• Máquina Virtual Parrot Apresenta Versão 3.0

    A Fundação Parrot lançou nesta quarta-feira 19 de janeiro, a versão 3.0.0 de sua máquina virtual de codinome "Beef Stew", que irá executar o Rakudo, a implementação do Perl 6. O Perl 6, ao contrário do Perl 5, mantém o compilador e runtime separados; o Parrot está sendo desenvolvido como a máquina virtual de execução para Perl 6 (código compilado). No entanto, a máquina virtual em questão não se limita ao Perl 6; ela também oferece suporte para outras linguagens dinâmicas, incluindo PHP, Python e Ruby, em vários estágios de finalização.

    Segundo os desenvolvedores, a última grande atualização para o Parrot apresenta várias mudanças fundamentais, incluindo a adição de uma nova API em parrot / api.h. Também estão incluídos packfile updates e experimental GDB pretty-printers em tools/dev para Parrot STRINGs e PMCs - para estes, a versão 7.2 do GNU Project Debugger (GDB) e Python são obrigatórios. Melhorias também foram feitas no suporte à Unicode para arquivos I / O, variáveis de ambiente, nomes de programas e parâmetros de linha de comando. Outras mudanças incluem a linguagem e as atualizações da documentação, bem como várias correções de bugs em relação à versão anterior. Os desenvolvedores fazem uma observação sobre o próximo lançamento que virá com a versão 3.1.0, agendado para 15 de Fevereiro.

    Informações adicionais sobre Parrot 3.0.0, incluindo uma lista completa das novas funcionalidades, podem ser encontradas nos comunicados oficiais a partir de sua própria página. Parrot caracteriza-se por ser uma ferramenta específica, de grande utilidade para quem precisa de maior velocidade na execução de scripts nas linguagens suportadas, além de trabalhar com um compilador JIT (Just-in-Time).


    Saiba Mais:

    [1] Parrot 3.0.0: http://lists.parrot.org/pipermail/pa...17/000147.html
    [2] Download do Parrot 3.0.0: http://parrot.org/download

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L