• Segurança na Web Envolve Mais Ameaças que o Mundo Offline

    Em uma pesquisa realizada pela Webroot, envolvendo 1.637 usuários de Internet maiores de 18 anos, foi pedido aos entrevistados para que avaliassem o nível de ameaça de seus respectivos comportamentos quando estão offline. Essas situações de risco envolvem dirigir sem cinto de segurança ou não fazer um seguro para o seu carro. Em contrapartida, foram abordados os riscos da segurança que universo online oferece, como o compartilhamento de uma senha ou a utilização de uma conexão WiFi sem garantia de segurança.

    A maioria dos entrevistados disse que considera o universo on-line bastante perigoso. Em alguns casos, é considerado ainda mais arriscado quando comparado com comportamentos fora da Internet; comportamentos estes que poderiam levar a danos físicos, roubo ou perdas financeiras. Dentre as situações consideradas de risco, está a utilização de um computador sem o software de segurança (considerada a mais arriscada de todas), superando até mesmo deixar a porta de casa aberta ou o carro destravado.



    A Segurança na Web Exige mais Atenção do que na Vida Real


    O compartilhamento de senhas, por exemplo, chega a ser uma obviedade quando alguém o considera como comportamento de alto risco. Fazer uma compra com cartão de crédito a partir de um site desconhecido, também é bastante arriscado, e até mais perigoso do que compartilhar informações pessoais por telefone. Em uma sequência de percentuais, 75% classificam as compras on-line como um comportamento muito arriscado, mas apenas 65% consideram a mesma quantidade de risco ao divulgar informações pelo telefone.


    Consciência Sobre os Riscos Cibernéticos

    Nesses cenários de ameaças e demais fatores afins, os adultos se sentem mais ameaçados ao abrir um anexo em um e-mail, vindo de uma pessoa desconhecida do que organizar uma reunião pessoalmente, com alguém que conheceram via Web. 81% desses adultos, abriram o anexo de e-mail considerado de alto risco, mas apenas 72% considera que exista o mesmo nível de risco em relação a uma reunião agendada na vida real.

    "É encorajador ver que as pessoas estão conscientes dos riscos decorrentes das ameaças on-line", disse Jacques Erasmus, diretor de segurança da informação da Webroot. Nos dias de hoje, os usuários da Internet partilham uma quantidade enorme de informações pessoais on-line, tornando-se potenciais alvos de cibercriminosos e suas práticas nefastas, que vão desde fraude de cartões de crédito ao roubo de identidade. Esses resultados mostram que as pessoas estão cientes desses riscos, e também estão mais espertas quanto a importância da prática do comportamento seguro, toda vez que estiverem on-line.


    Saiba Mais:

    [1] Net Security - Secworld http://www.net-security.org/secworld.php?id=12722

    Sobre o Autor: Camilla Lemke


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L