• iCloud: Backups Favorecem Investigações Forenses

    Os usuários do iPhone, podem contar com várias opções para fazer backup do conteúdo de seus dispositivos. Eles podem fazer backup das informações armazenadas em seu dispositivo, como contatos, fotos e registros, chamadas de dados em um arquivo em seu computador, com a ajuda do iTunes. Alternativamente, eles podem fazer backup de todas as informações que podem ser armazenadas em nuvem e são mantidas pela Apple.

    Nesse contexto, o iCloud permite aos usuários armazenar dados de seus dispositivos em servidores remotos e compartilhar seus arquivos entre vários dispositivos iOS. Além disso, iCloud pode ser utilizado como um centro de sincronização de dados para e-mail, contatos, organizador de eventos, bookmarks, imagens e outras informações. Diversas fontes citam que o serviço já tem cerca de 125 milhões de usuários, marca que foi alcançada em abril desse ano de 2012.



    Analistas e Investigadores Forenses Serão Favorecidos por Recursos do iCloud


    Além disso, os backups do iCloud são incrementais. Quando configurados para usar o serviço iCloud, os iPhones fazem conexão automaticamente à rede e fazem backup de seu conteúdo, cada vez que um dispositivo acoplado fica ao alcance de um ponto de acesso Wi-Fi gratuito. Isso quer dizer que esses backups representam uma cópia quase em tempo real de informações armazenadas em iPhones, incluindo informações sobre as chamadas recentemente feitas e recebidas, enviadas e recebidas, mensagens de texto por e-mail, e assim por diante. Independentemente da sua localização, os backups contem a informação essencial armazenada no dispositivo.


    Acesso a Informações e Análise Forense

    Todas as informações armazenadas em backups do iPhone incluem e-mail, contas e senhas, registros de chamadas e mensagens de texto, calendários, compromissos, contatos e informações do organizador. Fotos e históricos de navegação na Web, incluindo URLs de sites recentemente visitados também estão incluídos. Nessa sequência, informações armazenadas em backups do iPhone podem ser essenciais para casos de investigações que precisarem ser feitas, e por isso está em alta a demanda pelos clientes forenses. O acesso à cópias de segurança offline, muitas vezes requer a recuperação da senha de texto simples original, o que pode se tornar uma operação demorada.


    Saiba Mais:

    [1] Help Net Security - Forensic News http://www.net-security.org/secworld.php?id=12928

    Sobre o Autor: Camilla Lemke


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L