• RSA de 768-bit Crackeado

    Pesquisadores conseguiram decompor um número de 768-bit com 232 decimais em seus dois fatores primos e publicaram um artigo [2] sobre a proeza com os devidos resultados. O número é a seqüência liberada como "RSA-768" sob a já finalizada RSA Challenge [3]. Como resultado, as criptografias via chave RSA com 768-bit já podem ser consideradas crackeadas. O feito foi realizado por uma equipe de pesquisadores provenientes de vários países: Suíca, Japão, Alemanha, França, EUA e Holanda. O desenvolvimento da técnica de crackeamento até o resultado atual com sua fatoração levou dois anos e meio.


    O primeiro passo para a quebra da chave RSA de 768-bit consistiu no cálculo e na seleção polinomial. Essa etapa durou aproximadamente meio ano em um cluster de 80 PCs. Já a segunda etapa foi a que levou mais tempo e esforço da equipe, e demandou dois anos inteiros em um cluster com algumas centenas de máquinas. De acordo com os pesquisadores, um computador com um processador Opteron e 2GB de memória RAM levaria em torno de 1.500 anos para completar essa "tarefa". Lembramos que a criptografia por chave RSA de 512-bit já foi crackeada há aproximadamente uma década.


    Saiba Mais:

    [1] Heise Online: http://www.h-online.com/security/new...ed-898986.html
    [2] Artigo Publicado com a Quebra da Chave RSA de 768-bit: http://eprint.iacr.org/2010/006
    [3] RSA Challenge: http://www.rsa.com/rsalabs/node.asp?id=2092

    Sobre o Autor: tuxdahora


    Comentários 3 Comentários
    1. Avatar de fssfilipe
      fssfilipe -
      Só 1500 anos...
    1. Avatar de code
      code -
      Citação Postado originalmente por fssfilipe Ver Post
      Só 1500 anos...
      É... Só umas 17 (ou mais) gerações de pesquisadores para poder completar esse processo... Isso se o PC aguentar até lá (o que é impossível devido ao ciclo de vida extremamente baixo dos componentes da placa-mãe e afins, como capacitores, resistores, etc)... :-D

      Mas realmente é divertido pensar dessa forma (quanto tempo um único equipamento levaria para terminar a tarefa, no lugar de um BIG-MEGA-Cluster) :-D :-D

      E o interessante de um cluster é que nada é linear. Usar 2 PCs em um cluster nunca seria metade do tempo de cálculo. Dependendo da otimização do cálculo e do próprio tipo de cluster, você sempre terá uma perda mínima de 15-20% (em alguns casos até mesmo 35% ou mais).
    1. Avatar de pedrovigia
      pedrovigia -
      pelo menos não foi a de 1024 ainda ....
    + Enviar Comentário

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L