Página 2 de 3 PrimeiroPrimeiro 123 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #7

    Padrão

    tem que ser tudo homologado, Roteadores, Switch, Cobos, Radios, Antenas e etc....

  2. #8

    Padrão

    Tem mais uma.
    Tudo tem que ter nota fiscal em nome da empresa.
    É mole



  3. #9

    Padrão

    Meus amigos, como fica a situação na casa do cliente. Eles vão lá também?

    Pergunto porque no PY tem APs por menos da metade. Site em portugues e até propaganda que é homologado.

    Eu posso ir lá e pegar um ou dois, declarar na aduana e pagar os impostos. Ainda sai barato e assim eu legalizo tudo. Mas se eu quiser pegar 50 APs, vai dar problema já que a tributação na fronteira é para pessoa física e pouca quantidade. Vão pensar que vou revender.

  4. #10

    Padrão

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Puxa, meu... até switches?
    Eu pensei que este escapava. Partindo desta premissa, eles poderão teoricamente chegar até o PC. Eu pensava que era qualquer equipamento entre o AP (ou os cartões) e a antena incluindo estes. Todos os componentes diretamente envolvidos na irradiação. Mas qualquer hora eles vão querer até a torre homologada.
    Vou ter que ler novamente no site da Anatel.
    Vivendo e aprendendo.
    Torre homologada! Por enquanto não! Mais aqui na minha cidade a prefeitura está obrigando ter projeto, ai já viu...tive que pagar engenheiro mecânico, ainda nem ficou pronto! Mais essa semana acerto as coisas aqui.



  5. #11

    Padrão

    sobre torre tem muitos lugares ja que estao exigindo projetos,

  6. #12

    Padrão

    O problema é que não é todo engenheiro que tem experiencia em projetos desta natureza. Normalmente nas cidades pequenas é só construção civil mesmo.

    Eu estou para confeccionar uma com 30 metros. Meu serralheiro já fêz outras.
    Ele fêz uma de 25 metros autoportante. Ficou esquisita pois tem 3mx3m na base e termina lá em cima com 1,5x1,5. É quase um "tronco". Achei um exagero.
    Dai a importancia de um cálculo estrutural para dar segurança e ao mesmo tempo economia de material.
    Mas engenheiro civil na minha região acho que não tem para calcular. Será que é possivel comprar um projeto e então usar o engenheiro aqui só para a execução?