• Insegurança dos Usuários em Relação às Redes Sociais

    Mais de quatro em cada cinco usuários, se preocupa que suas informações pessoais sejam roubadas ou indevidamente utilizados em sites de redes sociais como o Facebook, Google+ e Twitter, de acordo com um levantamento feito pelo Avira. A pesquisa revelou que 44% dos entrevistados estão mais preocupados sobre o Facebook e com o Google+, enquanto outros 40% estão preocupados com todos os sites de mídia social de forma igual.



    Usuários de Redes Sociais Demonstram Maior Insegurança Relacionada ao Facebook


    As perguntas da pesquisa foram apresentadas por mais de 100 milhões de clientes da Avira em todo o mundo, durante os meses de janeiro e fevereiro de 2012. Os resultados são baseados em 2.710 entrevistados com uma margem de erro de + / - 1,88 por cento. Veja a pergunta abaixo:

    Qual dos seguintes sites de mídia social, você se preocupa mais em relação a sua informação pessoal estar em perigo ou ser roubada para finalidades maliciosas?

    25% dos entrevistados, responderam que sua maior preocupação é com o Facebook; 19% se preocupa com o Google +, enquanto 2% se sente mais inseguro em relação ao Twitter. Além disso, 40% dos envolvidos na pesquisa disse que se preocupa com tídos os itens acima, pois não se sentem nada seguros quando utilizam sites de mídia socia e 14% não mencionou preocupação com nenhum dos sites de relacionamento/redes sociais.


    Saiba Mais:

    [1] Help Net Security - Secworld http://www.net-security.org/secworld.php?id=12853
    Comentários 3 Comentários
    1. Avatar de listeiro037
      listeiro037 -
      É isso aí... Engraçada essa preocupação-ressaca do face-lixo.

      Essa coisa tomou mesmo feições de cara de filme Disney de Sessão da Tarde com aquele estereótipo de colégio americano com o pessoal vendo quem é o mais popular do pedaço, daquela postura ridícula de "winners x losers", tipo uma sociocracia forçada. Até o nome do produto é sugestivo.

      Serve mais prá estatística de quem está aonde fazendo o quê, acessando o quê, comprando o quê, falando mal de quem... tudo apenas bastando acessar o multivalente login do facebook, disponível em uma dúzia de sites. Como será que o tal cara lá que inventou começou a ganhar dinheiro?

      Quanto ao Twitter, as más línguas dizem que ele condiciona as pessoas a terem pensamentos de 140 caracteres, o que não tenho embasamento ainda para confirmar se ocorre. A diferença deste para um feed é que twitter é de tempo real e diga-se interativo talvez. Dependendo de quem for até que combina: é... só... tá... ahn... xi... uia... uhu... é nóis... Em Esparta seria perfeito.

      Dá prá entender o porquê de um drogado recair ao vício, mas não o de ter gente com medo de exposição social e se comprometer dando as caras nos gadgets, widgets, nem sei o nome, do facetrash pelo mundo. Isso deixa essa estatística perfeitamente confusa. Será algum tipo de compulsão por conectividade?

      E claro, existem mais coisas que se preocupar, como por exemplo, um maldito redirecionamento que me avisaram, barrado no firewall local aqui (em outro sistema operacional, não o meu). É que a empresa de banda larga daqui manda estatísticas de usuários para um site no estrangeiro e esse endereço ficou enroscado.

      É só botar alguma coisa parecida com um pipe e o comando "sed" na conexão que o mundo vira de ponta-cabeça. Quem precisa bloquear sites e cadastros de visitantes quando se tem coisa melhor? Discutir privacidade nestes termos é mera "política de agendamento".

      "Até cegos vêem um risco ao tato, mas nenhum homem jamais viu um byte. "
    1. Avatar de lemke
      lemke -
      Eu tenho conta no Facebook, mas raramente uso. Acho que o site ficou meio bagunçado de uns meses pra cá...mas gosto muito do Twitter, lá eu interajo com frequência e me sinto bem.

      Sds,
    1. Avatar de listeiro037
      listeiro037 -
      Eu gostava do Orkut, que participei do tempo em que o convite era enviado, até virar esse pagode. Quem me conhecia sabia quem eu era mas eu nunca coloquei meu nome explícito tipo "Silvano Silveira da Silva", que serviu no mínimo prá a maioria não pôr na boca do sapo, já que quem tem o IP pode fazer o que quiser.

      Quanto ao Facebook, o santo não bateu mesmo.

      E sobre o Twitter, dá prá perceber porque não daria certo. :-)
    + Enviar Comentário


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L