Página 3 de 3 PrimeiroPrimeiro 123
+ Responder ao Tópico



  1. Citação Postado originalmente por LinuxKids Ver Post
    Não sei, de vocês mas acho que controlar P2P é falta de respeito com o cliente, já que ele contrata a velocidade por exemplo 500Kbps, e faz download em p2p a 15kbps, 5kbps.
    Primeiro acho isso ilegal, e segundo desrespeito para com o usuario.
    Se estamos provendo o serviço nada melhor do que prover o serviço com qualidade. entrega a banda do cara ele que se exploda se não conseguir navegar e ligar enchendo o saco, ae fala para ele desligar, o P2P.
    Mas veja bem isso em para quem controla P2P em provedor, não para uma empresa que tem sua banda limitada e tem usuarios detonando a rede com p2p, nesse caso só a favor até do bloqueio do P2P.

    Bom essa é minha opnião. e acho que isso vai dar uma discussão boa.
    Vai

    O problema do p2p são das grandes operadoras oferecendo velocidades altas com preços baixos sendo que não existe magica que faça um negocio ser lucrativo , o que é o objetivo de todo negócio ( estamos falando de brasil, favor não vir com exemplo de que no japão o cara paga 10 reais por 100mbits sem Traffic Shaping).

    8megas por 200 reais, sendo que nós provedores pagamos mais de mil reais por 1 mega, como vamos vender para um cliente 300kbps por 50 reais? O pessoal se engana muito com propaganda, os contratos destas operadoras grandes de banda larga, garantem de 10% ( DENTRO DA REDE INTERNA DELES) e tem ate contrato que não existe garantia de velocidade de trafego. Mas o consumidor, só quer ver o lado dele e tambem não sabe o custo de um link. Ate telefonia ilimitada tem limites contra abuso. o cara pagar 50 reais para usar uma conexao 24/7 no topo como um link dedicado e um provedor pagar pelos mesmos 300kbps dependendo da região entre 300 a 400 reais, não tem como haver o negocio.

    Claro que vivemos da Oversubscription , e da pra atender os clientes com qualidade que utilizam a internet normalmente , e que no final das contas acabam pagando pelo excesso dos clientes de P2P 24/7.

    Na verdade não estamos fazendo nada de ilegal, já que nosso contrato tem garantias minimas de velocidade e tambem a forma que a internet funciona, é impossível até para nós provedores termos garantia de nosso fornecedor de banda.

    Ex hipotético: temos um link de 100mbits com operadora x, e acessamos um site que não tem capacidade de banda para fornecer nem 1mbit, temos garantia de banda de 100mbits da operadora. Quando começarmos a baixar deste site e o downlad vir a 1mbit vamos ligar para operadora reclamando que esta lento?

    Infelizmente a internet é um meio que não tem como garantir, e no modelo de negocio de provedor, matematicamente falando para sobrar alguma coisa no final do mês , temos que agradecer quando um usuario que tem suporte local, personalizado mas só quer saber de preço e propaganda enganosa das grandes, se muda para eles e depois se arrepende!

    Uma idéia que tenho sobre isto é criar um plano especial para usuarios p2p , "Plano P2P PLUS com priorização de tráfego p2p para você. Se você não está baixando no maximo pode ter certeza que é problema nas suas fontes!" Custando 3 ou 4 vezes a mais que o plano comum. Para diminuir o prejuizo!
    Última edição por gustkiller; 24-09-2007 às 13:06.

  2. Citação Postado originalmente por roneyeduardo Ver Post
    Seguinte pessoal, eu andei monitorando aqui o tráfego da minha rede, e notei que o access log do meu squid começou a mostrar uma quantidade muito grande de: " error:unsupported-request-method"....

    Fui atrás e percebi que isso tava acontecendo porque os softwares de p2p criptografados estava tentando a conexão pela porta 80, porém os headers dos pacotes não eram compatíveis com o protocolo HTTP, que é o que o squid espera e o cliente não consegue conectar na rede p2p, tendo que desconfigurar a opção de criptografia. Assim, então, voltam a sofrer o traffic shapping através do layer7 e do ipp2p.

    Quanto ao SFQ, seu objetivo é trabalhar na alocação/distribuição da banda de forma justa...mas a maneira como ele é implementado a distribuição da banda ainda se torna "unfair", visto que clientes com um número maior de requisições / conexões conseguem ter mais banda alocada do que clientes com poucas conexões.

    Para solucionar esse problema, foi criado um patch para o kernel e para o iproute, chamado ESFQ (Enhanced SFQ), onde se faz a alocação de banda por IP, e não por conexão.

    ESFQ for Linux 2.6

    Eu compilei e tô usando ele aqui...a diferença é muito grande...melhore e muito na equalização do compartilhamento da banda...
    Olá Amigo !

    Entao os p2p criptografados nao funcionão ai ?

    teria como tu dar uma ajuda pra nos tipo colocar as configs do teu squid a versão dele !

    por que no meu aqui nao aparece este erro que tu mencionou !

    desde já agradeço por sua Atenção !






Tópicos Similares

  1. VOIP - Um novo golpe?
    Por muraro no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 10
    Último Post: 13-01-2006, 15:24
  2. Montando um novo provedor
    Por daniel_tux no fórum Redes
    Respostas: 14
    Último Post: 01-12-2005, 14:08
  3. incluindo um novo gerenciador de janelas na tela de login
    Por major505 no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 0
    Último Post: 26-07-2005, 16:26
  4. Wireless - Sempre um novo problema
    Por andrequiri no fórum Redes
    Respostas: 27
    Último Post: 23-12-2004, 00:51
  5. NOVO DESAFIO - FIREWALL
    Por 1c3m4n no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 4
    Último Post: 03-10-2002, 12:56

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L