• Crackers e Spammers se Infiltram como Amigos no Facebook

    Um novo estudo da Barracuda Labs, apresenta um exemplo de um número crescente de atacantes voltados para redes sociais para realizar os seus objetivos. O estudo analisa uma amostra aleatória de 2.884 contas ativas no Facebook, para identificar as principais diferenças entre contas de usuários reais e contas falsas criadas por crackers e spammers.

    Conclusões destacadas sobre o estudo realizado pela Barracuda Labs, incluem que quase 60 por cento de contas falsas afirmam ser bissexuais, 10 vezes mais do que os usuários reais. Contas falsas tem amigos seis vezes mais do que os usuários reais, um equivalente a 726 contra 130, contas falsas usando tags de fotos mais de 100 vezes que usuários reais, 136 tags por quatro fotos versus um tag por quatro fotos

    Além disso, as contas falsas quase sempre (97%) afirmam ser do sexo feminino, contra 40 por cento para os usuários reais. "Like, feeds de notícias e Apps tem ajudado a levar o Facebook para o domínio entre as redes sociais, e agora os atacantes estão aproveitando os mesmos recursos de forma eficiente para escalar seus esforços, disse o Dr. Paul Judge, diretor de pesquisa da Barracuda Networks. "Esses falsos perfis e aplicativos dão ao atacante um caminho de "longa vida", apresentando links maliciosos para usuários inocentes.

    Os pesquisadores analisaram milhares de contas falsas, para determinar características e padrões que os distinguem dos usuários reais, e assim, foi criado um mecanismo de heurística baseada em recursos para distinguir usuários reais, a partir de perfis falsos.


    Saiba Mais:

    [1] Help Net Security http://www.net-security.org/secworld.php?id=12340

    Sobre o Autor: Camilla Lemke


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L