• Implantação do Worm Stuxnet

    De acordo com um relatório do Industrial Safety and Security Source (ISS Source), que cita fontes de inteligência dos EUA, a Agência de Inteligência de Israel, o Mossad, teria utilizado um trabalhador nas instalações iranianas de enriquecimento de urânio de Natanz para infiltrar o worm Stuxnet para a instalação. Os oficiais disseram ao site de notícias, que o trabalhador era de origem iraniana e usou uma unidade flash USB especialmente criada para carregar o malware para o sistema de Natanz.




    Worm Stuxnet Ainda é Alvo de Especulações

    Esse referido trabalhador é considerado como provável pertencente a um grupo de oposição. Em virtude desses acontecimentos, o Mossad também relatou ter usado agentes duplos para identificar pontos fracos na instalação, a fim de melhorar suas chances de sucesso. O relatório afirma que estes agentes eram provavelmente membros da oposição iraniana militante do movimento Mujahideen-e Khalq (MEK). No verão de 2010, o Stuxnet ganhou as manchetes porque explorou anteriormente vulnerabilidades de segurança desconhecidas no Windows, sendo assinadas com um certificado válido. Diante disso, o worm parece ter sido desenvolvido para atacar a instalação de enriquecimento de urânio em Natanz.


    Saiba Mais:

    [1] Stuxnet Worm http://www.h-online.com/security/new...n-1525260.html

    Sobre o Autor: Camilla Lemke


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L