• Brasil: Pirataria Cibernética Ultrapassa os 40 por Cento

    Levando em consideração os números da pesquisa feita pela TIC Domicílios, realizada pelo Comitê Gestor da Internet envolvendo um número significativo de internautas, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) aumentou os dados para os 34,7 milhões de brasileiros que baixam músicas e filmes pela Internet, e concluiu que dois em cada cinco deles são "piratas". A finalidade dessa pesquisa, segundo o Ipea, é subsidiar as discussões sobre projetos de lei relacionados à rede, como o Marco Civil da Internet, o PL 84/99 (PL Azeredo) e a proposta de nova lei de direitos autorais.



    Número de Adeptos da Pirataria On-line no Brasil é Enorme


    Como sustentam os autores, Luis Cláudio Kubota e Rodrigo Abdala de Sousa, trata-se de uma "avaliação mais atualizada do nível de pirataria online, de forma independente da indústria". Essa pesquisa sugere que entre os mais ricos, classe A, 75% dos internautas podem ser classificados como piratas, um percentual que vai subindo conforme cai a renda, pois 80% pertence à classe B, 83% à classe C e 96% às classes D e E. Além disso, os índices de pirataria são mais elevados no Nordeste, com o equivalente a 86%, seguido da região Sudeste com 82%, Sul com 79%, Norte e Centro-Oeste com 73%.


    Saiba Mais:

    [1] Comunicado 147: Perfil dos Piratas On-line http://www.ipea.gov.br/portal/images...doipea0147.pdf
    [2] IPEA http://www.ipea.gov.br/portal/index....tid=9&Itemid=8

    Sobre o Autor: Camilla Lemke


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L