• Cibercrime: Constante Roubo de Informações Pessoais e Financeiras

    Os cibercriminosos vem aumentando bastante o seu foco na segmentação de indivíduos e organizações de todos os portes. A intenção deles é, mais do que nunca, roubar informações pessoais e financeiras, de acordo com um levantamento realizado pela especialista Trend Micro. Entre os exemplos desses ataques cada vez mais focados, estão os 142 milhões de ameaças que foram impedidas de infectar as pequenas empresas a partir do segundo trimestre de 2012, apresentando um aumento de 27% no segundo trimestre.



    Práticas de crimes na grande rede tem aumentado bastante, principalmente relacionada à roubo de dados financeiros



    Além disso, a Trend Micro também descobriu ataques cada vez mais sofisticados contra as pessoas na forma de ATS attacks. Porém, grandes organizações não estavam isentas a esse tipo de prática: a campanha IXSHE mostrou claramente, que os cibercriminosos intensificaram suas táticas para obter acesso junto à grandes corporações multinacionais, sem que haja aviso prévio. Além desses ataques mais direcionados, os crackers, bankers e afins continuam a lançar suas redes, amplamente, realizando ataques em larga escala. Tudo isso é feito a partir do uso de métodos mais letais e cada vez mais sofisticados.

    Os ataques "Police Trojans" e o Kit Exploit Black Hole continuam à atingir sistemas desktop, enquanto novas plataformas, como o Android do Google, está presenciando uma explosão sem precedentes em aplicativos maliciosos. Além disso, as mídias sociais não ficaram isentas de como os criminosos atacaram o Pinterest (trazendo scams), e assim, as últimas tendências de ataques destinados às redes sociais. Entretanto, o objetivo é o mesmo de sempre: obter dados pessoais e informações financeiras (pois essa é a grande razão pela qual os criminosos estão concentrando seus ataques).

    Em face desses acontecimentos, a conclusão que se pode tirar é que "o grande volume de pessoas trabalhando a partir de vários dispositivos, é o fator chave que os deixa vulneráveis ​​a ataques e demais atividades fraudulentas", disse Rik Ferguson, diretor de pesquisa de segurança e comunicação da Trend Micro.


    Saiba Mais:

    [1] Net Security - Cybercriminals Attacks http://www.net-security.org/secworld.php?id=13331

    Sobre o Autor: Camilla Lemke


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L