• Organizações Corporativas: 30% Revelam ser Alvos de Cibercriminosos

    De acordo com o relatório da pesquisa "Riscos Globais de Segurança", realizada pela Kaspersky Lab em conjunto com a agência de pesquisas B2B Internacional, foi revelado que 30% das empresas acreditam serem alvos de cibercriminosos. A pesquisa envolveu mais de 1.300 profissionais de TI, de 11 países diferentes, inclusive o Brasil.

    Levando em consideração os últimos 12 meses, a ameaça mais comum foi a infecção através de códigos maliciosos, de acordo com relato de 61% das empresas pesquisadas. Os cinco principais ataques virtuais com alvo nas organizações, também incluem mensagens de phishing, spam, invasões à rede e ataques de negação de serviços, os famosos DoS.

    Em virtude de tudo isso, quase 10% das empresas admite ter sofrido ao menos um ataque direcionado. Entretanto, o resultado mais assustador é o fato de que quase um terço dessas empresas, sentem uma enorme inseguranç se estivessem na mira de elementos ligados ao cibercrime.

    Eugene Kaspersky, CEO e co-fundador da Kaspersky Lab, afirma que o índice de empresas vítimas de ataques direcionados, pode configurar uma percentagem baixa, mas, na verdade é parcialmente alarmante". Essas ocorrências levam tempo para organizar ataques direcionados, pois os cibercriminosos precisam adaptá-los especificamente para alvos específicos.

    A única razão pela qual a porcentagem não é maior, é que a maioria destes ataques são projetados com total discrição, ou seja, sem ser alarmantes. Dessa forma, as empresas podem nunca tomar conhecimento sobre eles.


    Saiba Mais:

    [1] Convergência Digital http://convergenciadigital.uol.com.b...d=28341&sid=18

    Sobre o Autor: Camilla Lemke


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L