• Paul Allen: Co-Fundador da Microsoft Processando Apple, Google, Yahoo e outras

    E da série "ataques de patentes", a última vem direto do âmago da Microsoft. Ninguém menos que Paul Allen, co-fundador da Microsoft junto a Bill Gates, está processando várias empresas da área de tecnologia. E se você pensa que são empresas desconhecidas, se engana. Allen está processando algumas das maiores empresas do setor, como o Google e a Apple. Ao todo são 11 empresas da área tecnológica sendo processadas por violação de patentes. As patentes citadas aparentemente cobrem tecnologias relacionadas ao comércio eletrônico e navegação online.

    O processo de Allen alega violações de patentes desenvolvidas na sua Interval Research Corp., uma incubadora de tecnologia. Segundo o WSJ (Wall Street Journal), as empresas que estão na mira de Alen incluem AOL, eBay, Facebook, Netflix, Office Depot, OfficeMax, Yahoo, YouTube e Staples.

    Um porta-voz do próprio Allen, contou ao WSJ que "Paul acha que isso é importante, não só para ele, mas para os pesquisadores na Interval, que criaram essa tecnologia" e completou "Nós reconhecemos que a inovação possui um valor, e as patentes são uma forma de refletir isso". As quatro patentes apresentadas, aparentemente, cobrem tecnologias relacionadas ao comércio eletrônico e navegação on-line, incluindo alertas para usuários online e maneiras de chamar a atenção dos usuários para uma próxima tela. O mais interessante de tudo isso é que a Microsoft não é citada no processo.

    Paul Allen e Bill Gates fundaram a Microsoft em 1975, após ambos verem um artigo na revista Popular Electronics sobre o MITS Altair 8800, haviam decidido desenvolver uma linguagem de programação para ele, a Altair BACIS, e assim poder operá-lo. O site corporativo da Microsoft chama a Altair BASIC de "a primeira linguagem de programação escrita para computadores pessoais". no entanto, Allen se demitiu de sua posição de executivo da Microsoft em 1983, no mesmo ano em que ele foi primeiramente diagnosticado com um Linfoma Não-Hodkin, um cancer no sistema linfático.

    Após o sucesso no tratamento dessa doença, Allen investiu em uma série de iniciativas empresariais, destacando a Portland Trail Blazers e equipe esportiva Seattle Seahawks. Ele também ajudou a fundar a DreamWorks Animation e a Charter Communications. Sua incubadora, a Interval Research, conseguiu registrar umas 300 patentes antes de encerrar saus atividades no ano de 2000.

    Já em novembro de 2009, Allen Allen foi novamente diagnosticado com Linfoma Não-Hodkin, e sofreu um ciclo de quimioterapia, até que um porta-voz informou que ele "atualmente não possui mais problemas médicos". Em julho desse ano Allen anunciou que doaria a maior parte de sua riqueza, que atualmente soma um montante de US$ 13,5 bilhões, para a caridade. Mas somente após a sua morte.

    No dia 15 de julho deste ano de 2010, Allen afirmou em uma declaração reproduzida pela Reuters "Hoje eu também quero anunciar que meus esforços filantrópicos continuarão depois de minha vida" e continuou "Eu tenho planejado isso já há muitos anos, que a maioria de meus bens serão deixados à filantropia para continuar o trabalho da Paul G. Allen Family Foundation, e para o financiamento de pesquisa científica sem fins lucrativos".


    Links de Interesse:

    - Microsoft Co-Founder Paul Allen Sues Apple, Google, Others

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L