• Terry Childs Condenado a 4 Anos de Prisão

    E mais um caso de tribunal envolvendo o mundo digital. Terry Childs, ex-administrador da cidade de San Francisco, foi condenado em abril desse ano por violar as leis de pirataria da Califórnia depois de ter se recusado a entregar as senhas administrativas para a rede FiberWAN da cidade, em julho de 2008, dois anos atrás. Nesta sexta-feira, dia 6 de agosto, Childs foi condenado a 4 anos de detenção na prisão estadual, pelo juiz Teri Jackson. A informação foi passada para a imprensa por Erica Derryck, uma porta-voz do escritório do procurador distrital de San francisco.

    Na época, Childs reteve as senhas de acesso à rede da cidade por doze dias. Mesmo que a recusa tenha levado tão pouco tempo, os jurados afirmaram que ao negar a cidade o controle administrativo de sua própria rede, ele tinha violado a lei estadual.

    É claro que Childs defendeu suas ações durante esse longo julgamento, dizendo que estava apenas fazendo o seu trabalho, e que seu supervisor, Richard Robinson o chefe de operações do Department of Technology and Information Services, não era qualificado para ter acesso as senhas. Depois de 12 dias, Childs resolveu entregar as senhas para o próprio prefeito da cidade, Gavin Newsom.

    No julgamento, os promotores caracterizaram o antigo administrador como uma pessoal anormal (freak) com fome de controle e poder, que não podia ser gerido. Ainda de acordo com Derryck, Childs já estava preso desde o início do incidente, e já cumpriu 755 dia de prisão, e o tempo de cadeia servirá para a contagem na nova sentença. Isso significa que Childs já poderia estar em Condicional depois de quatro a seis meses após esse julgamento. Ele enfrentou uma pena máxima de cinco anos de prisão.

    Para piorar ainda mais a situação do ex-administrador, Childs ainda poderá ter que arcar com a "conta" da cidade, em US$ 900 mil, gastos na tentativa de conseguir o controle de sua rede. A audiência sobre as sanções financeiras está marcada para dia 13 de agosto desse ano. Já os advogados de Child não estavam disponíveis para comentar o caso.

    Ha sentença da juíza da Suprema Corte, Teri Jackson, Childs estava simplesmente errado em achar que tinha posse do sistema que ele havia construído para a cidade. Em abril deste ano ele foi declarado culpado pelo crime de adulteração de computadores, além de uma acusação separada quanto aos custos "sofridos" pela cidade para tentar reaver as senhas.

    Devido a conflitos internos em seu ambiente de trabalho, Childs havia isolado seu superior de ter acesso as senhas do sistema que ele mesmo havia construído. A rede construída por Childs permite que vários computadores da cidade pudessem efetuar trocas de e-mail e informações.

    Os advogados de Childs argumentaram que seu cliente foi vítima de uma má administração pela cidade. Eles disseram que ele era um perito super-zeloso que estava disposto a proteger o sistema das ações de seus superiores. O advogado de defesa, Valerio Romano, disse que Childs não era risco para a sociedade e seus crimes eram simples erros de julgamento, em um motivo financeiro. Ele havia pedido para que Childs fosse colocado em liberdade condicional.


    Links de Interesse:

    - Network admin Terry Childs gets 4-year sentence
    - S.F. computer whiz Childs gets 4-year sentence

    Sobre o Autor: saryshagan


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L