• Facebook Processa Teachbook

    Será que o Facebook está indo para o lado negro da força? A maior rede social do planeta está planejando uma caça a todos os sites que utilizam a palavra book em seu nome de domínio, e que sejam (ou sequer lembrem ter) vocação ou direção de uma rede social. E a bola da vez é um site de rede social voltado para professores, apelidado de Teachbook. E a justificativa (nada convincente) da empresa para entrar com esse processo contra o Teachbook, é de que a parte book do nome é o que a maioria das pessoas associam com a rede social Facebook. Parece piada, mas se essa ação de "ataque" contra partes de nomes de domínio genéricos passar num tribunal e der causa ganha para o Facebook, o mundo não terá mais salvação.

    Se já vemos a Apple atacando (e tomando para si) vários nomes de domínio que seja de seu interesse só porque começam com "i" (como iTV por exemplo), imagine se o Facebook consegue processar todo e qualquer site que possua book em seu nome de domínio? Aparentemente, a maior rede social do planeta está atacando apenas sites que possuam book em seu nome e que sejam redes sociais. Porém, além de ser muito subjetivo julgar o que é uma "rede social", por que dar exclusividade nisso ao Facebook? E eles resolveram atacar logo um alvo considerado difícil. Afinal, o book no nome de domínio Teachbook tem tudo a ver com o projeto ao qual o site se destina: agrupar professores.

    Essa talvez seja uma tática do Facebook. Caso a maior rede social do mundo consiga derrubar um projeto idôneo como esse, nenhum tribunal do mundo será capaz de segurar eles para ataques a quaisquer outros tipos de sites - sejam eles redes sociais ou não.

    O Facebook acha que pode tomar para si uma palavra genérica de dicionário, impedindo que outros a usem. Percebam que eles estão processando apenas pela palavra book, que faz parte do nome de domínio (e do projeto) completo desse Portal tomado (indevidamente) como alvo. O Facebook alega se terceiros começarem a utilizar a palavra book em seus nomes de domínio estarão se "beneficiando indevidamente" da popularidade dessa rede social.

    De acordo com a própria rede social "Se outros puderem usar livremente marcas 'qualquer coisa mais book' para serviços online onde o alvo é uma categoria de indivíduos em particular, o sufixo book poderia se tornar um termo genérico para 'comunidade online/serviços de rede' ou 'serviços de redes sociais'", e ainda completou "Isso diluiria o caráter distintivo das marcas Facebook, prejudicando sua capacidade de funcionar como identificador único das mercadorias e serviços do Facebook".

    Pena que eles "esquecem" que book sempre foi um termo genérico, ainda mais associado a educação. Se tem alguém que esteve sempre tentando distorcer o significado dessa palavra, foi o próprio Facebook.

    Eles ainda se "condenam" ao dizer que a escolha da palavra book para o Facebook foi feita de forma arbitrária. A palavra book é comumente utilizada em todo o mundo, e eles afirmam ter escolhido a mesma de forma arbitrária. E agora querem tomar para si o arbitrariamente comum, e impedir que terceiros utilizem a mesma. Não acredito que uma corte vá dar causa ganha para o Facebook, mas infelizmente não estamos em um mundo são. E se eles ganharem essa causa, muitas outras empresas a seguirão. E sendo bastante irônico, se essa loucura se concretizar, daqui a pouco teremos de pagar para usar as palavras de nosso vocabulário, idioma nativo, e vão cobrar royalties dos autores de dicionários em todo o mundo, e os pobres serão permanentemente analfabetos :-D


    Links de Interesse:

    - Facebook Sues Teachbook Over Use of 'Book'

    Sobre o Autor: saryshagan


    Comentários 1 Comentário
    1. Avatar de alamdias
      alamdias -
      Esdrúxula e ação, seria o mesmo com a palavra face.

      Isso é coisa de Gringo, só poderia.

      Lamentável como as empresas .com estão se degladiando e esquecendo que a internet, está entrando em colapso.

      Alam
    + Enviar Comentário

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L