fórum, temos engenheiros, físicos, matemáticos, etc, que adoram e praticam a informática com segurança e conhecimento de causa. Com certeza, não será barrando quem não é da área que a regulamentação vai resolver.
    E valeu a sua opinião. Um grande abraço ...... 8-)