• Microsoft Descontinua o Kin

    Acredite se quiser! Logo após dois meses de seu lançamento, a Microsoft já vai descontinuar o Kin, sua aposta no mercado de smartphones voltada para o uso integrado de redes sociais. Sim! A própria empresa de Redmond já deu o recado, e você pode ler sobre o assunto em todos os cantos da Internet: a linha de smartphones Kin foi devidamente morta. Inclusive, segue abaixo parte do anúncio oficial:

    "Nós tomamos a decisão de nos concentrar exclusivamente no Windows Phone 7, e não vamos enviar o Kin para a Europa ao final deste verão, como planejado. Além disso, nós estamos integrando nossa equipe de desenvolvimento do KIN com a equipe de desenvolvimento do Windows Phone 7, incorporando assim idéias e tecnologias valiosas do KIN, para as futuras versões do Windows Phone à serem lançadas no futuro. Nós iremos continuar a trabalhar com a Verizon nos Estados Unidos, para vender os KIN correntes."

    E parecia que algo realmente estava para acontecer, quando há dois dias atrás, a Verizon reduziu drasticamente pela metade os preços dos smartphones Kin. Provavelmente a Microsoft estava tentando ver se o smartphone emplacava com esse "pequeno" incentivo. Porém, parece que a estratégia não teve o efeito desejado, e a Microsoft resolveu descontinuar o projeto. Outra visão mais pessimista, é que a empresa de Redmond já havia analisado o desastre da campanha, e estava tentando vender seus estoques do Kin o quanto antes, e posteriormente anunciar o fim da vida dessa aposta arriscada.

    Uma pena, pois o Kin parecia ter o seu potencial, no nicho a que ele se destinava claro que o projeto não parecia estar apto em funcionalidades para concorrer com os vários modelos de smartphones embarcados com o Android, ou mesmo com o todo-poderoso iPhone 4, que em apenas 3 dias de vendagem, comercializou quase 2 milhões de unidades do carro-chefe da Apple. Quem sabe esse sucesso exorbitante da empresa de Steve Jobs não tenha sido o "golpe de misericórdia" nos planos da Microsoft?

    E mesmo com a atual proposta da empresa de direcionar a equipe de desenvolvimento do finado KIN para a equipe de desenvolvimento do Windows Phone 7, a Microsoft não sairá ilesa, financeiramente falando. Muito se gastou (milhões) colm o projeto, desde sua idealização, até a disponibilidade do produto nas vitrines. Essa estratégia falha não saiu barato, mas talvez sua morte prematura programada seja uma maneira de reduzir ainda mais o prejuízo avaliado desse projeto.

    A aceitação do público também contribuiu para a queda do Kin. Aposto que muitos viram esse smartphone como apenas "mais um gadget para interagir com redes sociais", e não um "algo mais". Muito menos um concorrente à altura com o Android e o iPhone.

    É interessante notar que o Zune continua ai, vivo. Aposto que muitos estão se questionando, do "Por que" a Microsoft não matou esse gadget. Provavelmente ainda está dando certa margem de lucro. Ou mesmo dando prejuízo a empresa, deve ajudar a manter uma seleta fatia do mercado, não deixando o iPod abocanhar tudo para si.

    Com toda essa história, tenho pena agora dos milhares de órfãos que já devem ter adquirido seu Kin. pessoas que apostaram na empresa e viram o real valor do smartphone em suas vidas. Mesmo a Microsoft garantindo aos seus compradores que manterá toda a infra-estrutura de atendimento pós-venda para eles, não será a mesma coisa. Mas quem sabe daqui há alguns anos, o Kin não vire um item valioso nas mãos de colecionadores...?


    Notícias Relacionadas:

    - Novidades do Microsoft Kin
    - Salesforce.com Processa Microsoft por Violação de Patente


    Links de Interesse:

    - Microsoft Kin Is Dis-Kin-Tinued


    Sobre o Autor: tuxdahora


    Comentários 2 Comentários
    1. Avatar de pedrovigia
      pedrovigia -
      Poderiam descontinua o windows, deste o XP não sai nada que preste ....
    1. Avatar de Genis
      Genis -
      eu tambem concordo, depois do windows 98 Se, demorou, mais saiu o windows XP SP3, ai todos q sai agora não é bom quanto, eu acho que a microsoft deveria lancar apenas o SP4 para o windows XP, e tirar do mercado windows vista e o windows 7.
    + Enviar Comentário

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L