• CEOs: Ausência de Visibilidade Sobre Nível das Ameaças de Segurança

    A especialista Core Security, trouxe a público a divisão que existe entre o CEO e Chief Information Security Officer (CISO), em relação a como eles vêem as ameaças à segurança na infra-estrutura de TI. A pesquisa constatou que esses dois grupos de executivos permanecem distantes sobre a melhor forma de resolver um problema que, de acordo com relatórios de analistas, agora custa às organizações mais de US$ 30 bilhões anualmente. E esse problema é agravado pela falta de comunicação entre os escritórios do CEO e CISO.



    Falta de Maior Comunicação Entre CEOs e CISOs Facilita Expansão das Ameaças de Segurança nas Organizações


    Mais de 36% dos CEOs disseram que nunca o CISO relata a eles sobre o estado da infra-estrutura de segurança de TI, contra apenas 27% que declararam receber atualizações em uma base um tanto regular. Enquanto CISOs estão "apontando o dedo" diretamente na força de trabalho como sua principal preocupação, citando que a falta de educação dos funcionários e diligência representma a maior ameaça para a segurança da infra-estrutura corporativa de TI. Porém, os CEOs discordaram disso, acreditando que os ataques de phishing representam a maior ameaça para a organização, acrescentando que a empresa tem tempo e recursos suficientes para treinar, de forma adequada e educar os funcionários para, efetivamente, reduzir essas ameaças.


    Saiba Mais:

    [1] Net Security http://www.net-security.org/secworld.php?id=13104

    Sobre o Autor: Camilla Lemke


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L