• Google Adquire Angstro

    É fato! Como parte de sua campanha para criar um serviço de redes sociais com o intuito de combater o rápido crescimento do Facebook (a maior rede social do mundo), o Google confirmou nesta sexta-feira dia 27 de agosto, que tinha comprado a Angstro, e contratado seu co-fundador, Rohit Khare. Khare é um pesquisador da Internet bastante respeitado, e uma das várias caras novas no Google responsável em ajudar a Gigante da Internet em ser competitiva no atual mercado de redes sociais.

    A Angstro é uma empresa startup de agregação de notícias que se concentra em notícias de fontes específicas. Algo parecido com o Google Alert com feeds parecidos com os do LinkedIn, e a utilização de conexões sociais para garantir que você encontre a pessoa certa, e não alguém com o mesmo nome da busca que você efetuou.


    Rohit Khare.

    Ainda nesse mês, o Google já havia recrutado Max Levchin, o co-fundador do Pay Pal Inc., ao adquirir a Slide. Levchin era executivo chefe da Slide na época da aquisição, e agora é vice-presidente de engenharia e tem a importante missão de avançar nos esforços do Google na área de redes sociais. Na época, o Google adquiriu a Slide por US$ 182 milhões, com um extra de US$ 46 milhões em bônus de retenção.

    Nesta sexta-feira, um porta-voz do Google confirmou a aquisição da Angstro, mas não quis comentar o papel de Khare na nova companhia. Já no Twitter, Joseph Smarr, um empregado do Google afirmou que: "Emocionado com as boas-vindas a @rohitkhare ao Google, para nos ajudar a construir uma rede social melhor!".

    Apelidado de "Google Me! dentro da própria empresa, o (futuro) serviço de redes sociais está sendo desenvolvido à sete chaves e ninguém quer (ou pode) falar sobre o assunto em maiores detalhes. E as apostas estão altas para o Google: a ameaça do Facebook a dominância do Google na Web é o principal tópico de discussão, praticamente diária, entre investidores e executivos da companhia.

    Muitos de seus consumidores não ficam mais presos aos serviços do Google. Eles tem migrado para o Facebook com o intuito de encontrar conteúdo, produtos e serviços na Internet. E a maior rede social do mundo está investindo pesado na aquisição de novos usuários da Gigante da internet. De acordo com Augie Ray, analista da Forrester Research, o tráfego do Facebook na Grande Rede tem crescido assustadoramente.

    E para piorar a situação, muitos ex-executivos do Google estão mergulhando de cabeça em publicidade no Facebook, uma rede social com grande potencial localizado de consumidores. Afinal, são mais de 500 milhões de usuários utilizando os serviços da empresa. Especula-se até que o Facebook esteja planejando utilizar seu próprio sistema de vinculação de publicidade na Web, e assim, competir diretamente com o AdSense do Google.

    Ainda de acordo com Raid "Existe uma pressão crescente, porque o Google não está parecendo ser relevante como uma vez foi, em termos de ser uma companhia sempre pensando à frente", e completou "O Google teve um grande papel na mudança do mundo nos últimos 10 anos. Agora o mundo está mudando novamente, e o Google parece mais ser um seguidor que um líder".

    Por sinal, um dos motivos da contratação de Khare, foi justamente a seriedade que a empresa quer combater o Facebook e se manter dominante na rede. Existem rumores que Vic Gundotra, vice-presidente de engenharia da companhia, fez pessoalmente o pedido para a inclusão de Khare no quadro de funcionários. E ele é uma ótima escolha para a companhia, já que vê a Web de forma aberta, e não presa apenas a um sirte como o Facebook. Vale lembrar que o motor de buscas do Google não consegue acessar muito do conteúdo do Facebook.


    Links de Interesse:

    - Google buys Angstro, hires co-founder to build social networking service

    Sobre o Autor: saryshagan


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L