+ Responder ao Tópico



  1. #13

    Padrão

    Eu que o diga, sera que a ebt ta boicotando os provedores... pois no final somos concorrentes deles tambem.. aqui desde juLho estou atras do meu gerente comercial e o mesmo fica de passar proposta e nda. o jeito e chamar dona ana. Quanto a valores e totalmente imprevisivel... eu que o diga.. ja recebi propostas com variacao de de 100% no valor da ebt. tipo 1200 chega outra de 2400 para o mesmo serviço. E MUITO EXTRESSANTE UPGRADE NA EBT, ESTOU NO 4 UPGRADE.


    Citação Postado originalmente por adelsonbbg Ver Post
    apenas por questão de informação , estou tentando ter um contato da embratel para uma proposta mais esta dificil , você sabe quanto vc paga nos 4 mb da embratel ?

  2. #14
    xargs -n 1 kill -9 Avatar de sergio
    Ingresso
    Jan 2004
    Localização
    Capital do Triângulo
    Posts
    5.202
    Posts de Blog
    9

    Padrão

    Citação Postado originalmente por marcelomg Ver Post
    Quanto maior a frequencia maior é a degradação do sinal amigo, por isso frequencias livres vão até 5.8 ghz.
    Mas antes que vc responda, sei q esse equipamento q vc usa (ou usou é bom) mas a performance dele é boa em uma frequencia alta como essas pq não tem interferência ( vai ser o unico radio a operar ) e usa alta potência.
    Mas afirmo; quanto mais alta a frequencia, maior é a degradação do sinal em medias e longas distancias.
    Para isso usa-se equipamentos que compensem a degradação, e lógico, existem outros fatores a analisar...

    "Com as freqüências mais baixas é possível enlaces com distâncias maiores, o espectro encontra-se no entanto mais congestionado. Freqüências maiores de 8 GHz são mais sensíveis a atenuação pela chuva e são empregadas em enlaces menores (poucos quilômetros)."

    A questão é que foi postado que freqüências mais altas são piores... não concordo. Depende da aplicação e equipamentos envolvidos.



  3. #15
    Avatar de marcelomg
    Ingresso
    Jan 2006
    Localização
    São Lourenço do Sul, Brazil
    Posts
    1.476

    Padrão

    Citação Postado originalmente por sergio Ver Post
    Para isso usa-se equipamentos que compensem a degradação, e lógico, existem outros fatores a analisar...

    "Com as freqüências mais baixas é possível enlaces com distâncias maiores, o espectro encontra-se no entanto mais congestionado. Freqüências maiores de 8 GHz são mais sensíveis a atenuação pela chuva e são empregadas em enlaces menores (poucos quilômetros)."

    A questão é que foi postado que freqüências mais altas são piores... não concordo. Depende da aplicação e equipamentos envolvidos.
    Correto, fui especifico sobre freqüência pois não conheço o radio e nunca usei nada alem de 2.4 e 5.8 ghz.

  4. #16

    Question

    um Link Via Radio em uma distancia exata de 16 km com equipamentos de ponta " como disse o vendedor " será q o ping é muito alto ? será q vale apena contratar um link dedicado a Radio ?



  5. #17

    Padrão

    Citação Postado originalmente por sergio Ver Post
    Pior em que sentido??? Usei radios NEC e Ericsson e 23 Ghz e 36 Ghz durante 6 anos e nunca, eu disse nunca, tive problemas. São rádios montados pela Embratel.

    Se você diz que é pior no sentido de calibração do equipamento, até concordo, mas simplesmente dizer que se a frequência é alta é pior, está errado. Depende do equipamento que usar e mais alguns fatores técnicos.
    Desculpe. Estava me referindo a calibração e alguns cuidados para se trabalhar nesta frequência.... Quanto maior a frequencia, menor o "tamanho" do sinal... menor também a potência necessária para transmití-lo.... Dependendo das condições climáticas, isso pode representar um problema.... Por exemplo... No Brasil a SKY BRASIL (tv por assinatura via satélite), trabalha com frequência de decida na faixa de 15GHz.... Quando o tempo fecha, corta todo o sinal.... Estava me referindo a este "pior".... Quanto menor o "tamanho" da onda do sinal, mais difícil fica de ela "penetrar" em nuvens, por exemplo. Para se ter uma idéia do "tamanho" da onda em 36GHz é só dividor 36.000.000.000 por 300.000 (velocidade da luz), fica igual a 8,3333333333333333333333333333333333333. Ou seja, a largura do sinal para 36GHz é de 8,3 mm.... Já em uma frequência de 2.4 GHz, fica em 8 cm.... é por isso que o dipolo das antenas, variam de acordo com a freqência.... Só me referi que era "pior" devido este fator.... mas é aquilo... dependendo da distância, dos equipamentos e de outros fatores... como o amigo acima afirmou, fica blz também....

  6. #18

    Padrão

    Citação Postado originalmente por catvbrasil Ver Post
    Desculpe. Estava me referindo a calibração e alguns cuidados para se trabalhar nesta frequência.... Quanto maior a frequencia, menor o "tamanho" do sinal... menor também a potência necessária para transmití-lo.... Dependendo das condições climáticas, isso pode representar um problema.... Por exemplo... No Brasil a SKY BRASIL (tv por assinatura via satélite), trabalha com frequência de decida na faixa de 15GHz.... Quando o tempo fecha, corta todo o sinal.... Estava me referindo a este "pior".... Quanto menor o "tamanho" da onda do sinal, mais difícil fica de ela "penetrar" em nuvens, por exemplo. Para se ter uma idéia do "tamanho" da onda em 36GHz é só dividor 36.000.000.000 por 300.000 (velocidade da luz), fica igual a 8,3333333333333333333333333333333333333. Ou seja, a largura do sinal para 36GHz é de 8,3 mm.... Já em uma frequência de 2.4 GHz, fica em 8 cm.... é por isso que o dipolo das antenas, variam de acordo com a freqência.... Só me referi que era "pior" devido este fator.... mas é aquilo... dependendo da distância, dos equipamentos e de outros fatores... como o amigo acima afirmou, fica blz também....


    amigo tambem sou do rio de janeiro e entrei em contato com a empressa q vc me indicou , e pelo geito vou fexar com ela mesmo , vc tem um msn para gente trocar uma ideia sobre essa operadora ?