• A Extinção do Google Wave

    Quando os desevolvedores do Google tiveram o que eles consideraram ser "uma brilhante idéia" - implementar um serviço com as catacterísticas do Wave - apostaram em uma aceitação em larga escala por parte dos usuários. Afinal de contas, eles criariam em uma única plataforma, um serviço que unificaria todos os outros serviços já disponibilizados pela companhia através da Internet. A empresa ainda garantiu que o mesmo seria de fácil utilização, prático, e com muita aceitação por parte dos usuários. Mas parece que a idéia não vingou. Mesmo com todos os esforços por parte da equipe de desenvolvimento, o Wave não conseguiu todo o sucesso e aceitação que almejava. E essa derrota fez com que a Gigante das Buscas começasse a cogitar seriamente, que o seu desenvolvimento chegasse ao fim.




    Em decorrência desta sequência de contrariedades, neste último dia 04 de agosto, o Google anunciou oficialmente a interrupção do desenvolvimento do Google Wave. O Google Wave é considerado o produto all-in-one da companhia, que reúne vários serviços em uma única plataforma de colaboração. Originalmente, o serviço foi lançado no mês de maio de 2009 durante a conferência Google I/O. O evento contou com a participação de mais de 4 mil desenvolvedores, e logo na fase de sua "febre inaugural", o Google Wave se restringia somente à convidados, fazendo com que mais usuários ficassem curiosos e interessados em receber um convite para ter acesso à um serviço tão inovador. Nas redes sociais mais populares, principalmente no micro-blogging Twitter, o lançamento do Wave era assunto de extrema relevância, pois todos queriam saber mais sobre as suas funcionalidades.

    A Gigante da Internet disse que precisou tomar essa decisão enérgica após perceber de forma clara que o serviço, inicialmente adotado por um considerável número de usuários, não estava atendendo às expectativas dos mesmos. O intuito do Wave era unificar serviços de e-mail, mensagens instantâneas, edição colaborativa de documentos e outros meios de comunicação em um único modelo comum, através de front-end de aplicações Web bastante interartivo.

    O sistema subjacente era o Jabber XMPP Protocol and Operational Transform, um protocolo destinado à troca de atualizações de comunicação entre servidores Wave, permitindo que houvesse uma integração entre os mesmos. O tão ambicionado projeto bateu de frente com diversos problemas desde o início de sua implantação; problemas estes que envolviam questões críticas como desempenho e usabilidade. Embora os desenvolvedores do Google tivessem resolvido muitos desses entraves, o Wave ainda apresentava um processo de "aprendizagem" bastante difícil. Era o grande prenúncio de que o serviço estaria fadado à extinção. Não havia sentido continuar desenvolvendo um serviço que acabou contrariando os anseios do público e dos que trabalharam em sua projeção.

    Levando em consideração todos os relatos de insatisfação, ocorrências negativas e demais transtornos, a equipe de desenvolvedores do Google não pretende continuar a desenvolver o Wave como um produto autônomo, mas irá manter a atividade do site pelo menos até o final desse ano, e estenderá a tecnologia para que a mesma seja utilizada em outros projetos da empresa.


    Notícias Relacionadas:

    - Existem Alternativas para o Google Wave?


    Links de Interesse:

    - Google Wave Is Dead: Now What?

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L