• Criptografia de Disco Baseada em Hardware

    O Trusted Computing Group (TCG) e Ponemon Institute divulgaram um relatório completo sobre as percepções em relação à unidades de auto-encriptação. O estudo entrevistou 517 profissionais de TI em serviços financeiros, setor público, varejo, saúde, tecnologia e outros campos que estavam familiarizados com unidades de auto-criptografia (SEDS).

    Os entrevistados acreditavam que a criptografia baseada em hardware, incluindo drives de auto-encriptação, fosse mais seguro que as alternativas de software. Cinqüenta e três por cento dos inquiridos referiram-se que os custos mais baixos foram características importantes para a auto-encriptação dessas unidades.

    A pesquisa também revelou que 41% atualmente, utiliza uma combinação de hardware e software de criptografia. Aquelas criptografias de hardware utilizadas acreditava-se que não impactasse na produtividade do usuário, e nem seria mais difícil de ser implementada.

    O relatório observa que mais da metade dos entrevistados, criptografam os dados para cumprir com as leis estaduais ou federais de proteção de dados, com quase metade de sua utilização para satisfazer os requisitos de conformidade interna.

    Usuários de TI nos estudos, disseram também que o desempenho e a facilidade de implantação foram as características mais importantes para a criptografia. Mais rápido tempo de setup, maior escalabilidade de SEDs e melhor desempenho do sistema devido à criptografia offloading. O relatório completo está disponível através de um documento em PDF.


    Saiba Mais:

    [1] Perceptions about Self-Encrypting Drives:
    http://www.trustedcomputinggroup.org...port.Final.pdf

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L