• Gerenciamento Remoto: Prioridade para Intel e McAfee

    Desde agosto do ano de 2010, a Intel já havia iniciado um intenso trabalho juntamente com a expert em segurança McAfee, com a finalidade chave de desenvolver soluções mais eficientes e eficazes para proteger as informações dos usuários. Nessa época, a McAfee ainda não havia sido adquirida pela Intel.

    Esse trabalho integrado entre as duas grandes empresas agora já apresenta bons resultados: através de uma coletiva de imprensa realizada hoje, dia 01 de dezembro, o gerente de engenharia de sistemas da McAfee Brasil, José Roberto Antunes, fez algumas considerações muito importantes, relacionadas aos desafios de segurança enfrentados nos dias de hoje pelo mercado corporativo. Dessa forma, ele apresentou algumas soluções da Intel-McAfee que prometem auxiliar bastante a vencer essas barreiras.

    O executivo enfatizou a necessidade de otimizar a eficiência de uma forma mais enérgica nas empresas, como outro grande desafio a ser enfrentado pelas áreas de TI. Na concepção de Antunes, as empresas precisam montar um esquema de contenção de consumo de energia e serem mais atentas quanto à ociosidade dos sistemas, trabalhando em prol da otimização e atendendo as especificações mais exigentes referentes à sustentabilidade.

    Exatamente nas áreas de redução de custos, velocidade de proteção, ganho de eficiência energética e otimização de recursos computacionais, é que as novas soluções de segurança da Intel-McAfee estarão em atividade constante. Lembrando que logo no início de 2012, o Deep Defender virá como a primeira solução a utilizar o recurso DeepSAFE.

    Para quem não sabe como funciona o sistema, trata-se de uma camada de software que atua antes do sistema operacional, sendo executada diretamente na CPU, protegendo em tempo real a memória do computador e evitando a perda de desempenho dos equipamentos devido a soluções de segurança.


    Ameaças Cibernéticas e Trabalho de Combate

    Antunes faz uma abordagem importante, dizendo que existem muitas ameaças no mundo cibernético e o trabalho de combate precisa ser cada vez mais inteligente, rápido e bem sucedido. Entre as ameaças citadas estão os Rootkits, que ficam invisíveis por atuarem antes do sistema operacional. Essas ameaças ficam invisíveis às soluções tradicionais de segurança. Tendo conhecimento de todo esse cenário, a McAfee e a Intel trabalharam durante dois anos, com muita dedicação, no desenvolvimento desse utilitário.

    Haverá também a entrega de uma outra solução de segurança, o Deep Command, que será disponibilizada pela Intel-McAfee no início de 2012. O Deep Command permite gerenciar sistemas de maneira remota, mesmo quando o computador estiver desligado. Antunes garante que o Deep Command oferece economia de custos com energia, enquanto mantém a segurança, de forma bastante ativa.

    O gerente acrescenta que este recurso possibilita aos administradores de TI, assegurar que os computadores estejam desligados sempre que não estiverem em uso. Antunes concorda que não existe uma cultura de gerenciamento remoto entre os executivos brasileiros que atuam na área de TI; entretanto, ele diz que isso acontece devido à preocupação com questões de segurança. Na opinião do executivo, a partir do momento em que houver a integração entre soluções de segurança e utilitários de gerenciamento remoto, certamente haverá uma grande mudança nessa cultura.


    Links de Interesse:

    -Gerenciamento Remoto: Prioridade para Intel e McAfee

    Sobre o Autor: Camilla Lemke


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L