• Amazon Lança Kindle Singles

    Em um a jogada interessante, a Amazon anunciou hoje, dia 12 de outubro de 2010, que vai lançar uma categoria nova na Kindle Store, chamada de Kindle Singles. Essa nova categoria se destina a produtos para leitura da empresa que sejam maiores que uma revista, porém menores que um livro. Nas palavras da própria empresa, essa nova categoria irá compreender materiais que sejam na quantidade de "alguns capítulos de um livro comum".

    A Amazon ainda disse que essa nova forma de arte curta seria oferecida por preços muito mais em conta do que livros completos. Com isso, a ideia da empresa é comercializar produtos que sejam mais curtos em conteúdo, e com isso sejam mais acessíveis.

    Nas palavras da própria companhia "Em muitos casos, de 10.000 a 30.000 palavras (cerca de 30 a 90 páginas) pode ser o comprimento natural e perfeito, para expor uma ideia simples e matadora, bem pesquisada, bem argumentada e bem ilustrada - seja ela uma lição de negócios, um ponto de vista político, um argumento científico, ou um ensaio muito bem trabalhado em um evento atual".

    Com isso, os autores terão um novo local para focalizar esses tipos de criação, e a Amazon está fazendo uma chamada para "autores sérios, pensadores, cientistas, empresários, historiadores, políticos, e editores, para participar da Amazon e fazer tais obras disponíveis para os leitores de todo o mundo".

    Porém, ainda não há nenhuma palavra sobre quando o novo serviço será lançado para o público, até mesmo porque a empresa precisa de "produtos prontos" nesse novo format para oferecer ao público. A Amazon também não se pronunciou sobre a faixa de preço que um Single possa vir a custar: apenas afirmou que seu valor será menor que de um livro "tradicional". Outra dúvida é se o mesmo poderá ter seu upload realizado via do-it-yourself DTP (Digital Text Platform) da empresa. Mas muitos esperam que o valor de cada Single possa ser menor que US$ 1,00, e que possivelmente serão encontrados conteúdos livres nesse novo formato à disposição do consumidor.

    Mas claro que é óbvio, a Amazon vê nessa estratégia um enorme potencial lucrativo de vendas, principalmente para produtos "similares" já presentes na própria Amazon, que não tiveram seu devido "lugar ao Sol" até o momento. Dentro dessa estratégia, há muito o que a Amazon "desenterrar o encalhe" de suas estantes digitais.

    Outro ponto importante é que esse novo format realmente promete, e pode ser adotado até mesmo em cursos de formação. A maioria dos conteúdos ministrados em aulas, cursos, colégios e faculdades, poderiam se encaixar nesse novo modelo. Isso significa que, ao invés de se produzir livros enormes abordando um anúncio tema, os Singles poderão dominar na área de expertise de forma muito mais pontual.

    O pouco conteúdo (se comparado a um livro tradicional) também se "encaixa" melhor nos moldes do Kindle, que mesmo sendo inovador, ainda possui uma tela muito pequena para a apresentação de conteúdo considerado tradicional. Isso também significa uma redução considerável de navegação (e consequentemente, consumo de batera) por parte do pequeno possante da empresa, permitindo que os leitores possam assimilar conteúdo de forma mais rápida, que nos "formatos de texto tradicionais".


    Links de Interesse:

    - Amazon launching mini e-book section: Kindle Singles
    - Amazon to sell short-form 'Singles' for Kindle

    Sobre o Autor: saryshagan


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L