• Expansão na Cooperação Tecnológica entre Brasil e Israel

    De acordo com informações do Ministério do Desenvolvimento, a cooperação tecnológica entre Brasil e Israel passará por um processo de expansão. Ainda no mês de agosto, os dois países vão assinar um edital de cooperação com a intenção de financiar projetos a partir de US$ 500 mil, que estejam voltados para a inovação. Dessa forma, o objetivo da relevante iniciativa é desenvolver em conjunto tecnologias inovadoras nas áreas de TICs (Tecnologias da Informação e Comunicação), além das áreas de Biotecnologia, Equipamentos Médicos, Fármacos e área da Defesa, tanto militar quanto civil.


    Financiamento do BNDES e Proximidade com o Brasil

    Todos esses projetos terão o financiamento do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), da Finep e do Matimop, a agência de desenvolvimento de inovação de Israel. Nesse contexto, é muito válido ressaltar que acordos semelhantes ao que será firmado com o Brasil já acontecem com outros países; exemplos disso são os Estados Unidos, a China e alguns países da União Européia. Conforme declarou Daniel Hershkowitz, ministro da Ciência e Tecnologia de Israel, "existe um grande interesse em estar cada vez mais próximos do Brasil, que é uma potência emergente". O ministro Hershkowitz visitou o Ministério do Desenvolvimento, na semana que passou.



    Acordo entra Brasil e Israel possibilitará uma alavancagem tecnológica, contando com implementação de recursos inovadores



    Acordo Firmado e "Programa Ciências sem Fronteiras"

    Quem esteve em Israel no último mês de maio foi Nelson Fujimoto, que é secretário de Inovação do MDIC, com a finalidade de firmar o acordo com o Matimop. O resultado desse acordo foi sinalizado positivamente por parte das universidades Hebraica tanto da capital, Jerusalém, quanto de Tel Aviv (a segunda cidade israelense mais importante), além de contar com o apoio do Instituto Israelense de Tecnologia.

    A sinalização veio, depois de consultá-los sobre a disposição em receber os universitários brasileiros referente ao Programa Ciência sem Fronteiras, projeto esse que visa conceder bolsas para que 100 mil pesquisadores brasileiros tenham a possibilidade de estudar em outros países. Desde o ano de 2007, Israel é o pioneiro na parceria extrarregional com o Mercosul. A parceria foi firmada, depois da assinatura de um acordo de livre comércio com o referido bloco econômico.


    Saiba Mais:

    [1] TI Inside http://www.tiinside.com.br/07/08/201...2961/news.aspx

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L