• Atividades de Maior Proibição no Ambiente de TI

    Mesmo que 74% dos profissionais entrevistados de TI já tenham "abusado" do sistema de TI da empresa, e poderiam ter perdido o seu emprego caso uma gravação de vídeo tivesse comprovado irregularidades, 92% dos entrevistados não se incomodaria a ser observado por um ferramenta de monitoramento de atividade.

    A razão é que quase metade da equipe de TI, precisa compartilhar nomes de usuário e senhas para algumas tarefas de administração do servidor, e 41% deles já estariam em uma situação em que teria sido benéfico se houvesse um vídeo detalhado de seu trabalho.

    Abaixo, está uma lista com o "Top 6" de atividades proibidas no local de trabalho entre a equipe de TI:

    1. 54% dos entrevistados, disseram que já baixaram conteúdo ilegal em seu local de trabalho.

    2. 48% deles, responderam que fizeram regras de exceção no firewall ou em outros sistemas de TI para fins pessoais, para contornar a política de TI no ambiente corporativo.

    3. 29% dos envolvidos na pesquisa, "têm levado para casa" detalhes da empresa.

    4. 25% têm procurado informações em arquivos confidenciais, que ficam guardados no servidor da empresa (como por exemplo, lista de salários).

    5. 16% leram e-mail de algum de seus colegas (lógico, sem a permissão do colega).

    6. 15% já excluíram ou modificaram arquivos de log, a fim de ocultar ou destruir provas.

    Embora ninguém se sinta confortável ao ser observado durante o trabalho - mesmo que tenham sido previamente informados sobre essa atividade - o controle dos usuários privilegiados torna-se uma atividade obrigatória, por causa da indústria e de políticas rigorosas que devem ser obedecidas.


    Saiba Mais:

    [1] Net Security http://www.net-security.org/secworld.php?id=11972

    Sobre o Autor: Camilla Lemke


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L