• Custos Gerados pelo Cibercrime Chegam à Marca dos Bilhões

    De acordo com conclusões baseadas em auto-relatos de experiências de mais de 13 mil adultos em 24 países, a edição de 2012 do Norton Cybercrime Reports calcula os custos diretos associados com o cibercrime em todo o mundo, o que seria o equivalente a 110 bilhões de dólares nos últimos doze meses. Nos Estados Unidos, estima-se que mais de 71 milhões de pessoas foram vítimas de alguma atividade cibercriminosa nos últimos 12 meses, o que significa um dano de $ 20,7 bilhões, em perdas financeiras diretas.


    Práticas Cibercriminosas Atingem Percentuais Alarmantes

    Chega a ser preocupante e assustador, mas é a grande realidade. A cada segundo, 18 adultos se tornam uma vítima do crime cibernético, resultando em mais de um milhão e meio de vítimas do cibercrime a cada dia, em um nível global. Com as perdas, totalizando uma média de $ 197 por vítima em todo o mundo (em custos financeiros diretos), os custos gerados pelo cibercrime equivalem a uma semana de necessidades alimentícias para uma família de quatro pessoas.

    Nos últimos 12 meses, cerca de 556 milhões de adultos, em todo o mundo, tiveram alguma experiência devido a golpes aplicados pelos cibercriminosos. Esses números estão acima de toda a população da União Europeia, sendo um valor que representa 46 por cento dos adultos online que foram vítimas de cibercrime nos últimos doze meses, comparado aos resultados de 2011 (45 por cento).



    Práticas cibercriminosas crescem e provocam prejuízos de bilhões ao redor do mundo

    Comparado ao ano passado, a pesquisa mostra um aumento de novas formas de cibercrime, tais como aqueles praticados em redes sociais ou a partir de dispositivos móveis - um sinal de que os cibercriminosos estão começando a concentrar seus esforços nessas plataformas cada vez mais populares. Um em cada cinco adultos online (21 por cento), tem sido vítima de qualquer modalidade de crime cibernético, e 39 por cento dos usuários de redes sociais têm sido vítimas de golpes, que se prevalecem desses sites de relacionamentos para proliferar.

    Além disso, quase um terço (31 por cento) dos usuários de telefone celular recebeu uma mensagem de texto de alguém que não conhecia, solicitando que clicasse em um link anexado ou discasse um número desconhecido para recuperar um "correio de voz". Enquanto 75% dos inquiridos acreditam que os cibercriminosos estão ajustando suas vistas nas redes sociais, menos da metade (44 por cento), na verdade, utiliza alguma solução de segurança que os protege de ameaças de redes sociais e apenas 49 por cento utilizam as configurações de privacidade para controlar as informações que eles compartilham, e com quem compartilham.


    2012 Norton Cybercrime Reports

    O 2012 Norton Cybercrime Reports revela também que a maioria dos usuários de Internet toma as medidas básicas de segurança para proteger as suas informações pessoais. Além disso, esses usuários realizam a exclusão de e-mails suspeitos e tomam cuidado com os seus dados pessoais on-line. No entanto, as precauções de outros núcleos estão sendo ignoradas: 40 por cento dos usuários não utiliza senhas complexas ou altera suas senhas com frequência, e mais de um terço não utiliza o padlock no navegador antes de digitar informações pessoais on-line, tais como seus dados bancários.

    Além disso, o relatório deste ano indica que muitos adultos on-line não estão cientes de como algumas das formas mais comuns de crimes cibernéticos, tem evoluído ao longo dos anos e, portanto, levam muito tempo para reconhecer como um malware ou outro tipo de praga cibernética age em seu computador. De fato, 40 por cento dos adultos não sabem que o malware pode operar de uma forma discreta, o que torna difícil saber se um computador foi comprometido e mais de metade (55 por cento) não tem certeza de que seu computador está limpo e livre de vírus.


    Evolução das Pragas Cibernéticas e Comprometimento de Sistemas

    Esses "bichinhos" maliciosos que habitam o espaço cibernético, como é o exemplo de malware e vírus, são utilizados ​​para causar estragos dos mais variados níveis no computador do usuário e isso não é novidade para ninguém. Porém, os alertas sobre isso passam a ser necessários, dado o número altíssimo de pessoas que tem suas máquinas comprometidas por essas atividades nefastas.

    O usuário pode deparar com uma tela azul, ou o seu computador poderia falhar, alertando-o para uma infecção em sua máquina, mas é bom lembrar que os métodos cibercriminosos evoluíram e estão cada vez mais sofisticados, na tentativa de evitar a detecção. Os resultados deste ano mostram que quase metade dos usuários de Internet não tem certeza se já foi vítima de um ataque desse tipo.

    De acordo com as considerações de Adam Palmer, consultor e líder de segurança cibernética da Norton, as contas de e-mail pessoal, muitas vezes, contêm "as chaves do seu reino" online. Tirando proveito dessa situação, os cibercriminosos não apenas podem ter acesso a tudo em sua caixa de entrada, mas eles também podem redefinir suas senhas para qualquer outro site online que você possa utilizar, clicando no link "Esqueceu sua senha", interceptando os e-mails e bloqueando, de forma eficaz, as suas contas externas. Portanto, é necessário proteger seu e-mail nesse sentido utilizando senhas complexas e alterá-los regularmente.


    Links de Interesse:

    - Cybercrime Costs Consumers $110 Billion

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L